A BATALHA DO APOCALIPSE


Eduardo SPOHR
Editora VERUS 
2014
588 páginas

SINOPSE: Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final. Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedom, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo. Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.

O livro A BATALHA DO APOCALIPSE, é uma obra ousada. O autor brasileiro, Eduardo Spohr, nascido no Rio de Janeiro, nos mostra um relato de ficção inovador, que fala desde magia Wiccana à mitologia bíblica. Com mais de 4,6 mil exemplares vendidos informalmente pela Internet, conta ainda com uma publicação na Holanda pela editora Luiting Fantasy. Para as antigas obras do nosso país, este é um grande avanço.

A obra de fantasia conta a história de Ablon, um dos anjos que foram renegados do céu. Os renegados são divindades que foram expulsas do paraíso para viver na terra como mortais, até o dia do juízo final, o tão temido Apocalipse. O levante foi organizado para combater a supremacia dos arcanjos, que, movidos pela inveja por conta do livre arbítrio dos homens, criam o objetivo de exterminar toda a raça humana. Assim que o Deus da luz, Yahweh, parte para seu descanso, após o sétimo dia de criação, a destruição é iniciada.

Ao longo da narrativa, vemos Ablon, o único sobrevivente dos anjos renegados, se preparando para o que seria o fim dos tempos. Na guerra entre céu e inferno, Ablon é convidado por Lúcifer a servir em suas hordas infernais como general, ajudando na batalha contra os arcanjos, que o expulsaram do Paraíso. Enquanto isso, vários dos subordinados do arcanjo Miguel, seguem em sua procura para extermina-lo.

“ – quem conhece o passado prevê o futuro – ela concordou, nostálgica.”

O livro contém alguns flashbacks. Alguns deles são importantes, como o que mostra o momento em que Shamira, a feiticeira, e Ablon se conheceram. Infelizmente, alguns deles são completamente irrelevantes e desnecessários, dando a sensação de que só estão lá para fazer um livro mais grosso, com “mais conteúdo”. Acabam tendo mais cara de spin-off do que de história principal propriamente dita.

Ainda há a discussão acerca de Ablon, pertencente à casta dos querubins, anjos guerreiros. O anjo é frio e inexpressivo com o passar das páginas, e houve muitas reclamações feitas sobre ele. O que não foi totalmente compreendido, é que os anjos não possuem livre arbítrio. Eles não possuem a plena capacidade de escolha, e, por conta disso, o personagem segue sua natureza divina, a aura de um guerreiro, que é ensinado a não demonstrar dor ou qualquer sentimento de fraqueza.

“Os homens têm sentimentos que nós, anjos, desconhecemos. São sentimentos divinos, sublimes. Eles, que geram a vida como Deus nos gerou, não abandonam sua cria e de tudo fazem para protegê-la. [...]”

Mesmo possuindo furos, e alguns bem grandes, na história, é um bom livro. Com ambientação bem detalhada, feitiços e rituais bem trabalhados, lutas absurdamente impecáveis e momentos de pura tensão, conseguimos passar um bom tempo presos à história. Vale lembrar, ainda, que A BATALHA DO APOCALIPSE foi a primeira obra do autor, que se aperfeiçoa a cada livro que escreve. 

Uma leitura que entretém e com um desfecho inesperado. Vale a pena ler!

RESENHA ESCRITA PELO EDUARDO PARA O GETTUB!

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

31 COMENTÁRIOS

  1. Adorei a resenha, o livro tem um tema muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Bom, eu já ouvi falar deste livro, mas nunca li uma resenha dele. Não faz exatamente o estilo de livro que leio, mesmo com a temática de fantasia, etc. Não sei se o leria do mesmo jeito, e isto não é (só) porque sou cristã, mas porque não senti nada em relação a querer lê-lo.
    Parabéns pela resenha!
    www.thoughtsandadventures.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha e me parece que é um livro onde há bastante ação entre os personagens. O livro parece ser bem legal, gostei também de saber que o final surpreende o leitor, mas não curto muito quando o autor adiciona coisas que não tem nada haver com a história só para preencher mais páginas. Muito legal a indicação de um livro de autor nacional.

    ResponderExcluir
  4. Que resenha linda :)
    Eu presenteei um amigo com esse livro, e também ficou maravilhado com a história

    ResponderExcluir
  5. Estou com esse livro parado há mais de um ano.. kkk espero que desse não passe!
    A resenha esta ótima, parabéns!!

    Naty Rangel
    www.livrosdanatyrangel.com.br

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha
    Já vi esse livro tantas vezes e nunca tive vontade de comprar por achar que era um livro entediante mas agora já entrou pra lista dos livros que quero ler kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Oi Eduardo.
    Já ouvi falar muito desse livro, mas nunca tive muito interesse de ler ele :(

    Parabéns pela resenha, ficou ótima viu, vou colocar na minha lista e quem sabe um dia eu tenho uma oportunidade de ler ele!

    Bjs
    Um Amor de Livro

    ResponderExcluir
  8. Ótima resenha. O tema do livro é muito interessante e bem diferente do que tem por aí.

    ResponderExcluir
  9. Agora fica aquela super curiosidade pra saber o que acontece, eu hein, sou muito curiosa, só que esses livros com "muito conteúdo" me cansam demais, apesar desse ter chamado muito a atenção como fatos históricos, e toda essa guerra travada entre arcanjos e os renegados, dá um ar de suspense enorme.

    ResponderExcluir
  10. Tive a oportunidade de conhecer o lindo do Dudu, ele é demais, e os livros dele não ficam por baixo, são excelentes e ele sempre consegue se superar!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Eu sempre quis esse livro, mas o preço dele sempre está alto e quando acho alguma promoção e na versão econômica, que eu não gosto muito.
    Já li vários comentário sobre ele e a maioria é dizendo o quanto ele é incrível, espero algum dia por lê-lo.

    ResponderExcluir
  12. Já me indicaram esse livro várias vezes. Apesar de ser um tema que eu gosto, nunca me interessei muito em comprá-lo.
    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  13. Eduardo!
    Como sou totalmente arrebatada por enredos com anjos e suas hordas, e, também pela Magia Wiccana, quero demais acompanhar a leitura desse livro, mesmo com os excessos e furos que citou, embora seja apaixonada pelos detalhes e gosto de livros bem descritivos.
    Muito boa sua análise!
    “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” (Cora Coralina)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  14. Resenha muito bacana! Não li o livro, mas me despertou interesse, gosto muito desse clima inesperado de desfecho e esses flashbacks enriquecem e muito a história. Espero gostar tanto quando ler como gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  15. Quando eu vi a capa eu fuiquei tipo: preciso dele. Amo livros sobre anjos! Tenho que ler.
    TOP COMENTARISTA

    ResponderExcluir
  16. Gostei da resenha!! Ganhei esse livro recentemente e pretendo ler logo... Já li Herdeiros de Atlântida do autor e fiz uma resenha no meu blog.

    http://aculpaedoslivros-42.blogspot.com.br/2015/03/filhos-do-eden-herdeiros-de-atlantida.html

    ResponderExcluir
  17. eu adorei o batalha do apocalipse, estilo literário a parte (ele não precisava colocar notas de rodapé no meio do texto), para quem gosta de aventuras, lutas (CDZ total!!! ) é uma ótima pedida
    tenho que concordar que a cada livro a autor evolui na escrita eu quero muito o Herdeiros 3! =/

    ResponderExcluir
  18. Não é o tipo de livro que me atrai, não será incluido na minha lista, mas agora terei como debater com alguém sobre ele depois de ler a resenha.

    ResponderExcluir
  19. Achei bem legal o estilo desse livro. Acho que vou ler.

    ResponderExcluir
  20. Não leio muito esse estilo de livro, mas acho que vou ler. Esse livro está na minha estante há séculos e eu nem pensava em tocar nele. Obrigada pela resenha que me fez mudar de opinião!

    ResponderExcluir
  21. Quando se fala em anjo eu já fico animado para ler, vejo esse livro faz bastante tempo, mas bastante tempo mesmo e nunca tive vontade de lê-lo, porém ao ler a resenha e entender um pouco da história foi que cai na real, Porque ainda não li esse livro????

    ResponderExcluir
  22. Faz décaaadas que eu tenho esse livro na minha estante e não consigo lê-lo, já tentei várias vezes, mas a leitura não flui, quem sabe futuramente eu desenterre ele da estante..

    ResponderExcluir
  23. Amo ficção,e esse livro parece ótimo!

    ResponderExcluir
  24. Gostei da resenha, esse livro nunca me ataiu, mais depois que eu li essa resenha haha, parece ser bem diferente do que eu imaginava.

    ResponderExcluir
  25. A capa desse livro me chamou bastante atenção!

    ResponderExcluir
  26. Esse é um livro que simplesmente nao consegue captar minha atenção de jeito nenhum. Todo mundo ama horrores, comenta e eu me sinto um estranho fora do ninho por nao ter o menor interesse. É mais triste ainda a situaçao por ser um nacional contemporaneo de tanto sucesso. Mas fazer o que né? Nem todos os livros são feitos para nós!

    ResponderExcluir
  27. Apesar de achar o tema do livro bem interessante, não consigo ter vontade de lê-lo :(

    ResponderExcluir
  28. A capa, a sinopse, a resenha... Tudo me deu uma curiosidade imensa por esse livro que até então não conhecia. Adoro muito histórias de anjos, e esse livro parece ser incrível!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos =*

    ResponderExcluir