AFTER


Ana TODD
Editora PARALELA
2014
524 páginas

SINOPSE: Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança. No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

Tessa vem de uma família conservadora e possui um namorado igualmente conservador. Habituada ao conforto de uma vida sem extremos, ela se sente perdida quando entra para a faculdade e precisa deixar esse mundo seguro para trás. Para aumentar o contraste, sua colega de quarto usa roupas despojadas e é uma assídua frequentadora de baladas. Também conhece Hardin, dono de um comportamento agressivo, condizente com suas tatuagens espalhadas por todo o corpo. Depois de uma antipatia inicial, os dois começam a se envolver numa relação doentia e destrutiva.

Ler AFTER foi uma tarefa difícil.

Ouvi falar dele através de uma amiga. Devido ao sucesso que alcançou no Wattpad, rendi-me e comprei o livro. Afinal, precisava conhecer o que ele possuía de tão sensacional para colocar mais de 1 bilhão de leituras no seu contador.

O que encontrei me espantou. E precisei pensar muito antes de começar esta resenha.

"Ele fica me encarando em silêncio por um instante. E, quando penso que vai se desculpar... cai na risada. É uma gargalhada sincera, que seria quase agradável se não viesse de alguém tão detestável. As covinhas ficam visíveis em seu rosto quando ele ri, e eu me sinto uma idiota, sem saber o que fazer nem o que falar."

Primeiro, acho importante destacar que AFTER é uma fanfic e usa os cantores do One Direction como personagens, apenas mudando um pouco seus nomes; foi escrito em capítulos curtos, característica própria dos livros do Wattpad; e que ele foi desenvolvido mediante a resposta que os leitores passavam para a autora. Assim, não foi uma criação normal de um livro, mas sim uma criação sob a demanda do desejo dos leitores. Quando se escreve algo nessas condições, você pode acabar perdendo do foco o desenvolvimento emocional e as características psicológicas de seus personagens. Você cai na armadilha de criar situações que mantenham os leitores on-line e deixa todo o resto para trás. Eu não sei se foi realmente isso que aconteceu, mas foi a justificativa crível que encontrei para a total falta de conteúdo de AFTER.

Apesar de Tessa ter 18 anos, ela é totalmente reprimida sexual e sentimentalmente. Ela possui a forma de pensar de que o sexo só é válido após o casamento, mesmo não sendo religiosa. Não há uma explicação para isso. Ela simplesmente é assim. E isso é refletido em Noah, seu namorado. Ele é apresentado como alguém sem cor, sabor ou odor. Não existe no personagem qualquer característica que o diferencie de um boneco de plástico de cabelos loiros e olhos azuis. Assim, Tessa e Noah fazem um par perfeito.

Quando Tessa chega à faculdade e vai conhecer o dormitório e sua colega de quarto, ela conhece Hardin, um rapaz que é o oposto de tudo o que ela preserva: ele é grosseiro, tatuado, usa piercing e é mulherengo. Ao contrário de sentir repulsa, ela se sente atraída de imediato.

"Vou caminhando o mais depressa que consigo até o alojamento e depois até meu quarto, e de alguma forma consigo segurar as lágrimas até entrar e fechar a porta. Ainda bem que Steph não está, porque assim posso deixar o choro rolar solto. Como pude ser tão burra? Sabia como Hardin era e mesmo assim topei ficar com ele."

Hardin tem todas as características típicas de um bad boy. Inclusive o segredo de algo traumático que aconteceu no passado e que é tão profundo psicologicamente que o faz ter pesadelos todas as noites. Apesar disso, nada do que é contato em seu passado justifica um trauma. E nem os comportamentos bipolares que ele apresenta durante a história.

Os personagens de AFTER são unidimensionais e são os extremos de suas imperfeições. Apesar de Hardin avisar Tessa, enfaticamente, de que não namora e de que gosta de ficar com uma garota diferente a cada semana, ela fica na expectativa de ser sua namorada a cada demonstração de interesse dele. E apesar de Hardin não hesitar em transar com uma garota, ele se controla e se satisfaz com Tessa apenas com mutua masturbação.

Como descrever dois personagens que não possuem qualquer traço de personalidade ou coerência entre o que pensam, dizem e fazem? Não há evolução de maturidade. Não existem características que prendam o leitor através de alguma identificação.

"Hardin está perigosamente perto de mim, e sei o que ele vai fazer quando se movimenta para me beijar. Tento me afastar, mas suas mãos forte me puxam para mais perto, segurando-me no lugar. Seus lábios tocam os meus, e sua lingua tenta entrar na minha boca, mas eu não deixo."

AFTER possui um ciclo de um mesmo acontecimento. Tessa tenta conquistar Hardin; Hardin fala alguma grosseria ou faz algo rude; Tessa chora, se recrimina por acreditar nele e promete deixá-lo para trás; Hardin pede desculpas; Tessa, baseada apenas nos olhos verdes dele e no quanto o acha bonito, acredita e aceita as desculpas; um masturba o outro; Hardin solta outra grosseria, e todo o ciclo se repete. E repete. E repete. E repete por todas as 520 páginas do livro.

Se você ler os cinco capítulos iniciais e os cinco finais, fica com toda a história de AFTER. O que existe no meio, é apenas a repetição de uma mesma situação.

Mas aí você me pergunta: por que tanto sucesso no Wattpad?

A explicação talvez seja a mesma que justifica o fascínio por Big Brother ou qualquer outro programa desse tipo: acompanhar a briga e o sexo de dois personagens sem precisar saber seu passado ou seu futuro. O que importa é que brigas aconteçam e que ao fim delas o casal transe.

AFTER agrada mediante esse objetivo. E apenas nele.

Aproveita e assista ao vídeo no YOUTUBE, onde pode conhecer um pouco da edição, e se inscreva em nosso canal ;)


Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

15 COMENTÁRIOS

  1. Pensei que o livro fosse melhor, principalmente pela repercussão dele. Achei bem sem graça a história e essa de Tessa ser sempre ignorada e maltratada mal por Hardin: não gostei. Minha gente, vamos melhorar né? Cadê a autoestima e repeito por si própria da personagem principal? E essa história de sexo só depois do casamento sem mais nem menos? Não gostei da história e definitivamente não lerei nunca rsrs. Ainda bem que li essa resenha antes de pensar em procurar o livro :)

    ResponderExcluir
  2. Tá aí uma história que não me cativou nem um pouco. Depois da resenha fiquei com menos vontade de ler ainda. Tudo me pareceu errado, desde a forma como a história foi escrita (de acordo com as opiniões de leitores), até toda a construção dos personagens clichês. Só de ler a resenha, na verdade, já me deu raiva da Tessa e da submissão dela. Tenho que dizer que a única coisa que gostei desse livro foi a capa.

    ResponderExcluir
  3. Pensei em começar a ler, também por causa do Wattpad só que fui passando livros na frente. Ainda bem que não comecei, a trama nao deve ser das piores, mas vale a pena considerar certas opiniões.

    ResponderExcluir
  4. Já tinha passado pela minha cabeça em começar a ler esse livro, mas diante de varias resenhas, até desisti kkkk

    ResponderExcluir
  5. Achei a história bem sem graça. Não vou ler. Eu até tinha pensado em ler, mas desisti depois que eu li algumas resenhas.

    ResponderExcluir
  6. Mais de 500 páginas baseada em um relacionamento vazio e uma história boba? kkkkk Muito obrigada pela resenha, foi bom saber o quanto esse livro não presta!

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente quero agradecer pela resenha, porque eu estava super interessada por esse livro, mas pelo que li ele deve ser um saaaco, não quero perder meu dinheiro e muito menos meu tempo com um livro assim.

    ResponderExcluir
  8. Me desanimo só de ler esse nome, não me cativou nem um pouquinho, é uma fanfic que virou livro e é como todas as outras, romance conturbado e etc

    ResponderExcluir
  9. sendo sincera? da primeira vez que eu ouvi falar desse livro e descobri que era uma fanfic com o povo do One eu desisti de ler...
    sem falar que essa história de ficar fazendo as coisas a partir do feedback tem que ter cuidado, se não fica que nem novela a maria morre mas o povo gostava dela, vamos fazer ela voltar.
    enfim, se tinha alguma esperança de eu um dia ler esse livro, agora foi para zero

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha, apesar de não gostar desse livro.

    ResponderExcluir
  11. Não é a primeira vez que vejo, que não gostaram de After. Quando vejo que a resenha já fala que não tem a característica de prender o leitor, isso já me desanima kkkk, gosto de livros que prende o leitor do começo ao fim, e esse livro como também é muito repetitivo, isso cansa muito o leitor, então pretendo "nunca" ler rsrs.
    Parabéns pela resenha!! Carl

    ResponderExcluir
  12. Esse aí é mesmo caso de Belo Desastre.. Não gosto e não quero ler! Vai ver eu não gosto é do gênero hahahaha

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Não me interessou nada! Obrigada pela resenha. Estava pensando em ler e vou pensar duas vezes antes de fazer isso.

    ResponderExcluir
  14. nossa hahaha extremamente sincera essa resenha.
    como nao sou super fangirl de One Direction já nao me interessei tanto pela historia. Acho legal que algo de uma plataforma na internet consiga virar livro mesmo, mas sei lá, a historia nao me chamou muito a atençao, nao faz meu estilo. Ainda mais que sei que tem outros livros continuando a série, aí dá preguiça. E confesso que a sua resenha nao me motivou mto tbm haha

    ResponderExcluir
  15. Estava pensando em ler, mas depois da sua resenha, não quero mais! kkk poxa, sua resenha foi maravilhosa, sincera e cheia de detalhes. Esse livro me parece ser um tipo...50 Tons de cinza sem o masoquismo. Perdi totalmente o interesse nele.

    ResponderExcluir