BELA REDENÇÃO


Jamie MCGUIRE
Editora VERUS
2015
308 páginas

SINOPSE: A aguardada continuação de Bela Distração Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo. Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox. Este é o segundo volume da série Irmãos Maddox e, mais uma vez Jamie McGuire me conquistou com essa família maravilhosa. Dessa vez, deixamos de lado Travis e Trent e conhecemos o mais velho dos irmãos: Thomas.

SE VOCÊ NÃO LEU OS OUTROS LIVROS DA JAMIE MCGUIRE, CORRE PARA LER ANTES DE CONTINUAR NESTA RESENHA, PORQUE HAVERÁ SPOILERS! 

Já vimos Thomas outras vezes e, pelo menos eu, nunca gostei muito dele. Sua aparição em BELO DESASTRE foi pequena, mas foi um personagem que não agradou. Quando terminei BELA DISTRAÇÃO, senti um pouco de pena dele, mas não o suficiente para gostar – mesmo um pouco. Neste livro, no entanto, vemos um outro lado deste personagem, e fui cativada por ele. Facilmente. Ele é um Maddox e é tão sedutor e maravilhoso quanto seus irmãos.

Desta vez, a história é narrada pelo ponto de vista de Liss Lindy, uma agente do FBI, que acaba de se mudar para uma cidade nova com a intenção de crescer na carreira e esquecer o relacionamento que deixou para trás. Logo em uma de suas primeiras noites em San Diego, ela vai para um bar, próximo de seu apartamento, e decide se embriagar. Entre uma bebida e outra, ela conhece um homem – maravilhosamente sedutor – com quem acaba tendo uma noite de tirar o fôlego.

Eu amava um homem que eu não podia amar, que amava outra pessoa, mas me amava mais. O amor podia ir tomar no c*

No seu primeiro dia na agência do FBI, ela é recebida por Val, uma agente sem papas na língua que, enquanto a recepciona, conta sobre a fama desagradável do agente Maddox, chefe da divisão em que Liss foi designada a trabalhar. Ele logo aparece, autoritário, e, para surpresa, Maddox é ninguém menos que o homem que conhecera no bar. Ele parece tão surpreso quanto ela, mas não se deixa abalar e continua falando com seu tom autoritário e grosseiro. Porém, Liss se mostra uma mulher que não aceita desaforo calada e o enfrenta. Ao confrontá-lo, ela esperava ser demitida, mas acaba sendo promovida.

Finalmente encontrei o tipo de amor que valia a pena arriscar um coração partido. Tivemos que encontrar um ao outro para finalmente entender que o amor não pode ser controlado. Previsões,suposições e certezas eram ilusões. Meu amor por ele era volátil,incontrolável e irresistível,mas...isso era amor. O amor real.

Durante a leitura, somos apresentados ao início da investigação, que envolve Benny, Mick Abernaty e um agente do FBI – esta mesma investigação aparece no epílogo de DESASTRE IMINENTE. Esse é um ponto interessante da história, principalmente por já estarmos familiarizados com alguns personagens, portanto me envolvi facilmente com ela. Além disso, vemos o momento em que Travis precisa decidir se aceitará entrar para o FBI ou se irá escolher a prisão, porém sua aparição nesse livro é pequena e só vemos ele, de fato, no seu casamento.

Ao mesmo tempo temos o romance entre Liss e Thomas. Liss acabou de sair de um relacionamento com um agente da SWAT, com a intenção de focar completamente no trabalho e em seu futuro, enquanto Thomas teve o coração partido. A química entre os dois é evidente, porém também vemos muitas idas e vindas durante a história, o que me deixou cansada em alguns pontos da leitura. Eu conseguia entender o que motivava os personagens, suas inseguranças e incertezas, mas cheguei a ficar exausta.

Você pode amar alguém sem querer estar com esse alguém. Assim como você pode querer estar com alguém antes de ama-lo.

Thomas passa a imagem de ser um homem sem coração, cruel, que não se importa com os sentimentos alheios, mas durante a leitura vemos que sua história vai muito além. Ele sofreu muito ao terminar seu ultimo relacionamento e criou uma carapaça que, aparentemente, Liss é a única capaz de atravessar. Vemos o quanto ele se importa com seus irmãos mais novos, e que tentou, ao máximo, ajudar Travis após o incêndio que o levaria para prisão. Liss, assim como as demais paixões dos Maddox, é uma personagem durona que sabe marcar presença. Adorei a personagem tanto quando adorei Thomas e sua história.

Compartilhe este post:

Natália Palomare

Quando o assunto são livros e musicas, sou uma das pessoas mais ecléticas que existem. Não tenho livros favoritos, uma vez que me considero muito parecida com o Charlie, de As Vantagens de Ser Invisível, que diz que a cada livro lido, ele encontra um novo favorito – pelo menos até terminar de ler o próximo de sua lista.

18 COMENTÁRIOS

  1. Quero muito ler esses livros, pois só tenho lido comentários positivos sobre a história.
    Sua resenha está muito boa, pretendo ler Bela Redenção em breve.

    ResponderExcluir
  2. Oie! Li vários comentários sobre os livros, me deixaram curiosa pra ler, só li coisas positivas tbm! PArabéns pela resenha! Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Fiquei bastante curiosa! Primeiramente porque eu adoro esse tipo de coisa (FBI stuff) e segundo porque eu adoro personagens femininos tão bad ass (como vc disse, basicamente, como a Liss é) ;) vou correndo ver esse e outros livros da autora (ela é beeem conhecida, não?)
    Bjs, Juh^^

    http://naosepreocupecomisso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca li a seria Belo desastre :( eu queria ler, porque todos os comentários que escuto sobre os livros são ótimos! Em breve espero poder comprar a série completa :)
    Ps: parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  5. Oi Nat, tudo bem? Bom, eu não pude ler a resenha pois ela possui spoilers e como tenho planos de começar a ler esta serie em breve, quero evitar qualquer informação dos livros. Mas tenho certeza de que sua resenha está impecável!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Nunca li o livro desse genero, mas esse pareceu ser muito bom. otima resenha ameii!!

    ResponderExcluir
  7. Não costumo gostar de romances. Mas gosto de livros sobre crimes e fiquei interessada nessa parte do livro, acredito que a parte policial deve ficar em segundo plano na história, mas deve ser um bom jeito de começar a me aventurar por romances.

    ResponderExcluir
  8. Hey, tudo bom? :)
    Ainda não li os livros dessa autora, mas só de olhar essa capa já dá vontade de ler! hahaha

    Beijos =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que não li a resenha porque disse que haveria spoiler e eu ainda não li os outros livros e pretendo ler com certeza, mas confesso também que embora não tenha lido toda ei dei uma olhada e vejo que a continuação de belo desastre rendeu uma ótima leitura pra você.

      Excluir
  9. Gosto muito de romances onde o casal recebe uma ajudinha do destino. Eu não conhecia a série e este segundo livro me interessou. Fiquei curiosa para saber o porque Thomas sofreu tanto com o fim do relacionamento e como ficou o relacionamento dele e Liss. Já fiquei torcendo por eles...rs... Gostei muito da resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Esse livro me pareceu mais interessante do que os outros, pela resenha =D

    ResponderExcluir
  11. Os personagens parecem bem construídos e o romance me interessou depois dessa resenha, acho que vou dar uma chance , já que me interessava pela série há algum tempo. Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Todos falam tão bem dessa série, mas ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro. Mas minha mão tá coçando para comprar e ler tudo!

    ResponderExcluir
  13. Não tenho interesse em ler esse livro... Dá mesma forma que leio elogios, também leio muita crítica negativa sobre ele. Fora o gênero, que não faz muito o meu tipo, só acho as capas lindas!

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. A capa do livro me chamou atenção, e me interessei mais ainda por saber que é uma serie e eu amo ler livros com continuação,ainda mais quando a história é interessante , enfim mais pra frente eu devo ler quando eu tiver um tempinho rsrsrs

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente tive que parar de ler, não li ainda o primeiro e não quero spoiler. Mas em breve volto para terminar esta resenha, já que Jamie é o amorzinho de muitos.

    ResponderExcluir
  16. Depois dessa resenha, acho que preciso URGENTEMENTE continuar a ler essa série dos irmãos Maddox. Até agora só li a história do Travis, que gostei muito. Pretendia continuar só que outros livros foram chegando e eu fui passando eles na frente e ainda não consegui continuar a série mas eu vou conseguir kkkk.

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li nem Belo desastre, mas tenho bastante curiosidade em ler devido ao grande número de fãs que a saga tem. Espero sentir também todo esse frenesi com os irmãos Maddox

    ResponderExcluir