ANÚNCIOS JBC #4


SAMURAI 7 (Samurai Seven, no original), adaptação para os mangás do celebrado épico do cineasta Akira Kurosawa, chega ao Brasil pela JBC em dois volumes. Junto, chega NIGERU OTOKO, sobre o qual você também fica sabendo neste post, um pouco mais para baixo ;)

Em OS SETE SAMURAIS (Shichinin no Samurai), longa dirigido e escrito por Kurusawa em 1954, humildes camponeses contratam sete ronins (samurais sem mestre) para impedir que violentos saqueadores roubem sua colheita e destruam seu vilarejo. O filme é uma das produções mais influentes da história do cinema. Em 1960, a fita foi adaptada em Hollywood dando origem ao clássico do faroeste Sete Homens e um Destino (The Magnificent Seven) – cujo sucesso gerou três sequências, uma série de TV e, agora em 2016, uma refilmagem estrelada por Chris Pratt (Jurassic World, Guardiões da Galáxia) e Denzel Washington (O Voo). No auge da febre Guerra nas Estrelas (Star Wars), em 1980, os sete samurais de Kurosawa se tornaram os Mercenários das Galáxias (Battle Beyod the Stars). Até mesmo a Pixar tomou emprestada a ideia do aclamado diretor japonês para criar a animação Vida de Inseto (Bugs Life, 1998).

Mas foi apenas em 2004 que a obra de Akira Kurosawa ganhou sua versão em anime. Produzido pelo Gonzo, estúdio famoso por animações como Blue Submarine No.6, Vandread, Gate Keepers e Samurai Girl - Real Bout High School, Samurai 7 (Samurai Seven) adaptava o longa de Akira Kurosawa para o universo fantástico dos desenhos animados japoneses.

A produção, repleta de efeitos especiais gerados por computador, misturava o Japão feudal da obra original de Kurosawa com misteriosas máquinas gigantescas que saqueiam sem piedade os camponeses. Assim como nas outras produções, os agricultores decidem contratar alguém que os possa defender.

Com o sucesso do anime, que chegou a ser exibido no Brasil pelo extinto canal Animax, foi a vez da renomada editora Kodansha (Sakura Card Captor, Seven Deadly Sins, Sailor Moon, Ataque dos Titãs, Fairy Tail) transpor a série animada para os quadrinhos japoneses.

A versão em mangá de SAMURAI 7 atualiza a história contada por Akira Kurosawa em seu clássico de 1954. A trama ainda se passa no Japão antigo. No entanto, a alta tecnologia contrasta com o cenário rural. Mesmo os samurais se utilizam de armas modernas para sobreviverem à guerra contra misteriosas máquinas que assola o país.

Nesse panorama, onde passado e futuro se misturam, os agricultores de um vilarejo decidem contratar sete samurais para impedir que gigantescos ciborgues sigam pilhando o arroz que cultivam. E é exatamente esse arroz, sua maior e única riqueza, que servirá de moeda para Kirara, a jovem sacerdotisa da vila, contratar o grupo de guerreiros para defendê-los. Embora incialmente resista ao convite, o experiente samurai Kambei Shimada e também o jovem e destemido Katsuhiro a ajudarão a reunir os guerreiros certos para a missão.

Sob os cuidados do mangaká Mizutaka Suhou, a versão em quadrinhos de SAMURAI 7 foi condensada em 2 eletrizantes volumes que estão chegando ao Brasil pela editora JBC.



Surpreenda-se com as descobertas de uma jovem em meio à sua jornada interior no aclamado NIGERU OTOKO, um dos novos mangá da JBC para 2016.

A partir de uma antiga lenda, a autora Natsume Ono leva uma jovem a uma surpreendente jornada interior que a conduzirá a provar as consequências de fugir da realidade ou de encará-las de frente. Assim é NIGERU OTOKO, uma das novidades que a JBC trará em breve.

O novo título chega para aumentar a linha de lançamentos do ano editora especializada em mangás, ao lado de Kekkai Sensen – Blood Blockade Battlefront, Knights of Sidonia, UQ Holder, Dragon’s Dogma Progress e Nijigahara Hologram.

Era uma vez…

Conta-se que em uma certa floresta vive um urso o qual apenas as crianças conseguem ver. Dizem ainda que a pessoa que encontrá-lo e passar um dia inteiro em sua companhia terá um desejo seu atendido por ele.

Desiludida e cansada dos problemas que chegam com a vida adulta, uma jovem decide se embrenhar na floresta e tirar o mistério à limpo. Uma vez sozinha entre as árvores, ela terá um encontro que mudará o modo como enxerga a vida. Mais do que isso, ela descobrirá se a lenda é, de fato, real ou não.

Com seu traço delicado e uma narrativa densa, Natsume Ono, autora famosa no Japão por obras como Ristorante Paradiso e sua sequência Gente – Ristorante no Hitobito, leva a moça a enfrentar seus medos e temores ao mesmo tempo que surpreende o leitor com uma fábula moderna e adulta. Realidade e imaginário se misturam enquanto Ono apresenta as motivações de cada personagem que surge nas páginas de sua obra para que chegassem àquele ponto.

A intenção em NIGERU OTOKO não é dar uma lição de moral ou mostrar caminhos para vencer os obstáculos da vida. Em meio a um grande suspense, o mangá convida o leitor a uma reflexão sobre as consequências das decisões que são tomadas ao longo da vida.

NIGERU OTOKO chega para aumentar ainda mais a gama de estilos variados dos mangás lançados pela JBC. Não perca em breve mais novidades sobre esse superlançamento imperdível. Fique de olho!

Compartilhe este post:

Carlos H. Barros

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

8 COMENTÁRIOS

  1. Tenho uma amiga que coleciona. Esse mangá é feito em poucas tiragens? Não entendo nada disso e queria presentea-la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéssica!
      Não, ele é feito em grande quantidade. Pode encontrar nas bancas e comi shops, ou pedir pelo Submarino ou pelo site da Comix. Como são lançamentos, ainda não devem estar à venda. Espere mudar o mês para procurar ;)
      Abs

      Excluir
  2. Que bacana Carlos. Um dia pretendo começar a ler mangás, vou pesquisar mais sobre esse.

    ResponderExcluir
  3. Mangás <3 Eu comecei a ler recentemente alguns, ainda não tinha lido este aí.. vou ver se consigo achar nas livrarias aqui.. Sabe se tem algum site que tenha mangás para ler onine ?

    ResponderExcluir
  4. Queria ser o tipo de pessoa que lê mangá, missão fail 💔 um dia eu consigo comprar um, quem sabe esse entre na lista.

    ResponderExcluir
  5. Fica a dica pra quem curte o estilo, mas eu mesma não gosto muito :S
    É raro ler um desses....

    ResponderExcluir
  6. Não curto mangás. Mas meu irmão iria babar por esse. Kkk mesmo não curtindo, é legal saber que a história proporciona reflexões ao leitor.

    ResponderExcluir
  7. Oi! Pena não ser o gênero q gosto...Mas, pra quem curte, boa leitura!

    ResponderExcluir