TÃO INSANO QUANTO VOCÊ


Todd HASAK-LOWY
Editora V&R
2015
654 páginas

Sinopse: Darren, personagem principal, é um garoto de 15 anos que tenta lidar com os dilemas diários de um adolescente - pais separados, a mãe que está praticamente sempre viajando, o melhor amigo vivendo longe, o irmão morando fora de casa devido à faculdade, problemas com sua auto-imagem e dúvidas de como se relacionar com o sexo oposto. O garoto nem chegou a imaginar que mais um aspecto, para ele muito relevante, entraria nessa lista. Quando o pai de Darren aparece em sua cozinha, em uma manhã qualquer, comendo donut de chocolate, mal sabia o menino que nos próximos segundos a revelação que deixaria seu mundo ainda mais de cabeça para baixo chegaria.

TÃO INSANO QUANTO VOCÊ tem a mesma fórmula que os demais bestsellers direcionados ao público adolescente. Em uma tentativa criativa de inovação, HASAK-LOWY decidiu escrever a história de Darren através de listas em terceira pessoa. Eu gostei do diferencial e apreciei a organização e as lacunas entre alguns tópicos, que permitem a imaginação do leitor fluir e dar a interligação nos momentos necessários. 


Darren Jacobs é o típico adolescente desajustado que desdenha de sua condição social com leveza e humor. Nerd, judeu e músico são características fortes do rapaz, que passa longe do estereótipo problemático. Com o protagonista totalmente alheio à hierarquia e aos conflitos escolares, o foco fica no ambiente familiar e seus conflitos. 

Após o divórcio dos pais e uma revelação bombástica do sr. Jacobs, tudo o que Darren quer é visitar sozinho seu irmão, Nate, em Ann Arbor. Ao se aventurar, uma "garota improvável" se senta ao seu lado no ônibus e em seguida o abandona super apaixonado, sem deixar pistas, mas repleto de esperanças românticas. 

Durante a viagem, os clichês adolescentes vão surgindo: o envolvimento com drogas, sexo e conduta inconsequente. Felizmente, foram posicionados de forma bem natural e pouco relevante dentro da narrativa. Assim como as experiências novas para Darren: sua primeira viagem sozinho, seu primeiro beijo, sua primeira vez dirigindo dentro da lei. São pequenos acontecimentos que demonstraram a evolução do protagonista e me agradaram muito. 


Um dos objetivos de Darren é viver uma grande história de amor com a "garota improvável", e é a partir desse ponto que os vários ramos que levarão ao final são apresentados. Os conflitos familiares e o romance vão ocorrendo em ambientes cotidianos, porém de uma maneira complicada e demorada. A narrativa pode parecer lenta, o que para mim, foi um recurso inteligente. Os muitos acontecimentos e seus impactos acontecem rapidamente, mas os sentimentos e impressões que temos destes são subjetivos e extensos, e, por ser uma espécie de relato minucioso dos acontecimentos diários, tais características estão presentes.

“Talvez tudo seja melhor sem estas listas horríveis e sem fim. Mas talvez elas sejam inevitáveis, e o ideal seja encontrar alguém com quem compartilhar a sua. Ou alguém com quem escrever listas novas e melhoradas. Talvez seja esse o objetivo da coisa: encontrar a pessoa certa e escrever listas com ela.”

O livro está repleto de bons personagens. A mãe workaholic, o pai superprotetor, o irmão mais velho músico e a garota apaixonada por ele, não possuem participação expressiva para a evolução do enredo, mas provocam situações de humor e desespero em Darren e no leitor. Além destes, há a "garota improvável", que faz o tipo "linda e louca". Por não gostar de tal visão das mulheres, fiquei desapontada. Entretanto, o autor me surpreendeu com o fato de que todos os personagens tem posicionamentos próprios e objetivos traçados. 


O final clichê em aberto não foi suficiente para me fazer gostar menos da obra, muito pelo contrário, acho que foi um dos melhores desfechos possíveis. É leve, bonito e feliz como o livro inteiro. 

Compartilhe este post:

Mylane Damasceno

Além de ser amante da literatura, amo blogar. Gosto de atualidades ou de algo mais retrô. Leio de economia à literatura, de Rick Riordan a José de Alencar. Me emociono facilmente com filmes e livros, e tenho vontade de fotografar quase tudo que vejo. Sou fã de dias chuvosos e músicas calmas.

22 COMENTÁRIOS

  1. Não conhecia essa obra. Adorei a resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Vi esse livro em um dos vídeos da Bruna Vieira e desde lá estou louca para, agora sua resenha me deixou ainda mais com vontade! Amei a resenha *-*

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro. Confesso que a resenha me deixou com vontade de ler. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  4. Gostei do livro, da sinopse é da capa que eh mto diferente...
    Fiquei curiosa pra conhecer mais a fundo a história de Darren...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Achei muito bonitinha a capa desse livro!
    Pela resenha parece ser um estória bem cativante! Fiquei curiosa para conhecer a "garota improvável", hahaha

    ResponderExcluir
  6. Essa editora tem uns livros tão legais pra adolescentes, histórias interessantes e inteligentes. E de novo parece ter trazido um livro que se difere dos demais. Gostei da ideia dele, de como foi escrito e acho que entraria para os favoritos se ler. A história é bem legal pelo jeito, mostra questionamentos e questões interessantes e que fazem pensar, naquele estilo de livro com escrita jovem e gostosa de conferir. Me interessou com certeza =D

    ResponderExcluir
  7. Nao conhecia o livro e fiquei bem interessada só pela sinopse, quando terminei de ler a resenha fiquei com mais vontade ainda e curiosa.Apesar de ser detalhado para ser prazeroso de ler. Achei simples e bonita a capa. E parabéns pela resenha e pelas fotos que tirou do livro, ficaram lindas.

    ResponderExcluir
  8. Lendo a resenha a vontade de ler esse livro ficou maior, já tinha visto e os comentários a respeito dele foram positivos, agora tenho que ler o mais rápido possível ^-^

    ResponderExcluir
  9. A historia não me interessou ,achei meio clichê e parece ser vem paradinha e prefiro as que tem mais emoções e fatos inesperados! Mais valeu pela resenha!!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mylane!
    Eu já tive o prazer de ler está obra maravilhosa E uma das coisas que mais gostei, foi que os assuntos são tratados com tanta abertura e leveza que se identificar com os personagens e com as situações acaba se tornando uma tarefa fácil e o mergulho total no livro acaba acontecendo sem que você perceba. E posso te garantir, eu mergulhei fundo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Show, magnífico,fantástico! Sou obrigada a confessar que me encanto com a naturalidade e fluidez da sua escrita.

    ResponderExcluir
  12. Achei super interessante a história do livro, parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  13. Mdsss, preciso desse livro. Não sabia dá existência dele, mas agora estou apaixonada, caidinha, necessitada dessa obra. Que maravilhoso. Amo histórias assim e não abro mão daqueles finais felizes ❤.
    Vou adicionar na lista infinita.
    Linda resenha
    Cupcakeland

    ResponderExcluir
  14. Achei interessante a abordagem do livro ser feita através de listas. Tal enredo clichê adolescente quase nunca me cativa, mas acho que vale a experiência as vezes. Afinal, não se pode julgar um livro pela capa (ou pelo tema), não é mesmo? haha'

    ResponderExcluir
  15. Hey, tudo bom?
    Confesso que de primeira esse livro não chamou minha atenção, porém ao longo da resenha percebi que ele pode ser bem agradável de se ler. Não sei se leria ele no momento, mas pretendo lê-lo futuramente. Os personagens, pelo que percebi, parecem ter personalidades bem definidas, gostei disso.

    ResponderExcluir
  16. não conhecia esse livro, mas achei muito teen para mim
    mas serve de indicação para as minhas amigas adolescente

    ResponderExcluir
  17. Oiii
    Não sei porque mais amo esses livros clichês,achei ele bem interessante.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Ainda nn conhecia esse livro, mas fiquei muito curiosa para saber mais sobre ele, amei o fato de ser um livro ''clichê'', pois eu amo livros desse estilo <3

    ResponderExcluir
  19. Gosto muito de livros nesse estilo, mas esse não me chamou tanto a atenção pela história, achei a capa linda. E apesar de ter alguns clichês dos que eu gosto, saber que o final fica em aberto me deixa desanimada por mais que isso não altere o quanto você gostou do livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi :)
    Tão Insano Quando Você não é o tipo de livro que costumo ler, não me agrada muito. A estória parece não ter emoção e deve ser bem parado, por isso não fiquei com vontade de lê-lo. Achei a capa maravilhosa e a foto que você tirou ficou linda.
    beijos.

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro e achei a historia legal, parece ser do tipo que o personagem faz uma jornada de descobrimento e achei interessante a forma que o autor abordou alguns temas, mas não foi uma historia que me chamou atenção !!

    ResponderExcluir
  22. Nunca tinha ouvido falar desse livro...adorei sua resenha e achei a proposta de escrever o livro em listas bem interessante!
    já quero *----*

    ResponderExcluir