AS GÊMEAS DO GELO



S.K. TREMAYNE
Editora BERTRAND
2016
362 páginas

SINOPSE: Um ano depois de Lydia, uma de suas filhas gêmeas idênticas, morrer em um acidente, Angus e Sarah Moorcroft se mudam para a pequena ilha escocesa que Angus herdou da avó, na esperança de conseguirem juntar os pedaços de suas vidas destroçadas. Mas quando sua filha sobrevivente, Kirstie, afirma que eles estão confundindo a sua identidade — que ela é, na verdade, Lydia — o mundo deles desaba mais uma vez. Quando uma violenta tempestade deixa Sarah e Kirstie (ou será Lydia?) confinadas naquela ilha, a mãe é torturada pelo passado — o que realmente aconteceu naquele dia fatídico, em que uma de suas filhas morreu?'

A sinopse de AS GÊMEAS DO GELO, pelo menos para mim, é instigante. Fiquei curioso, antes mesmo de começar a ler, sobre se aconteceu uma troca de identidade, ou não, quando uma das meninas morreu no acidente. Mas não estava preparado para o que iria acompanhar nas 365 páginas desse livro.

A história não trata apenas de uma possível troca. Lydia é a gêmea que todos acham que morreu, uma vez que a irmã, Kirstie, estava gritando seu nome quando encontram as duas. Mas Kirstie se comporta como Lydia. O cachorro da família age com ela da mesma forma que agia com Lydia. A própria Kirstie, depois de um tempo, afirma que é Lydia. E que, de vez em quando, Kirstie a visita para brincarem.

A menina estaria tendo um surto psicológico devido à falta da irmã?


Essa não é a única questão. Por que Angus, o pai, age de uma maneira na frente de Sarah, a mãe, e de outra maneira quando está longe dela? Por que Sarah não se lembra de todos os detalhes do dia do acidente? Por que Angus gostava mais de Kirstie do que de Lydia? O que ele esconde em uma das gavetas de seu escritório? Por que a amiga mais próxima de Lydia é tão íntima de Angus? Por que dizem que Sarah precisava de remédios devido a algo que ela fez antes do acidente? Por que Sarah estava sozinha com as duas meninas no dia do acidente? Por que as meninas estavam brincando em um lugar que elas sabiam que não podiam brincar? Por que todas as crianças têm medo de brincar com Kirstie? Ou seria Lydia?

"Kirstie acena com a cabeça suavemente. Olha para o livro e o fecha, olha para mim, de novo, e diz:
- Mamãe, por que você continua me chamando de Kirstie?
Não respondi. O silêncio impera. Então falo:
- O quê? Não entendi, querida.
- Por que você continua me chamando de Kirstie, mamãe? Kirstie está morta. Quem morreu foi a Kirstie. Eu sou a Lydia."

Por que o reflexo de Kirstie no espelho é diferente de quando se olha para ela?

Por que quando Kirstie se deita na cama de Sarah, ela parece tão fria?

Como Kirstie parece estar em vários lugares ao mesmo tempo?

Sarah e Angus estão sozinhos com Kirstie naquela ilha? Ou há mais alguém com eles? Lydia?


Sim, são questões demais que prendem a leitura de AS GÊMEAS DO GELO até o seu desfecho. Eu não consegui parar até virar a última página. Li todo o livro em um dia. A escrita do autor é instigante, cheia de reviravoltas, descritiva o suficiente para deixar você arrepiado. O leitor não tem certeza se está lendo um suspense, um policial, um mistério ou um livro de terror. Na verdade, depois que terminei, descobri que estava lendo todos esses gêneros misturados de uma forma muito bem feita, muito bem distribuída.

Mas não são só os acontecimentos que estão muito bem escritos. Os personagens seguem o mesmo cuidado. Angus deixa você o tempo todo sem saber o que pensar dele. Em momentos você sente pena. Em outros, raiva. E em outros, você quer ele morto. Até que descobre que ele na verdade...


Já de Sarah, você sente compaixão o tempo todo. É notável o quanto ela sofre pela perda de Lydia e do desespero ao descobrir que pode ter se enganado sobre quem sobreviveu. E quando ela suspeita que a filha morta pode ser um fantasma, você compartilha seu medo, mas também de sua esperança de poder abraçá-la novamente.

Além de tudo isso, existem mais três pontos de destaque na obra de Tremayne: o primeiro, é que o próprio leitor nunca tem certeza se está acompanhando Kirstie ou Lydia; o segundo, é que o autor não deixa a certeza se existe um fantasma ou se é paranoia de Sarah, até o desfecho; e o terceiro, é que a narrativa é feita em primeira pessoa por Sarah, menos nos capítulos onde Angus é o foco principal, passando para terceira pessoa, deixando o leitor na dúvida se o que Sarah descreve é realmente o que acontece, ou se é Angus quem se comporta de forma diferente.

"Olho novamente minha imagem no espelho. Kirstie está lá, no espelho, segurando o leopardo. Ela deve ter resolvido vir ao meu quarto e está sorrindo. Parece estar animada. Seu sorriso é vívido, sereno, alegre. Viro para olhar para a minha filha, de verdade, parada lá no meu quarto, tranquila e em paz.
- Oi. Está melhor?
Mas ela não está mais sorrindo. Que mudança rápida. Sua expressão tinha mudado muito depressa. Então, percebo que ela não está segurando o leopardo."

E o final? Só posso dizer que é lógico, justo, triste, assustador. É um final obrigatório, que deixa a sensação de que você acabou de ler um bom, muito bom, livro.


O único ponto negativo da edição, para mim, são as fotos que ilustram algumas páginas do livro. Elas tentam dar algum acréscimo ao ambiente, mas não conseguem, uma vez que a maioria não reflete exatamente o que acontece naquele momento. Nem sequer as que mostram a ilha e o farol tem o efeito desejado, uma vez que parecem de lugares diferentes. Para piorar, a qualidade delas é sofrível. Acredito que teria sido mais benéfico, em termos de qualidade, se não tivessem sido inseridas na obra.


Quanto à história? Recomendo demais! Compre agora! Leia!

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

29 COMENTÁRIOS

  1. Credo, que medo dessa história. Ler essa resenha na madrugada não foi uma das melhores escolhas que já fiz. Não colocarei na lista pra manter minha sanidade mental.

    ResponderExcluir
  2. eu preciso ler esse livro. você conseguiu me deixar super curiosa, pq eu pensava que era só a questão de que tinha morrido, mas pelo visto é muito mais que isso. agora, pelo jeito tem q ser um livro para ler qd tem um pouquinho de tempo pq deve ser daqueles que prendem do inicio ao fim
    mais um para a minha lista

    ResponderExcluir
  3. Caramba! O que foi isso? só de ler a resenha eu já senti o suspense da coisa toda. A forma como o autor conduziu a obra desperta em mim uma vontade enorme de viver o caos de Sarah. Mais um para a lista!

    ResponderExcluir
  4. Uoooool!
    Tva ansiosa pela resenha desse livro!!!
    Que história incrível!!
    Aaai será que foi o pai que matou uma das filhas?
    Gteee preciso ler esse mistério!!! Pireeeei!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro mas já estou louca para ler. A resenha está maravilhosa, gostei muito da história e achei genial o autor conseguir juntar tantos gêneros e manter o leitor fiel até a última página. Esse livro já entrou para minha lista.

    ResponderExcluir
  6. Esse sentimento de angústia e de curiosidade sobre quem é quem me lembrou demais um livro que li do John Harding, chamando Florence and Giles (com um título terrível aqui no brasil: A Menina Que Não Sabia Ler). Lembro que, lendo aquela obra, me senti extremamente confusa com as possibilidades. Tudo poderia estar realmente acontecendo como descrito ou tudo poderia ser apenas coisa da cabeça da protagonista.

    Gostei demais da premissa desse livro e com certeza o lerei!

    Abraço,
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Desde que vi a sinopse desse livro aqui no blog, esperava ver a resenha do mesmo. Acho a história demais e após sua resenha só confirmei que quero ler e descobrir o fim dessa história.

    ResponderExcluir
  8. Oie...
    Esse livro sempre me chamou a atenção, porém, nunca havia parado pra ler alguma resenha, fiquei muito feliz quando entrei aqui no GETTUB e me deparei com sua resenha :)
    Adorei sua visão da obra e depois de ler esse post fica impossível não desejar o livro...
    Já botei nos desejados :)
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ahhh, adoro essas histórias com gêmeos porque sempre rendem bons mistérios e dramas. Como o filme "o mistério das duas irmãs" ou o livro "uma estranha simetria". Achei a qualidade das fotos bem fraquinha também, uma pena mesmo porque geralmente edições de livros com ilustrações ficam bem bonitas. Gostei bastante da resenha, passou bem o suspense do livro.

    ResponderExcluir
  10. A sinopse é realmente instigante e acredito que a narrativa seja envolvente. Confesso que tenho muita curiosidade em ler esse livro, os mistérios presentes no enredo são intrigantes e os personagens parecem ser bem desenvolvidos. Estou com altas expectativas.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Quero muito ler esse livro, realmente parece o tipo de historia cercada de mistérios, a resenha me deixou bem curiosa para descobrir mais parece que cada personagem esconde um segredo diferente, me deixou ainda mais interessada nesse livro, com certeza se tiver oportunidade quero muito ler essa historia !!

    ResponderExcluir
  12. Vi uma resenha bem curta desse livro em um canal no youtube e me apaixonei por ele com poucas palavras...sua resenha me fez desejar mais ainda! *-----*

    ResponderExcluir
  13. Nossa, cara, sério. EU já tinha lido a sinopse e o livro já estava nos meus desejados...Mas sabe quando vc vai lendo algo e vai ficando ansiosa e seu batimento cardiaco vai subindo?? Eu me senti assim enquanto lia essa resenha. Eu AMO mistérios e esse parece ser muito bem trabalhado. Só me diz uma coisa: dá muito medo? hahahaha #cagona

    ResponderExcluir
  14. Oi.
    Eu já estava enlouquecida em conhecer a sinopse desse livro e pela capa também. Agora com sua resenha, minha ansiedade aumentou em 110%. Amei esse enredo, e suas palavras descrevendo como a leitura ser um pouco de suspense, policial, mistério e terror, fiquei com muita, muita vontade de conhecer essa obra. Necessito! Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Resenha perfeita! Bem trabalhada e elaborada. Adorei a história do livro, com certeza vou ler ainda esse ano.

    ResponderExcluir
  16. A sinopse é realmente muito instigante e todos esses porques colocados me instigaram ainda mais a querer esse livro. Vai pro topo da minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  17. Eu te confesso que essa história pra mim é arrepiante e ao mesmo tempo dolorosa. Uma situação triste para uma familia que perde um integrante, mas que fica sem saber quem foi ao certo.
    Isso deve ser uma loucura e o livro deve ser bem escrito para manter esse "suspense".
    Eu quero muito ler !

    ResponderExcluir
  18. Eu já tinha lido sobre esse livro, e achei a premissa bem interessante!
    Eu quero lê-lo, mas realmente não sei quando eu terei a oportunidade, mas quando tiver, sem dúvida eu o lerei!
    Enfim, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  19. Fiquei sem folego somente lendo as questões levantadas no livro. Historias com gêmeos são sempre interessantes e com todo este suspense fica irresistível. Crianças são sempre fofas e quando aparecem assustadoras em livros sempre fico com um pouco de medo. Kirstie/Lydia parecem realmente assustadoras. Gostei do fato do autor deixar tambem a duvida para o leitor sobre quem realmente sobreviveu.

    ResponderExcluir
  20. Assim que terminei de ler a resenha fiquei super curiosa em saber mais, agora estou com muuuita vontade mesmo de ler este livro é exatamente o tipo de leitura que eu amo, e quero saber logo o que acontece no final!

    ResponderExcluir
  21. Tinha achado esse livro bem confuso, mas é a confusão dele que faz ter graça.
    A sinopse já dá uma curiosidade e parece que a história vale a pena. Tem muitos sentimentos ali, uma escrita boa e um mistério que parece fazer você ficar louco pra resolver. Achei legal, queria ler. E a diagramação está linda também =)

    ResponderExcluir
  22. Oi Carlos!
    Nossa já estou com medo desse livro 0_0 Quem morreu afinal de contas? O que aconteceu no dia da morte de uma delas? Será uma um fantasma querendo voltar? Agora eu que fiquei com várias dúvidas. Uma ótima resenha, só aumentou minha vontade de descobrir toda a verdade por trás desse mistério. Já estou com pena de Sarah. Imagina a angustia que ela sente por não saber de fato toda a verdade, além do sofrimento pela ausência de uma das filhas. Já entrará pra minha lista com certeza. Adoro esse mix de terror, mistério e investigação policial!
    Abs!

    ResponderExcluir
  23. Ooi!! O que falar desssa resenha? Só de ler ficuei com muita vontade ler As Gêmeas de Gelo,parece ser um suspense e tanto e como você disse mistura o terror também pra deixar ainda mais emocionante ,esse sim com certeza é aquele livro que podemos encher a boca pra recomendad porque deve ser ótimo, to doidaa para leer!! Obg pela ótima resenha Carlos !

    ResponderExcluir
  24. Uma ótima resenha falando deu um livro excelente é sacanagem!
    Eu vi essa capa e não tinha gostado muito a princípio, mas agora lendo a sinopse e a sua opinião, fiquei também muito instigado ainda mais pela quantidade de perguntas que a obra vai deixando em aberto para o leitor e que aos poucos começa a fornecer as respostas.
    Isso de uma das gêmeas poder ficado com a identidade da outra, a que morreu estar se materializando e aparecendo para Sarah e para a irmã, o comportamento de Angus, o livro todo é cercado de mistérios, fiquei muito curioso ainda mais sabendo que o final é triste e assustador, já estou bolando teorias aqui sobre o qu acontecerá.
    Uma pena que as fotos não tenham cumprido o papel prometido e sendo algo desnecessário.

    ResponderExcluir
  25. Esse foi a minha última leitura e o livro me agradou bastante, ainda mais eu que sou uma fã de um bom suspense e de um bom mistério, acredito que com isso o livro cumpriu com o papel. Fiquei angustiada na maior parte da obra sem saber quem era a gêmea ou o que estava acontecendo, confesso que o final dele me deixou abismada!

    ResponderExcluir
  26. Dps dessa resenha eu posso dizer que nunca tocarei nesse livro, mesmo que deixando bastante curiosa esse dilema das duas gêmeas, e dos pais, e se foi a mãe que matou, eu sou muito paranoica com terror e suspense, apesar de ser um tema que me deixa muito curiosa, eu vou esperar alguém fazer uma resenha dizendo o final, assim eu mato minha curiosidade. (nem botei ele na minha lista por que se eu ler, bem provável que eu não durma a noite kkk')

    ResponderExcluir
  27. Esse livro chegou aqui em casa há algum tempo, mas acabei só dando uma olhada por cima, pois quem leria era minha resenhista. No entanto, achei bem profundo o tema abordado e fiquei com uma curiosidade enorme de descobrir o que aconteceu. O fato de o enredo focar na possível loucura de uma mãe que não soube identificar suas filhas e de um pai que guarda segredos parece ser bem impactante.

    ResponderExcluir
  28. Eu amo Thrillers e por isso tô muito animado com essa leitura, achei a premissa da história bem interessante e assustadora e estou esperando uma história complexa e que mexa com meu psicológico! Que bom saber que o livro foi uma leitura tão boa e que você gostou tanto. Espero gostar tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  29. Adorei a resenha, li tbm o livro em um dia e concordo com tudo que vc falou, um ótimo livro

    ResponderExcluir