GOLEM E O GÊNIO: POR QUE EU ABANDONEI?


Helene WECKER
Editora DARKSIDE
2015
460 páginas

SINOPSE: Os confrontos e as barreiras vividas por duas culturas tão próximas, ainda que aparentemente opostas. Em Golem e o Gênio, premiado romance fantástico que a DarkSide® Books traz ao Brasil em 2015, o leitor se transporta à Nova York da virada do século XX, em uma viagem fascinante através das culturas árabe e judaica. Seus guias serão poderosos seres mitológicos. Chava é uma golem, criatura feita de barro, trazida à vida por um estranho rabino envolvido com os estudos alquímicos da Cabala. Ahmad é um gênio, ser feito de fogo, nascido no deserto sírio, preso em uma antiga garrafa de cobre por um beduíno, séculos atrás. Atraídos pelo destino à parte mais pobre de uma Manhattan construída por imigrantes, Ahmad e Chava se tornam improváveis amigos e companheiros de alma, desafiando suas naturezas opostas. Até a noite em que um terrível incidente os separa. Mas uma poderosa ameaça vai reuni-los novamente, colocando em risco suas existências e obrigando-os a fazer uma escolha definitiva.

Não sei vocês, mas eu sou fã dos livros da DARKSIDE. Sou apaixonada pelo carinho que eles têm para com o leitor, já que capricham tanto na diagramação, na capa, na qualidade do livro em si. É claro que sempre fui louca para ler este, aí não sei o que é que aconteceu... Pode ser que as expectativas estivessem altas demais, ou pode ser que a história não me prendeu mesmo, mas infelizmente não consegui passar da página 150.


GOLEM E O GÊNIO foi o mais próximo que cheguei de uma cultura tão diferente da minha. Okay, eu já li outros livros que mostravam aspectos e costumes diferentes do meu, mas nada comparável à cultura síria e árabe, e essa história é super recheada delas. A maior parte da história se passa em Nova York, no século XIX, e o que mais chama atenção é o modo como esses povos interagem. Mas enfim, o foco da história é em dois personagens: uma golem (sim, no feminino mesmo), Chava; e o gênio, Ahmad. As histórias das duas criaturas místicas são contadas separadamente, até, é claro, chegar ao ponto em que os dois se encontram.


Várias coisas acontecem para que Chava e Ahmad se mudem para Nova York, sendo forçados a viverem com humanos. Chava mora com o povo judeu, enquanto o gênio se mantém com os sírios. A fábula, por mais interessante que possa ser, e por mais que possa ser educativa, digamos assim, não conseguiu me conquistar. As primeiras páginas do livro, tão decisivas para história, são tão chatas, que tive vontade de largar o livro de mão. 

Li muitas resenhas de GOLEM E O GÊNIO, e os elogios são tantos, que só consigo pensar que tem alguma coisa de errada comigo. Todo mundo elogia para caramba a narrativa de Helene, mas, nossa, achei muito maçante, cheia de detalhes demais. Tá bom, tá bom, é até explicável pelo fato de ter que explicar muitas coisas sobre outras culturas, mas mesmo assim. Talvez seja até isso o que me irritou, não sei se estava preparada para receber tanta informação de uma vez. Mas enfim, a única coisa que senti enquanto tentava ler, é que este é apenas mais um livro bonito, mas com a história meio "bleh". 



Não digo que não darei outra chance para ele, mas por hora prefiro deixar o livro quietinho, só me esperando para um dia que eu estiver de bom humor, quem sabe...

Compartilhe este post:

Ana Clara

Nasci em uma cidade do interior de Minas Gerais, chamada São Domingos do Prata. Já rodei todos os cantos do estado, até que surgiu a oportunidade de eu vir estudar em Diamantina. Amante de livros desde pequena - devo agradecer à minha mãe por isso -, sonho em ter uma biblioteca pessoal.

35 COMENTÁRIOS

  1. Olá Ana,
    Jurei ao ver a capa do livro que veria uma resenha fantástica de mitologia. Mas como todos sabemos "não podemos julgar o livro pela capa". Te entendo por ter abandonado o livro na página 50, já que a explicação de outras culturas é realmente exaustiva. Não tem nada de errado com você moça rsrs metade das pessoas abandonariam ou até mesmo terminariam, mas no fim das contas não saberiam explicar nada.

    Um Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Esses livros são mesmo incríveis quanto à capa e a escrita. A sinopse dele é ora deixar a gente com altas expectativas mesmo, por mais que não seja um assunto que eu leia tanto, percebi que traz muito conhecimento. Uma pena que não superou as expectativas.. Já aconteceu comigo e é muito chato. Quem sabe outra hora, não é mesmo ?
    Bom dia !

    ResponderExcluir
  3. Hey, tudo bom?
    Quero muito ler esse livro, mas, confesso, que minhas expectativas diminuíram depois da resenha. É uma pena que um livro que prometia ser tão bom, se torne decepcionante. Ainda pretendo ler o livro, porém não vou com muitas expectativas.

    ResponderExcluir
  4. Oii Ana!
    Pale capa parecia tipo Harry Potter e Percy Jackson!
    Gostei mto da sinopse, me chama bastante atenção. Leria sim!
    Mas, vou ficar por enquanto de olho nas resenhas.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Poxa, primeira resenha não positiva que vejo sobre esse livro..minhas expectativas até abaixaram kkkk
    Nunca li nada assim também...com uma cultura tao diferente e acho que vou ter a mesma decepção.
    Mas só lendo pra saber né?! :D

    ResponderExcluir
  6. Uma pena que você tenha abandonado, espero que quando tentar de novo seja uma experiência boa!
    Eu tenho tanta vontade de ler esse livro, que nem afetou minhas expectativas! hahaha

    ResponderExcluir
  7. Oi. Tudo bem?
    Também sou fã da Darkside, pois, eles realmente capricham em suas edições, o que é mais do que justo pra nós leitores, né?
    Acho que não leria esse livro, pois, sinceramente não fui cativada por esse enredo e os seus comemtários só me fizeram desanimar ainda mais :(
    Espero que sua próxima leitura seja mais agradável.
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Amei!! Sou doida por livros que fogem completamente da realidade, que são cheio de ação, suspense, capaz de envolver o leitor do início ao fim, fiquei muito curiosa, espero ler em breve, valeu !!!

    ResponderExcluir
  9. Os livros da Darkside são super bem feitos, editados e na maioria das vezes a capa chama atenção. Intressante falar sobre outras culturas mas não me interessei o bastante pela história.

    ResponderExcluir
  10. Oi :)
    Eu sou apaixonada pelas edições da DarkSide mas poucos livros me interessam, e esse é um deles. Assim que eu soube do que se tratava eu fiquei com muita vontade de lê-lo pois se trata de uma cultura tão diferente e que eu tenho curiosidade de saber mais a respeito. Eu ainda não pude ler pois o precinho ta salgado rs, espero que eu não me decepcione como você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana!
    Acho que não há nada de errado com vc rsrs. Eu acredito que para ler livros que envolvam outras culturas é preciso se preparar antes. Tipo entender que irá ler algo totalmente fora da sua zona de conforto e esperar por todos os detalhes possíveis. Talvez você tenha começado no momento errado. A sinopse do livro é bem chamativa e as resenhas que li foram super positivas. Se eu leria hoje? Talvez não, porque já estou lendo um livro que tem passado e presente histórico e assim sendo, acho que seria meio cansativo. Mas em outra oportunidade sim, leria com certeza. Ah e concordo com você sobre a Darkside: o carinho deles é incrível! Amo todas as edições lançadas. O capricho é espetacular!
    Abs!

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito da história do livro e mais uma vez a Darkside tá de parabéns pelo trabalho, nunca vi uma editora fazer livros tão lindos e bem diagramados. Essa é a primeira resenha que leio do livro mas desanimei um pouco, também não gosto de narrativas muito detalhadas, a maioria dos livros que abandonei foi por causa disso, é uma pena pq realmente gostei da história.

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana. ^^
    Te entendo. Foram muitos os livros que li onde me senti saturado de informações culturais sendo elas realistas ou fictícias. Isso não é algo atrativo, nem todo leitor gosta de tanto aprofundamento em tão poucas páginas (ou muitas). Acredito que chegará um momento onde você vai pegar a obra e numa semana só vai o devorar na leitura. Nossas mentes mudam, nos adaptamos a escritas mesmo que isso custe. Enfim, obrigado por esclarecer o porquê do seu abandono para com um livro lançado pela editora DarkSide. :D
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Darkside como sempre com desings maravilhosos, qual leitor não é fã dessa ótima editora?
    O livro deve ser bem cansativo mesmo,pois é uma cultura bem diferente da nossa e tantas informações podem deixar a leitura confusa e muito cansativa, e por esse motivo acho que não o leria.

    ResponderExcluir
  15. “Legendário” é pouco. <3
    Amei esse livro do começo ao fim :DDDDDDDDD
    Histórias que marcam, né?

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Também adoro livros dessa editora e desejo muitos. E vi mesmo muitos elogios para esse livro. Mas é uma coisa de cada um. Uma coisa que acho que é meio fato em livros desse gênero é a super narrativa, com muitos detalhes e explicações. Tem uns que funcionam, mas outros podem ficar chatos mesmo e a leitura acaba sendo forçada, maçante, como disse. Mas gostaria de ler. Tente dar uma chance em algum outro momento...

    ResponderExcluir
  17. Os livros da Darkside são muito lindos mesmo, o que me incomodou um pouco na edição foi a revisão, achei que dava para ser melhor. Mas eu achei a história incrível, o que me encantou foi o ambiente que a autora criou, junto com os personagens, adorei demais a Chava, ela se tornou uma das minhas favoritas de todos os tempos. A história eu achei meio lenta, mas achei ao mesmo tempo tão linda que não chegou a me incomodar. Que pena que você não gostou, mas é assim mesmo, não tem nada de errado em não gostar de um livro e eu acredito que tem tantos livros esperando pra serem livros que não é legal ficar presa a um que a gente acha chato.

    ResponderExcluir
  18. Poxa que chato!! Eu sempre tive vontade der ler este livro, as edições da Darkside está cada vez melhor. Uma pena mesmo sua leitura ter fluído. Quem sabe não era a hora certa de vc gostar dessa história??

    ResponderExcluir
  19. Que pena o que aconteceu com você, mas eu já tinha visto este livro a capa me atraiu bastante estou super interessada nele e minhas expectativas ainda estão altas! A história parece ser fascinante, e eu já li livros com culturas diferentes por isso estou acostumada então com muita certeza leria Golem e o Gênio!

    ResponderExcluir
  20. pode ter sido só a questão de expectativa... isso já aconteceu comigo (várias vezes)
    pelo menos a minha única expectativa que eu tenho com esse livro é a questão da capa q como sempre a darkside foi ótima. eu adorei saber que trata de culturas diferentes, às vezes até se acostumar como os personagens reagem é meio complicado, mas eu simplesmente amo esse tipo de coisa
    definitivamente mais um para a minha lista

    ResponderExcluir
  21. O livro tem uma edição realmente lindíssima como todos os livros da Darkside. Gosto muito de livros que me mostram outras culturas, neste ponto acho que gostarei do livro. Acredito que gostar ou não de um livro depende também do momento que estamos lendo. Achei muito leal de sua parte deixar claro que o livro não funcionou para você, mas pode e é diferente para outras pessoas.

    ResponderExcluir
  22. Os livros da Darkside também nunca me chamaram muita a atenção, e depois da sua resenha me desanimou, também vi váriaaaaaaaaaas resenhas dizendo como esse livro é maravilhoso, mas como eu percebi que meu tipo de leitura é como o seu, me fez desistir do livro... Mas quem sabe um dia que não tenha outros livros bons na frente, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  23. Esse livro já vem me chamando atenção a algum tempo, muitas pessoas falam super bem dele.
    Acho que depois você poderia dar mais uma chance, mas também não adianta insistir em ler uma coisa que não está nos satisfazendo.

    ResponderExcluir
  24. Esse livro pareceu mesmo muito interessante, e concordo com você a respeito do capricho da DarkSide com os leitores! E sem estresse, acontece de a pessoa achar que vai super amar um livro e acaba que nem consegue terminá-lo (vive acontecendo comigo, acho que é mesmo porque crio expectativas demais sobre um livro...). Enfim, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Também sou apaixonada pelos livros da Editora DarkSide! Sempre tão lindos, com ilustrações belíssimas e sinopses empolgantes. E Golem, o Gênio parecia ser mais uma dessas obras encantadoras. Mas agora com sua resenha, fiquei até pensativa...também não sou chegada a histórias muito maçantes, muitas informações que você acaba perdendo o gosto pela leitura. Se tiver oportunidade, lerei, mas não vou adicionar de imediato a minha lista de desejados. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
  26. Quando vi a capa, a primeira coisa de que me lembrei foi Magnus Chase. Achei super parecidas as capas. Gostei da resenha, mas a história não me interessou. Quem sabe algum dia eu leio?

    ResponderExcluir
  27. Oi! Eu acho que a Darkside tem colocado todas as outras editoras no chinelo! Tão mostrando como que se faz um serviço muito bem feito, sem cobrar muito a mais por isso! Enfim, as vezes tem livros que nao pegam a gente mesmo, não importa o quanto as pessoas falem bem a respeito e tal. Particularmente eu acho que esse livro parece ter tudo para ser bom, fiquei muitocuriosa pra saber como a história se desenrola... Uma pena q sua leitura nao tenha avançado. Larga ele e tenta ler outra coisa, em um outro momento vc tenta ler ele de novo

    ResponderExcluir
  28. Oi!
    Quando lançaram esse livro fiquei bem curiosa para poder ler achei a historia interessante e essa capa maravilhosa, não sabia que o livro tinha essas imagens que deu um toque ainda mais especial ao livro, mas realmente parece que a historia acaba decepcionando, ainda estou curiosa para poder ler esse livro, mas vou com as minhas expectativas bem baixas !!

    ResponderExcluir
  29. Os livros da darkside são realmente muito caprichados ❤ não acho que há algo de errado com você, às vezes as pessoas tem medo de falar o que acharam da obra pelo simples fato de ser de uma grande e boa editora, algumas pessoas nem entendem nada e mesmo assim escrevem maravilhas. Relaxa. Você venceu pelo simples fato que expressar, verdadeiramente, o que achou e sentiu.
    Só em ler o nome do livro não tive vontade de lê-lo, quando li a sinopse tive mais certeza e agora com sua resenha fechou o pacote.

    ResponderExcluir
  30. Também sou fã dos livros da Darkside e de todo o profissionalismo que a editora tem, no lançamento das sequência e no cuidado com os leitores e as obras.
    Entendo o motivo de você ter abandonado, mas é o primeiro livro, tem esse tom mais introdutório e descritivo mesmo no começo, talvez até a parte em que a Golem encontra o Gênio e a patir daí a magia começa a acontecer a estória flui, é cansativo mesmo lidar com tantas informações novas de duas culturas totalmente diferentes da nossa, talvez não fosse o melhor momento para você iniciar a leitura, ele tem um tamanho razoável, muitas descrições, um ritmo mais lento, por isso para conseguir gostar e prosseguir na leitura tem que estar no "clima", tomará que continue e goste do livro se vier a dar uma segunda chance.

    ResponderExcluir
  31. A capa e edição do livro são sempre um show a parte da Editora não me canso de elogiar suas publicações, com relação a premissa do livro gostei muito, e da forma como os personagens foram construídos, mas fiquei com receio de seu abandono, pois eu tenho problemas com essa história de cultura totalmente diferente da nossa também, é muita informação, que não costumo acumular todas, e acabo perdendo-me.

    ResponderExcluir
  32. A premissa do livro não me agradou muito. Não sou fã de literatura fantástica, nesse estilo mais medieval, e quase sempre passa direto por mim. Com seus motivos sobre o abandono no livro, reforço minha opinião e condição de “não-leitura” dessa obra.

    ResponderExcluir
  33. Oi, Ana! Eu só vejo resenhas – MILHARES DELAS – positivas sobre Golem e o Gênio, e tenho o mesmo medo que você tinha, pecar em algo, deixar algo passar, não me envolver e deixar uma história, que para todos parece magnifica, passar despercebido e maçante por minhas mãos, acontece com todos os livros da DarkSide, espero gostar.

    ResponderExcluir
  34. Nossa, acho que essa é a primeira vez que leio uma resenha desse livro e devo dizer que me surpreendeu. Acredito que não tenha nada de errado com você, apenas questão de gosto mesmo. Todos os pontos que você disse não ter gostado foram os que me fizeram amar ler esse livro. Não foi meu primeiro contato com a cultura síria, porém foi meu primeiro contato com a cultura judaica, mas mesmo assim eu amei a escrita detalhada que me fez situar dentro da história sem apenas despejar um amontoado de cenas onde eu não seria capaz de colocar num cenário completo. Acredito que tenha apenas sido uma divergência de gosto mesmo. E eu gostaria de dizer para os outros leitores aqui que leiam o livro, por que realmente vale a pena. Mas tenham em mente que não é exatamente o que estamos acostumados a ver em histórias de fantasia, talvez por ser uma história mais voltada para adultos e não para adolescentes.

    ResponderExcluir
  35. Já li e assisti várias resenhas sobre o livro e na maioria delas as pessoas diziam que era meio complicado o começo e também bem parado, que as coisas começavam a acontecer na metade do livro. Como você disse na resenha, tem muita coisa para ser explicada por ser culturas totalmente diferentes, talvez foi por isso que acabou não te prendendo. Tenho muita vontade de ler esse livro, mesmo sabendo que é mais parado, mas gosto de histórias bem diferentes, e também a edição está maravilhosa. Claro, não poderia ser diferente, é a DarkSide Books ♥

    ResponderExcluir