BOM DE BRIGA


Markus ZUSAK
Editora Bertrand Brasil
2000
208 páginas

SINOPSE: Ruben e Cameron Wolfe são dois irmãos que estão presenciando a dificuldade de ter um lar com pai desempregado e ao mesmo tempo procurando um propósito para viver. E é na proposta de Perry Cole que ambos encontram um rumo: lutas clandestinas. Ruben é um lutador nato e Cameron é um perdedor com coração, mas a vontade de encontrarem respostas é mais forte do que os golpes que levam. Bom de briga é uma história inspiradora que vai contar a vida de uma família fragilizada e de dois irmãos que só querem uma motivação. 

Antes de tudo, preciso explicar uma coisa sobre este livro: quando estava admirando a capa, deparei-me com a seguinte frase: “a volta dos irmãos Wolfe, de O Azarão”. Logo lembrei que O AZARÃO foi o primeiro livro de Markus a ser publicado e fui atrás de informações. Com isso descobri que, supostamente, BOM DE BRIGA é o segundo livro da trilogia dos irmãos Wolfe. 

Mas sabe o que é interessante? Em vários outros países, eles foram publicados separadamente, como volumes únicos, ou seja, você não precisa ler em ordem cronológica para entender a história. Tanto que o terceiro livro da suposta trilogia (A GAROTA QUE EU QUERO, cuja resenha você pode ler clicando AQUI), foi o mais vendido e o mais lido dos três. 



BOM DE BRIGA é narrado em 1° pessoa pelo personagem Cameron Wolfe, que mora numa casa com três irmãos, seu pai e sua mãe. A idade deles não é revelada no livro, a única coisa que sabemos é que Cameron é o mais novo, seguido de Ruben, Sarah e Steve. Logo no inicio da trama toda, vemo-nos num ambiente familiar, onde possuem um pai orgulhoso e desempregado, devido a acidentes anteriores, que prefere passar necessidades a dar o braço a torcer e pedir o seguro desemprego. 

É a partir dai que os irmãos Wolfe se descobrem sem motivação, sem sonhos, sem expectativas. A razão para ambos continuarem lutando é a família, mas como ajudar? Como vencer essa batalha? 

Minha única dúvida é com relação ás janelas. Por que elas têm janelas? É para deixar entrar um pedaço do mundo? Ou para vermos o lado de fora? 

Ruben é o irmão valentão que não defende a família com palavras, mas com punhos e ranger de dentes. E palavras mal ditas sobre sua irmã fazem dele um lutador aos olhos dos outros. 

Após defender Sarah, Ruben e Cameron conhecem Perry Cole, um homem cuja vida está dedicada a levar garotos para lutas clandestinas e ganhar em cima disso. Perry faz uma proposta aos dois, deixando claras as consequências, onde Cameron ganharia apenas gorjetas, pois estava na cara que ia perder, e Ruben ganharia todas as lutas, uma a uma, sem piedade. 

O que o livro deixa claro é que ambos aceitariam de primeira a proposta se fosse para ajudar nas contas acumuladas em cima da mesa. Mas não foi isso. Markus, de um jeito simples e esplêndido, narra um pai totalmente orgulhoso, que não aceita ajuda nem mesmo de Steve, seu filho mais velho. 

Eles aceitam, por eles. Por quererem se descobrir. Por procurarem respostas. Por procurarem motivação. Por quererem dar orgulho à mãe batalhadora que possuem. 

Embora a luta dela não tenha nada a ver com punhos. Mas tenha tudo a ver com sangue... 



Eles lutam e, com o tempo, Cameron teme que Ruben esteja perdendo o coração dele. Mesmo com tantas vitórias, uma atrás da outra, Ruben se vê desnorteado e sem alegria interior. Porque, talvez, vencer não tenha tanta graça. 

Um lutador pode ser um vencedor, mas isso não faz de um vencedor um lutador. 

Ao findar das páginas, conseguimos nos sentir leves e contentes, mas antes disso tudo, precisamos enfrentar os maus bocados que a família Wolfe passa. O último diálogo dos irmãos com sua mãe, mexem tanto com o leitor, quanto com os acontecimentos em sua volta. Para uma obra que foi publica em 2000, ainda temos muito que aprender sobre o que significa família. 

Bom de briga é uma motivação constante.

RESENHA ESCRITA PELO LUCAS LUHRAN PARA O GETTUB!

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

26 COMENTÁRIOS

  1. Só depois que terminei A Garota que eu Quero - um dos meus livros favoritos, se não o favorito - que me disseram que era o terceiro de uma trilogia. Não me importei muito, só aquele já ganhou meu coração. ❤ mas tenho um pouco de vontade de ler os outros, para conhecer mais de Cameron.
    Não sabia que esse livro fazia parte da trilogia, parece ser ótimo também.

    Luhran, fico feliz de ver você por aqui com sua resenha ma-ra-vi-lho-sa <3

    ResponderExcluir
  2. Bem diferente essa ideia de uma trilogia separada não é? Não sei se me agrada, gosto de ler um atrás do outro pra entender. Mas talvez esse não atrapalhe tanto.
    Muito triste que esses irmãos estejam passando por momentos de dificuldade, ficar sem sonho destrói a vida das pessoas. Ao mesmo tempo, ficamos felizes por eles terem descoberto algo, e buscarem algo inspirador para suas vidas.
    Gostei muito do livro ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato! Fiquei super preocupado de ler e spoilers do livro 1 aparecerem.. mas não aconteceu <3

      Excluir
  3. Oi.
    Não conhecia esse livro e nem os anteriores a trilogia. Parece bem interessante, mas não é meu gênero favorito para leitura, então vou deixar passar. Com certeza será sucesso entre os fãs desse estilo. Talvez um dia venha a ler, mas não agora. Muito boa sua resenha. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Márcia, um abraço também! Acho que poucas pessoas leram a trilogia completa, como eu disse, apenas o 3° tem um sucesso maior que os outros.

      Excluir
  4. Olá :)
    Faz um bom tempo que eu li A garota que eu quero e foi uma leitura razoável. Só depois de muito tempo descobri que faz parte de uma trilogia, e como a leitura não foi o que eu esperava eu não me interessei pelos outros. A estória de o Bom de Briga não me agradou muito então acho que não irei gostar do livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo Edmere, opiniões como a sua são sempre bem vindas e aceitas. Obrigado por compartilhar da mesma.

      Excluir
  5. Gosto desse tipo de livro que mesmo sendo uma trilogia o leitor pode ler eles avulsos sem perder a linha de raciocínio. Mas não sei porque esse livro ainda não despertou muita a minha vontade de ler. Talvez eu deva procurar mais como uma leitura sem muita expectativa. Pareceu-me pela resenha um livro de duas histórias: uma sobre luta e uma sobre um drama familiar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu confesso que gostei do fato de ser avulsos, se não, ia ficar sem ler kk. Em relação ao livro ter duas histórias, é um coisa normal, nenhum livro é só ação, ou só romance e etc.. Mas uma sempre se destaca, e no caso de Bom de briga, o crescimento pessoal dos personagens é o que move a história.

      Um abraço.

      Excluir
  6. Oi tudo bem.
    O problema de criar uma ideia antes de começar a leitura de um livro é esse: não entendi nada,tinha certeza que cada livro dos irmãos Wolfe seria contado por um deles e, mais do que isso, traria sua própria história,não foi assim,nada assim,ainda bem.
    Depois da leitura de O Azarão,fiquei com vontade de conhecer os outros irmãos,o livro tem uma narrativa tocante, crua e realista sobre o dia a dia de pessoas comuns, em uma família tão complicada quanto qualquer outra, mas que se ama e quer que tudo fique bem...
    um abraço e muito sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tive a oportunidade de ler os outros dois ainda, mas lerei assim que puder. A família Wolfe me cativou <3

      Um abraço.

      Excluir
  7. Estou a bastante tempo procurando pelo primeiro livro da série, porque já tenho o segundo e o terceiro. Eu lembro que comprei “A garota que eu quero” somente porque era do Markus Zusak, depois que descobri que era de uma série, resolvi ler tudo. Eu gostei bastante da sua resenha, que me deixou com uma maior vontade de conhecer os Irmãos Wolfe. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estou procurando O Azarão rsrs. Preciso ler os três livros e também confesso que só quis ler por ser Markus Zusak <3

      Excluir
  8. oie! Luhran! algumas coisas antes de comentar sobre o livro:
    adorei sua foto, o povo adora julgar tudo né? até as escolhas de livros,
    outra AMEI foto com os kung fu panda lutando! (é uma das coisas q eu amo esse blog, esses detalhes que acrescentam e muito)
    agora para o livro:
    eu não conhecia o autor e acabei ficando confusa em relação a uma coisa: é ou não é uma trilogia? tem alguma ordem que vc indique de leitura?
    tirando isso fiquei com muita vontade de ler, parece q além de muitas brigas a uma reflexões sobre o que é familia
    mais um para a minha lista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana, Primeiramente obrigado pelos elogios em relação as fotos <3 amo fotografar! Agora respondendo sua pergunta: como eu disse, no Brasil e em outro países foi classificado como uma trilogia, mas não é necessário ler na ordem cronológica para ficar por dentro da história. Tanto que muitas pessoas só leram o terceiro livro. Mas em alguns países também foram lançados como livros individuais, coisa que é bem melhor, justamente para não colocar essa dúvida no leitor.

      Espero ter ajudado!
      Um abraço <3

      Excluir
    2. obrigada por tirar a dúvida ^.^
      ah como eu disse eu adoro as fotos de vcs! as vezes dá vontade de ficar falando só das fotos de tão lindas que elas são

      Excluir
  9. gostei bastante da história, eu nunca li mas vou ler pelo fato de ser do Markus ZUSAKvou um dos meus autores favoritos pois ele escreveu a ,menina que roubava livros,um livro que me encantou . o tema sobre lutas clandestinas me chama atenção,nunca li nenhum livro sobre esse tema
    obrigado por apresentar esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel! Eu também amo Markus e meu livro favorito é A menina que roubava livros. Mas não foi o primeiro livro dele que eu li. O MENSAGEIRO me fez conhecer Markus, e amar cada livra escrita por ele.
      Fica a dica!

      Excluir
  10. Quero muito ler esse livro e os outros dois da trilogia: A garota que eu quero e O azarão. Gosto muito do Markus Zusak, da narrativa dele, enfim, é muito bom. Gostei bastante da resenha e com certeza vou ler todos os livros em breve.

    ResponderExcluir
  11. O fato de ser uma triologia separada é muito legal, pois você não precisa lembrar todos os detalhes do que aconteceu no livro anterior. Achei um tema bem interessante e me fez lembrar um pouco belo desastre por causa das lutas clandestinas. Adorei a resenha !

    ResponderExcluir
  12. Quando li "lutador", já pensei em Travis Maddox. Achei a história muito parecida com Belo Desastre, uma trilogia que eu amei cada pedacinho. Espero que essa trilogia sera tão boa quando BL.

    ResponderExcluir
  13. Eu achei a história bem interessante, por se tratar de um drama familiar e a busca de motivação dos irmãos, mas não seria um livro que eu compraria se visse na livraria pois não gosto de luta.

    ResponderExcluir
  14. "Bom de Briga" é um livro que mostra a força de uma família diante as dificuldades da vida e como encontrar uma luz no fim do túnel , eu gostaria de ler, fiquei curiosa!!

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Esse foi um livro que me surpreendeu pois não esperava uma intensidade tão grande, parece também que ao longo das paginas ele acaba nos emocionando, fiquei curiosa para saber mais sobre essa família e quero dar uma olhada nos outros livros !!

    ResponderExcluir
  16. Oi Lucas, foi por acaso também que descobrir que esse livro faz parte de uma trilogia :/, mas sinceramente eu não tenho mais vontade de lê-lo. Depois que li A menina que roubava livros, estou meio receosa por aventurar em um dos livros do autor, e acabar ficando decepcionada.
    Mas eu gostei muito da sua resenha, e parece ser um livro bastante reflexivo, talvez eu tente em algum outro momento conhecer os irmãos Wolfe :/ Beijo!

    ResponderExcluir