PRIMEIRAS IMPRESSÕES: A MÁSCARA DO REI


Olá pessoal!!!

Hoje, eu vim para compartilhar as minhas primeiras impressões sobre a obra A MÁSCARA DO REI. Logo de início, eu queria deixar claro que esta postagem não trata de todo o livro e, sim, de suas primeiras 20 páginas, que foram fornecidas pela autora. Gostaria também de agradecer pela oportunidade de ler pelo menos um fragmento da obra dela, que logo de início já me chamou a atenção.

Acredito que para que vocês entendam um pouquinho melhor a história, nós deveríamos conhecer um pouco sobre a autora, não é mesmo? Ela se chama Francine Cândido e a seguir está uma pequena biografia dela:

Francine Cândido tem vinte e três anos, mora em Camboriú -SC. Ama todo o tipo de literatura, mas sua paixão é a fantasia. Escreve desde os dezoito anos e Tempos de Escuridão é o seu primeiro manuscrito pronto. A Máscara do Rei, seu segundo romance será lançado pela editora Arwen em julho. Francine treina arquearia na academia SCAM de Florianópolis. Ama escrever e sente que encontra ali a verdadeira liberdade de sonhar.


E agora vamos à melhor parte: o livro!


SINOPSE: Meu corpo se corrói enquanto luto em uma guerra egoísta, por um povo egoísta. Eles não percebem que Darastrianos, Athears e Vutham são o mesmo saco de excrementos. Apodreço consciente de que luto pelos meus ideias e pelo que eu acredito ser certo. Sou um menino, um homem e um Rei. Aguardem vermes, pois meu corpo pode estar podre, mas minha alma permanece viva.

A MÁSCARA DO REI trata da historia da disputa entre reinos pelo controle da cidade de Darastrix. Um detalhe que eu particularmente gosto nos livros é quando eles são narrados por diferentes personagens, porque isto permite uma visão mais ampla da situação, além de que, em certos casos, alguns detalhes só podem ser descobertos por causa disso. Mesmo assim, no começo dos capítulos, eu me senti um pouco perdida, mas isto é apenas uma questão de se acostumar com o personagem. E realmente foi bem no início, algo em torno de um ou dois parágrafos. 

De maneira bem simplificada, a história é sobre a disputa pelo controle desta cidade, Darastrix. Eldon tem alma de sobrevivente e dará até o seu último momento para tentar proteger o seu povo. Seu maior empecilho é o seu pai, o atual Rei de Gan. Acredito que ele merece um capítulo exclusivo, porque ele é daquele tipo de personagem que nasceu para ser odiado, e seria interessante a visão dele sobre toda esta situação. Após a morte da mãe de Eldon, ele se tornou menos compreensível e casou-se com uma mulher que, pelo que seus atos demonstram, não ama. 

Esta mulher se mostra uma interesseira de mão cheia. E se o mau caráter precisasse de um símbolo, eu com certeza votaria nela. Mas, por incrível que pareça, eu acredito que no desenrolar dos fatos, provavelmente em uma situação de crise, onde todos já conheçam o seu verdadeiro caráter, ela acabará fazendo algo que ajudará Eldon, e isto será decisivo para o final da história.   

Uma coisa que me define como leitora é a mania que tenho de achar que sempre alguém morre no final, e como todo bom leitor sabe, nem sempre é assim. Mas neste caso, eu continuarei com esta linha de raciocínio. Para o final, espero que Eldon vença a guerra. Eu poderia apostar que, após isso, ele acabará morrendo, como um símbolo de devoção ao reino, e a memória dele será lembrada pelos próximos séculos, até que surja uma nova profecia, sobre uma outra linhagem para assumir Darastrix.

Para mais informações, acesse o SITE DO LIVRO, ou a PÁGINA DA AUTORA ou o SITE DA EDITORA!

Compartilhe este post:

ana lu

Sou Ana Lu e uma das coisas que mais gosto de fazer é ler e ouvir música. Meus livros favoritos são Perdida da autora Carina Rissi e Belo desastre de Jamie McGuire. Eu espero poder compartilhar muitas experiências literárias seguindo sempre o lema "a persistência fez os grandes líderes".

6 COMENTÁRIOS

  1. Oi Ana, que proposta legal ! Eu ia adorar fazer isso, mesmo ficando angustiada pra ler todo o livro kkk
    Eu gosto bastante de fantasia. Pelo que li, eu também espero que ele morra, não gosto quando coisas muito impossíveis acontecem nos livros e se ele está muito doente, deve morrer.
    Espero que saia logo todo e você nos conte como foi o desfecho.
    Abraços !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto muito de livros assim,de ficçao ,acho incrível como os autores conseguem criar histórias que nunca existiram ,é muito interessante a maneira deles de criarem!! Obrigada ,gostei demais da resenha !!

      Excluir
  2. Ain, kkk. Agora preciso da resenha pra viver da bad de não ter o livro. Adora histórias que envolvem reinos, cavalheiros, e etc. Nada a declarar sobre essa capa. *-*

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Achei a capa muito interessante, impactante. Gostei das suas primeiras impressões. Espero que o livro siga uma linha de fácil entendimento e com um final aceitável. Vamos aguardar seus próximos comentários, o enredo é bem interessante. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. A capa por si só é uma lindeza sem tamanho, mas achei a sinopse um pouco mais do mesmo que tenho visto ultimamente em livros de guerras e reis. Acho que não leria por não ter visto nada demais que me chamasse o intento de ler esse livro. Acho que estou na busca de algo mais diferente, mas adorei a maneira com que você descreveu sua leitura.

    ResponderExcluir
  5. amei e olha q isso foi só as primeira impresões né?!!!
    a capa me chamou atenção e eu amo livros de fantasia <3
    agora aguardando a resenha para ter certeza q vou colocar mais um livro na minha lista

    ResponderExcluir