RICK & CATH


Eva ZOOKS
Editora LER EDITORIAL
2016
244 páginas 

SINOPSE: Tudo que eles precisam para recomeçar é confiar na força do amor. O amor não escolhe hora nem lugar para acontecer. Muito menos as tragédias. Rick e Cath se veem separados por suas escolhas, mas uma fatalidade volta a uni-los. Será que o amor que sentem um pelo outro é grande o suficiente para superar esse imenso desafio e fazer com que voltem a caminhar juntos, enfrentando as dificuldades? Ou a tragédia que os abalou poderá separá-los de vez? Esse é o primeiro livro da série Recomeçar e foi primeiramente publicado no Wattpad e, por ser o inicio de uma série de livros, temos a apresentação de vários personagens que darão continuidade a série.

Rick faz parte de um grupo de amigos inseparáveis, que se consideram irmãos. Os cinco amigos tem um vinculo muito forte, onde todos estão sempre presentes uns para os outros e prontos para se ajudarem, comemorarem e sofrerem juntos. Eles possuem uma amizade muito forte e verdadeira. Confesso que essa qualidade do grupo foi um ponto muito forte da leitura, e eu realmente gostei de como ela é retratada e como os amigos podem ser diferentes e se completarem tão bem.

Cinco duros elos de uma única corrente, que as desgraças da vida apenas tratam de reforçá- la.

Cath é a irmã mais nova de Léo, e é tratada como a irmã mais nova de todos os outros rapazes também, uma vez que todos sempre fizeram as vontades dela quando era mais nova. Cath, ao contrário dos demais, saiu de sua cidade natal e foi viver em Goiânia com seu marido. Quando ainda era adolescente, escondeu de todos sua paixão por Rick, que nunca pareceu corresponder seus sentimentos e, por isso, ela nunca os revelou.


Logo no inicio do livro, somos apresentados a duas tragédias, que mudam drasticamente a vida de Rick e de Cath. Cath decide que irá voltar para a fazenda onde os cinco rapazes moram, e Rick é convencido a fazer o mesmo. É então que os laços já existentes se tornam ainda mais fortes. Juntos, eles tentam superar a tragédia que destruiu parte do coração e começam a formar uma enorme família, junto com os quatro amigos, que também moram na fazenda.

Uma corrente de cinco elos que havia se transformado em oito, e com certeza havia abertura para que novos elos chegassem e fortalecessem ainda mais essa união.

Conforme o desenvolvimento da história, vemos que os personagens começam a superar suas dores e vemos surgir um romance. Não é algo que acontece rápido, do dia pra noite, uma vez que ambos os personagens estão machucados e tem bagagens muito pesadas em suas mãos, mas existe todo um apoio entre eles e é fácil ver que um precisa do outro, apesar de todos os problemas.


A escrita de Eva Zooks é simples e não é muito detalhada, mas conseguimos imaginar os ambientes em que a história se passa com um pouco de imaginação. O livro flui facilmente e tem personagens com personalidades únicas e complementares. Gostei da forma como o livro foi escrito, porém, essa não foi uma leitura que me prendeu. Apesar de ter gostado bastante do que encontrei nas páginas, não foi aquele tipo de livro que me deixou viciada e me obrigou a parar tudo o que eu faço durante o dia para ler. É uma leitura agradável, mas não chegou a despertar um interesse imenso em mim.

Todos os dias quando me levantar terei como objetivo fazê-la me amar, e a noite, quando me deitar, terei a certeza de que dei mais um passo em direção ao seu coração.


Compartilhe este post:

Natália Palomare

Quando o assunto são livros e musicas, sou uma das pessoas mais ecléticas que existem. Não tenho livros favoritos, uma vez que me considero muito parecida com o Charlie, de As Vantagens de Ser Invisível, que diz que a cada livro lido, ele encontra um novo favorito – pelo menos até terminar de ler o próximo de sua lista.

19 COMENTÁRIOS

  1. Oi!
    Adorei a resenha :)
    Fiquei curiosa pela leitura, pois achei o enredo diferente, principalmente por tratar da amizade.
    Vou incluir essa história na minha lista de futuras leituras!

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Caramba! eu já tinha escutado rumores sobre esse livro, mas como era no Wattpad eu nem li. Estou feliz que a autora tenha conseguido publicar e posso finalmente lê-lo. Eu gosto de romances e a história de Rick e Cath já havia me cativado, depois dessa resenha então .. <3

    ResponderExcluir
  3. apesar de não ser meu gênero literário predileto, gostei da resenha, mas a história parece bastante clichê para mim . achei a capa muito bonita e pela resenha bem escrita vou indicar para paras pessoas que conheço e que gostam desse gênero

    ResponderExcluir
  4. Eu amei o fato do livro tratar de uma maneira tão singela do tema amizade, parece ser um livro fofo e trágico ao mesmo tempo, com todos os acontecimentos tristes na vida dos personagens, é uma pena que a narrativa do livro tenha deixado a desejar, mesmo assim desejo ler o livro, parece uma excelente história de superação

    ResponderExcluir
  5. Olá. Desejo que seja um livro de sucesso para a autora! Não é meu gênero literário favorito, então deixo passar. Gostei muito da sua resenha, mas mesmo assim, a sinopse não chama muito minha atenção. Quem sabe em outro momento. Obrigada pela dica. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Natália, achei a resenha bem feita e super cuidadosa de sua parte, pois a sua sinceridade em dizer que gostou mas que não foi uma leitura viciante me deixou à vontade para ler sem muita pretensão. Já li outro livro dessa mesma autora e ela tem mesmo essa pegada sem muitos detalhes de cena, isso não me tirou o fio da história em nenhum momento, mas fiquei querendo maiores detalhes de algumas cenas.

    ResponderExcluir
  7. Não sei porque, mas essa resenha me lembrou a música Photograph, uma ótima música.

    ResponderExcluir
  8. A capa do livro é linda, me fez pensar em quem pode ser esse bebê muito fofo :) A história para se paassar em torno de um drama , entao deve ser bem interessante, apesar de não ser um livro muito procurado por mim !!

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi falar sobre esse livro e, honestamente, mesmo gostando de narrativas rápidas e sem muito detalhamento, não fiquei interessado em lê-lo.

    ResponderExcluir
  10. Muito boa a resenha, mas a história não me cativou e tenho certeza que se eu começasse a ler iria parar antes de acabar o livro :/ O enredo em si do livro não despertou o meu interesse.

    ResponderExcluir
  11. Oi tudo bem..
    Não sei se eu leria esse livro,não gostei muito da capa e a história não chamou muito a minha atenção também. E os ponto negativo que você ressaltou, bastaram para eu perder a pouca vontade que eu poderia ter de ler ele.
    um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  12. adorei sua definição: não é um livro que faz parar tudo.
    mas eu acho que eu vou deixar passar esse livro : sabe aquela impressão de eu já vi/li isso antes???
    pois foi essa quando eu fui lendo a resenha eu fiquei nossa, já li isso. outra coisa negativa é q é: o problema não é ser clichê, mas se a leitura não cativa ai... bye bye

    ResponderExcluir
  13. Esse livro eu ainda não conhecia, mas fiquei um pouco interessada por apresentar um drama familiar sobre recomeços, e com personagens que me parecem bem cativantes. Pode ser que eu leia..

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia esse livro e ele não me cativou parece ser algo tedioso, que não prende o leitor.

    ResponderExcluir
  15. O livro realmente parece ser lindo demais, mas acredito que não seeria uma leitura muito que me agradaria, então pularei a dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Oi :)
    Não sou muito de ler dramas mas esse me despertou o interesse. Gostei bastante da estória e já quero muito saber o desfecho do livro. Porém eu achei a capa muito feia e se não fosse pela sua resenha eu jamais iria me interessar. Obrigada rs :)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. OOOI!
    Esse gênero é pouco procurado por mim, mas esse livro parece ter algo de especial e me senti meio que atraída por ele apesar de se tratar de um drama, espero que seja realmete bom!Beijos!!

    ResponderExcluir
  18. Oi Nathália, eu adoro encontrar novos autores nacionais, e a Eva eu ainda não conhecia. Eu adorei a sua resenha, mas confesso que a premissa do livro não chamou a minha atenção. Porém achei muito legal a autora "destacar" a amizade no seu livro. E é uma pena que a história não conseguiu te envolver completamente, já que sou daquelas leitoras que amam um livro que nos fisga, e que nos fazem passar fome e sono kkkkk Esse eu vou deixar passar... beijo!

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas gostei da historia, fiquei curiosa para saber mais sobre o que aconteceu no passado dos personagens e achei bem interessante o grupo de amigos espero que eles seja contado sobre eles na historia também !!

    ResponderExcluir