GHOSTGIRL


Tonya HURLEY
Editora  AGIR
2008
320 Páginas

SINOPSE: Charlotte Usher está no último ano do ensino médio e se sente praticamente invisível na escola, até que um dia fica invisível de verdade. Pior ainda: Morre. E tudo por causa de um cara e uma bala de goma. Mas ela esta tão desesperada para ser popular que o desejo permanece mesmo após sua morte repentina. Aproveitando suas habilidades de fantasma, Charlotte não descansará enquanto não conseguir o amor de Damen, o garoto dos seus sonhos.

Esse lindo romance de estreia da autora Tonya Hurley, já me ganhou na capa e nas ilustrações, que remetem muito às ilustrações de Tim Burton e a um dos meus filmes favoritos, que é CORALINE. Com 320 páginas cuidadosamente decoradas, e capítulos separados com desenhos e páginas pretas, GHOSTGIRL é um daqueles romances com doses de humor negro e situações fantásticas, que me lembrou muito minha adolescência. Nele, encontrei até situações da minha banda favorita da época, EVANESCENCE, o que tornou tudo ainda mais nostálgico e deixou o livro ainda mais com a atmosfera gótica e mórbida.


Charlotte Usher é uma garota solitária e nerd que não consegue ser notada por ninguém na escola. Seu maior sonho é se tornar popular e ter chances com Damen, o garoto por quem ela é apaixonada e que namora Petula, uma patricinha esnobe que faz de tudo para ser o centro das atenções por onde passa. Nessa busca fútil de Charlotte em se tornar notada por Damen, ela acaba morrendo de uma maneira muito boba.


Charlotte começa uma jornada entre o mundo dos vivos e dos mortos em busca da atenção que sempre buscou em vida. E nessa jornada, ela acaba ficando amiga da irmã de Petula, Scarlet, uma menina estranha e com gostos exóticos, que é a única pessoa viva que pode vê-la, mesmo sem qualquer possibilidade de que isso pudesse acontecer. Com isso, Charlotte passa a bolar um plano para conseguir atenção através de Scarlet, só que seus amigos mortos não gostam muito da ideia, e um grande impasse se trava entre eles e Charlotte.


Como romance de estréia e primeiro livro da trilogia, GHOSTGIRL tem algumas falhas na trama que me deixaram com várias perguntas em mente. Por exemplo: como uma menina viva encontra um espirito e não tem medo dele? Mesmo sendo um livro de fantasia, algumas coisas ficaram confusas, porém acho que a autora tem muito pra amadurecer e torço pra que isso ocorra nos próximos livros da trilogia, porque realmente fiquei curiosa com este primeiro e ele se mostrou promissor. Além disso, ela aborda assuntos importantes de uma forma bem natural, como essa obsessão dos jovens em serem populares e notados a qualquer custo, o egoísmo do ser humano, a arrogância dos adolescentes que não ligam pra a família e essa busca por tentar parecer algo que não somos, apenas pra ter a atenção de pessoas que nem sequer gostam de nós.


Sim, o livro tem suas falhas na trama, porém se mostrou uma surpresa boa e nostálgica, que me fez reviver a adolescência de uma maneira gostosa e um pouco mórbida, coisa que sempre gostei. Pra quem aprecia romances e possui um gosto por humor negro, vai se deliciar com GHOSTGIRL e todo esse mundo que vai além do túmulo.

Compartilhe este post:

Gabriella

Moro em Recife e sou uma apaixonada por animais, seriados, filmes e livros, sempre escolhi ficar em casa pra curtir melhor esses hobbies; sonho me formar em medicina veterinária e abrir uma ONG para ajudar animais abandonados.

30 COMENTÁRIOS

  1. Parece uma aventura muito agradável e engraçado de ler, apesar de ser uma garota que já morreu, tem uma estória com humor negro. Apesar da confusão e alguns pontos contraditórios, acho que vale a pena ler.

    ResponderExcluir
  2. Que fofura de capa! Amei tudo que vc escreveu, Gabriella. E adoro livros assim! Vou colocar na minha listinha. Também achei, logo de cara quando vi a foto, que a ilustração remete ao Tim Burton e Coraline (que eu também amo de paixão). Um de meus gêneros fav de livros, são histórias jovens que se passam em escola, sempre me sinto Nostalgia... E com todas as referências que vc citou, e a pitada de humor negro, acredito que vou me deliciar nessa leitura. Gostei! Gostei meeeeesmo!!

    Bjão!

    Jess | Blog A Rosa do Príncipe
    www.arosadoprincipe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi, não acho que uma menina ver espírito e não ter medo dele seja exatamente uma falha na trama, existem tantos tipos de pessoas diferentes que seria como dizer que todo mundo deve reagir da mesma forma em todas as situações, mas entendi quando você fala que tem mais falhas na trama. Achei assim como você bem parecida as ilustrações com o Tim Burton, os traços mais grosseiros e fofos, sem perder a delicadeza do personagem. Adorei. E também sou fã de Coraline. Quais serão os títulos dos dois próximos livros?

    ResponderExcluir
  4. Pelo que me lembro parece que faz um tempinho que lançou este livro, porém não me recordo de ter lançado o segundo. Eu até achava que era livro único.

    Eu acho a capa deste livro lindo e a história apesar de ter alguns furos deve ser gostosa de ler.

    ResponderExcluir
  5. Ai que livro mais gostosinho, fiquei super curiosa para ler. Adoro livros com páginas desenhadas *-* Já quero

    ResponderExcluir
  6. Oii Gabriela! Que livro MA-RA-VI-LHO-SO!
    Olha essa capa, essas páginas...Aaain eu qrooo!!!
    Enredo mto bom!

    ResponderExcluir
  7. Oi tudo bem..
    Esse livro, essa ideia é toda muito sinistra, tenho muita curiosidade de ler pra ver como que a autora vai dar um fim satisfatorio para essa estória.
    Me da quase um desespero só de pensar nisso tudo, imagina, vc morta mas apaixonada,mega apaixonada na verdade pelo jeito ne?, e mesmo assim não desiste, e vai atras do seu queridinho….Tudo isso é muito bizarro pra mim, mas acho que vou me dar a chance de conhecer tudo isso.
    Um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  8. GENTE EU QUERO MUITO, SOCORRO! NÃO SÓ A ILUSTRAÇÃO, MAS OLHA ESSA HISTÓRIA <3

    ResponderExcluir
  9. Pelo que pude perceber na resenha, vale a pena ler Ghostgirl! Ainda que a história não seja lá tão nova, a maneira como a autora a construiu e, claro, os elementos utilizados, deu um tempero especial.
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  10. Que história amorzinho <3
    Não conhecia e confesso que fiquei curiosa.
    Sua resenha me deixou ainda mais interessada, adorei :)
    Parece ser uma leitura agradável e bem rápida.
    Ótima resenha.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabi, li Ghostgirl já faz um tempão, nem me lembrava da história. Sim, concordo a capa, caixão, os detalhes das páginas e entre os capítulos é fofo meio dark. Lembro de ter ficado com dó, por ela querer o carinha e ele necas. Não sabia que era uma trilogia... e olha que faz um tempo que já foi lançado. Quando será que terá as continuações? Sua resenha me deu vontade de reler o livro, esqueci como ela morreu.
    Um beijo
    Paulinha S

    ResponderExcluir
  12. OOI! Awn!! Estou apaixonadaa por essa capa e por essas ilustrações! Eu amo livros ilustrados , e ainda mais meio gótico kk Como você disse lembra muito aquele filme Coraline, e eu amei aquele filmee! Essa história me interessou bastante, porque quem nunca na vida se sentiu invisível né?? Então espero ter a oportunidade de ler ele em breve,adorei!!!

    ResponderExcluir
  13. Já to loka pra ler, só me desempolguei levemente por ser uma trilogia, cansei de ler livros que tenho que esperar a sequencia, mas a resenha me instigou tanto que serei obrigada haha. Amei as ilustrações a primeira coisa que pensei foi isso de remeter as imagens de Tim Burton, (Coraline também é um dos meus filmes preferidos) fora o meu lado dark, gótico e trevoso que ta gritando por esse livro, entrou pra minha lista!

    Ana Carolina: https://leitureira-filmeserie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Amei essa capa, uma fofura! É a primeira vez que leio uma resenha sobre esse livro, apesar de já conhecer a capa e a premissa. Mas fiquei gostando muito do que você mencionou sobre o enredo do livro. Achei diferente e essa menina personagem já me conquistou. Dica anotada, com certeza. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. tenho muita curiosidade de ler pra ver como que a autora vai dar um fim satisfatório para essa história
    Tudo isso é muito bizarro pra mim, mas acho que vou me dar a chance de conhecer tudo isso.

    ResponderExcluir
  16. Que capa mais lindinha, adorei haha. Essa resenha me deixou curiosa, só o fato de a autora abordar o tema da popularidade como uma critica, já ganhou um lugarzinho nas minhas leituras, gosto de livros que pegam algo atual e os transformam, nesse caso ela deixou com um humor negro como você disse Gabriella, adorei a resenha, não conhecia esse livro e agora já quero lê-lo.

    ResponderExcluir
  17. Oi Gabriella.
    Adorei as ilustrações, mas achei a história um pouco simples e infantil. Não fiquei com muita vontade de ler.
    Acho que deve ser uma boa leitura para os adolescentes que estão passando por essa fase de aceitação social.
    Achei a capa bem bonitinha.

    ResponderExcluir
  18. Achei o Livro Interessante e algum dia vou querer ler. Gostei da ilustrações e acho que elas ajudam muito nos livros, quando não são muitas.
    Resenha Excelente!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Oi Gabi, tudo bem?
    Eu amei a simplicidade do livro, não no visual porque esse é super exagerado o que o deixa (para mim) mais bonito ainda, todo esses tons e esse design são de arrepiar. As ilustrações são o que mais chama a atenção.
    Eu me interessei muito pelo livro, acho que foi o seu conteúdo que parece ser destinado a pessoas de minha idade (e conseguiu a atenção). A história mesmo sendo bem fácil de se encontrar em outros livros, me conquistou. Vai pra listinha <3
    Adorei a sua resenha, e também fiquei curioso com o fato da garota não ter se assustado com o fantasma de Charlotte...

    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Respondendo a sua pergunta Charlotte, sim eu já me senti muitas vezes invisível aos olhos de todos. O que mais me cativou há ler esse livro foi o fato da protagonista parecer ter inseguranças como qualquer outra pessoa, isso é um dos fatos que mais me encanta em livros: o personagem não ser perfeito, sofrer com dúvidas e inseguranças afinal isso faz parte da vida de qualquer um...

    ResponderExcluir
  21. Já me apaixonei só de olhar a capa. E depois de ler toda essa resenha maravilhosa me encantei ainda mais, sem contar as fotos que, pra mim, foram super tocantes.

    ResponderExcluir
  22. Deve ser uma delícia ler essa história!!!
    Alguns trejeitos de Gosthgirl também me fizeram lembrar Coraline. Sou outra fã de Neil Gaiman.
    Abraço...

    ResponderExcluir
  23. parece ser uma ótima história para adolescente , deve ser uma bela história para passar o tempo com um leve humor, , acho que vou comprar para dar de presente . a capa e a edição são lindas

    ResponderExcluir
  24. Oi :)
    A edição desse livro está muito linda, só pela capa eu já gostaria de ler Ghostgirl. Gostei bastante da estória, pois não se trata de um romance meloso, coisa que não gosto, mas sim com um toque mórbido, como você falou. Já estou curiosa pra saber mais a respeito dos personagens e como tudo isso vai terminar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Nossa, preciso ler esse livro urgentemente! O livro chama a atenção só pela capa, que é muito linda *-* Essa mistura de adolescência, com fantasmas e humor negro me interessam muito, pois sei que vou gostar. E esse livro é de uma trilogia, o que é melhor ainda!

    ResponderExcluir
  26. Gente que livro amorzinho é esse. <3 to apaixonada! engraçado que tava lendo e ouvindo Evanescence haha minha banda favorita de todos os tempos. *-* não conhecia esse livro maravilhoso, mas agora vou sonhar com ele todos os dias até comprar. kk

    ResponderExcluir
  27. Amo esses romances góticos, principalmente com este toque de nostalgia, no caso mostrando a banda Evanescence, que adoro e curto muito as músicas. Confesso que tive que reler uma parte da resenha, não sabia sobre o enredo da história e até me assustei ao ver que a personagem morreu, o que não costumo ler em livros do tipo, mas os acontecimentos decorrentes me interessaram, certamente estranhei a autora colocar uma personagem querendo ser popular e depois não dar nenhuma lição a isso, mesmo assim espero ler, achei linda a capa

    ResponderExcluir
  28. Omg!!! Tbm gostava de Evanescence . Ainda gosto haha... Que livro mais lindinho gente. A capa,as ilustrações,a historia...Super quero ele pra mim *-*

    ResponderExcluir
  29. Sempre gostei de livros com ilustrações, além de deixar facilitar a compreensão da historia, não deixa a leitura tão cansativa. Amei esse livro.

    ResponderExcluir
  30. Oi!
    Gostei muito desse livro, parece ser aquele tipo de livro leve e divertido que lemos sem compromisso, fiquei curiosa para saber mais, gostei muito dessa capa e se tiver oportunidade quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir