ONDE CANTAM OS PÁSSAROS

                                 
Evie WYLD
Editora DARKSIDE
2015
256 páginas

SINOPSE: No premiado romance de Evie Wyld, a fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha – e o quanto estará segura. De tempos em tempos, uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Um menino perdido, um homem estranho, rumores sobre uma fera e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção.

Jake White é uma australiana que encontrou seu refúgio numa pequena ilha em algum lugar na Inglaterra. Morando em uma fazenda, acompanhada apenas de seu cachorro, Cão, cria um rebanho de ovelhas. Evita ao máximo ter contato com os outros moradores da ilha, despertando, assim, boatos e olhares curiosos. Afinal, o que levaria uma mulher tão jovem morar isolada, criando ovelhas?

Podia ter sido o ar, o vento. Podiam ter sido as ovelhas se virando para me olhar, ali na escuridão. Ou algo saído do mar que se arrastava pela trilha em minha direção. Mas não. Era apenas a noite, como eu já vira milhares de vezes, sozinha.

Misteriosamente, de tempos em tempos, Jake encontra uma de suas ovelhas mortas, totalmente dilacerada, de modo que custa a acreditar que tenha sido um animal o responsável pelo estrago.


Tudo começa a ficar mais estranho, quando um homem desconhecido surge rondando as proximidades do terreno. A jovem começa a ficar preocupada e toma todas as precauções necessárias para se manter e manter suas ovelhas seguras.


ONDE CANTAM OS PÁSSAROS está mais para um drama psicológico do que verdadeiramente terror. O livro é narrado em primeira pessoa, eu diria que de uma forma desafiadora, pois os capítulos ímpares narram o presente de Jake em sequência crescente, e os pares, o passado, de forma decrescente, ou seja, dos fatos mais recentes aos mais antigos. 

Há quem diga que isso deixa a narrativa confusa e cansativa, já eu, achei uma forma inteligente de contar os fatos: ora nos deixando apreensivos para saber o que vai acontecer a seguir, ora aumentando a curiosidade sobre o passado da protagonista. 

Diabos, eu tenho a merda de um passado, todo mundo tem. 

Mas caso deseje ler de forma linear, você deve ler os ímpares do começo ao final do livro, e os pares do final para o começo. Tirará todo charme do livro.


A escrita é bastante franca, crua e visceral. Sem rodeios, as cenas pesadas são descritas com riqueza de detalhes, o que não me incomodou nem um pouco, pelo contrário.

Por ter morado grande parte da minha vida em fazenda, foi bastante fácil absorver a história, senti-me familiarizada com o ambiente descrito e com o modo de vida da personagem.

O céu noturno está repleto de estrelas e me sento sobre a cerca, ouvindo as cigarras e os pássaros da noite, os guaxinins e ratos e todas coisas vivas que estão por ai respirando junto comigo. Não muito longe o rebanho é um amontoado denso. Sinto o impulso de ficar sozinha, de não dar satisfação a ninguém, a segurança de ser desconhecida  e estar longe.

A edição dispensa quaisquer elogios. É mais um daqueles livros fascinantes da DARKSIDE, que só de olhar a capa, deixa você hipnotizado.


Mas não se engane com o tom rosa da capa, pois não é um livro sensível. Por outro lado, analisando bem os detalhes, dizem muito sobre a história. Os pássaros, por exemplo, são bastante citados, por isso o título.


Existem alguns erros de digitação, mas no geral é um bom livro. A autora tem uma escrita fluida, viciante, nos faz refletir, ao mesmo tempo que nos assusta com alguns acontecimentos. Posso dizer que até ri de algumas situações narradas. Entretanto, se você não se identificar com a personagem, vai ser difícil  absorver o passado da mesma. E se ler apenas pelo terror e para desvendar o mistério da "fera", você pode se decepcionar. 

O livro funcionou para mim, a leitura não foi nada cansativa, tanto que li duas vezes seguidas e consegui absorver mais detalhes, que tinham passado despercebidos da primeira vez.  Recomendo bastante essa leitura.


É uma história de solidão, sobrevivência, culpa e perdas. Uma personagem assombrada por fantasmas do passado. Uma mulher forte apesar de suas falhas. Afinal, quem de nós nunca errou e se arrependeu?

Compartilhe este post:

Brena Carvalho

Sou cearense, amo música, livros, filmes, café, bebês, gatos, viagens (…) adoro escrever. Sonho cursar psicologia, viajar o mundo, enfim, ser feliz! (não necessariamente nessa ordem).

21 COMENTÁRIOS

  1. Oi tudo bem..
    Nossa as capas da editora DARKSIDE são maravilhosas só por elas já da vontade de ler os livros,e apesar de terror não ser um gênero que leio com frequência,com certeza depois da sua resenha fiquei bastante curiosa,principalmente pela personagem ser forte apesar dos erros,e gosto bastante de livros que tem ilustrações da uma realidade maior a historia(minha opinião é claro)...muito boa a resenha.
    Um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Brena! Esse livro está na minha wishlist eterna há bastante tempo! Eu sempre o considerei um desafio para mim, devido a narrativa que não é linear, e pela "graça" da história que parece estar nas entrelinhas, né. Adoro dramas psicológicos, personagens/narradores que não são confiáveis e um mistério à espreita... Quero muito ler esse livro! Quanto à edição, é lindíssima mesmo! Espero que os erros de digitação não incomodem tanto quando eu ler.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Esta edição esta lindíssima e imagino que pessoalmente deve ser mais linda ainda.
    E a história parece ser incrível, quero muito ler, já está na minha lista de desejados desde o lançamento.

    ResponderExcluir
  4. A edição está linda, por ser uma capa rosa eu pensei mesmo que seria uma história mais calma, que engano! Fiquei curiosa sobre o passado da protagonista, que parece ser bem mostrado, e para saber quem esta matando as ovelhas. A escrita da autora parece ser na medida certa para o livro, quero ler

    ResponderExcluir
  5. Brena cada vez que venho aqui no blog e me deparo com uma resenha fico pensando que já li melhores, mas me engano facilmente, esse resenha foi simplesmente delicada e sutil, forte e convence a quem por aqui passar a ler esse livro. Eu mesma já tinha uma certa vontade de ler pelo título que me prendeu, mas agora com os detalhes dos pássaros, da fazenda e dos erros e culpa já me sinto mais e mais atenta a ler cada linha do livro, e sabendo que os capítulos se alternam entre passado e presente já gostei. Adoro livros que nos fazem pensar mais do que o linear! Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  6. que livro enigmático , a sinopse me prendeu , gosto muito de dramas psicológicos . a questão da história ser narrada em passado e presente me chama muita atenção pois li o livro -caixas de pássaros - e o autor dele, soube explorar de forma positiva esse paradoxo . a protagonista me parece ser uma mulher com personalidade ,dedicada e corajosa . a resenha está ótima e as fotos do livro também . parabéns

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Me interessei pelo livro quando vi a capa pela primeira vez, lendo a resenha me interessei mais ainda. Desejo muito ter este livro e a Darkside arrasa nos detalhes.

    ResponderExcluir
  8. Que livro lindo, misterioso e atraente. Quero muito ler, descobrir os segredos, a fera e o passado da personagem. Confesso que não gosto de livros não lineares, fico confusa. Mas acho que vale a pena, ler e tentar entender essa visão da autora. Bela resenha, as fotos do blog em geral são ótimas!
    Um beijo
    Paulinha S

    ResponderExcluir
  9. primeira resenha que leio do livro e adorei, só não sei se estou num bom momento para ler. estou numa fase romantica

    ResponderExcluir
  10. Uau, parece ser uma história incrível.
    A capa é maravilhosa, a editora está de parabéns pela edição, dá vontade de comprar o livro só por isso rs
    Sua resenha me deixou bem mais interessada.
    Espero conhecer a obra em breve.
    Parece ser uma leitura que te prende e que flui super bem, gosto disso.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  11. Oii Brena!
    Estva aansiosa aguardando resenha do livro, é perfeito! Enredo mto bom!
    Sua resenha só me convenceu q a obra vale mto a pena!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oi Brena, tudo bem?
    Sua sensibilidade ao descrever o livro, foi perfeita. Resenha muito bem detalhada e com palavras muito motivadoras. As capas DarkSide são um encanto à parte, sou apaixonada! A premissa desse livro é muito convidativa, gosto desse gênero e sabendo que é um livro bem reflexivo, melhor ainda. Quero muito conferir! Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Brena.
    Confesso que a trama não me interessou. Não leio muitos suspenses e não fiquei curiosa para ler esse.
    Mas o que eu achei interessante foi a construção dos capítulos: "os capítulos ímpares narram o presente de Jake em sequência crescente, e os pares, o passado, de forma decrescente".

    ResponderExcluir
  14. Hey!
    Primeira resenha que leio sobre ONde Cantamos Passaros,estava super curiosapra saber mais sobre a historia,narrativa... Sua resenha me deu mais vontade ainda de ler o livro. "Diabos, eu tenho a merda de um passado, todo mundo tem. " <3

    ResponderExcluir
  15. Com uma estrutura narrativa interessante que age como o grande diferencial do livro, o romance reflete sobre o peso de nossas escolhas em uma trama que passeia por estupro, prostituição e violência doméstica. Ainda não li esse livro, mas me interessei por ele ter esse final em aberto. Gosto de ficar pensando e refletindo sobre o livro e tentar desvendar o que ele significou. Então talvez eu goste:D ótima resenha Brena!

    ResponderExcluir
  16. Oi :)
    Achei interessante a estória, sempre tive vontade de lê-lo mas nunca tinha lido nenhuma resenha desse livro. Não costumo ler drama psicológico nem terror mas já coloquei na minha cabeça que vou abrir uma brecha para os livros da DarkSide. Espero gostar bastante desse livro porque até agora não me decepcionei com nenhum dessa editora.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Amei a resenha, além de o livro ter uma capa maravilhosa parece que a historia da Jake é bem enigmática, fiquei curiosa sobre esse livro, a mistura de presente e passado em muitos os casos deixa tudo em um constante mistério, o que será que acontece com essas ovelhas e quem era o homem que apareceu perto da residencia da Jake? estou querendo descobrir,já tá garantido na lista.

    ResponderExcluir
  18. Os livros da DarkSide são ótimos <3 Adoro dramas psicológicos e Onde Cantam os Pássaros tem esses misteriosas mortes das ovelhas, o homem desconhecido e, ainda, a protagonista do livro é bem enigmática. A editora, como sempre, lançando livros com capas lindas. E concordo com você, a capa é totalmente hipnótica.

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha, confesso que não tinha visto muita coisa sobre esse livro ainda, achei bem interessante, gosto bastante desse gênero, a história parece ser um suspense que deixa você curioso pra terminar logo. Espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Já tinha visto esse livro varias vezes mas não sabia que era uma historia de terror, mesmo sendo puxado para o dramas psicológicos o que me deixou ainda mais curiosa pois ainda não li nada do gênero e a diagramação ficou perfeita !!

    ResponderExcluir
  21. Me deixou bastante curiosa essa resenha, o livro deve ser muito bom.

    ResponderExcluir