ANTES DA FORCA

SINOPSE: Nesta ardilosa sequência de O Poder da Espada, o futuro da União está em três frentes de batalhas - e nenhuma delas parece nem perto da vitória. Sand dan Glokta se tornou o todo-poderoso de Dagoska e tem de impedir que ela seja tomada pelos inimigos - tarefa difícil em uma cidade com muralhas decadentes e escassez de soldados. Além disso, o ex-torturador também precisa desvendar uma conspiração no conselho governante e salvar a própria pele. Enquanto isso, nas terras congeladas de Angland, o coronel West tem pela frente uma complicada missão: proteger o príncipe herdeiro no campo de batalha e evitar que a inexperiência e a arrogância dele levem todos para a morte. Ao mesmo tempo, Bayas, o Primeiro dos Magos, lidera uma expedição que cruzará o continente até a borda do Mundo. Passando por terras amaldiçoadas e esquecidas no passado, ele precisa encontrar a Semente - uma relíquia do Tempo Antigo que poderia pôr fim à guerra, ao exército de comedores que se multiplica no Sul e aos bandos de shankas que atacam no Norte.Nesta trama inteligente e de personagens complexos, antigos segredos são revelados, batalhas sangrentas são travadas, inimigos mortais são perdoados - mas não antes de estarem na forca. - Joe ABERCROMBIE - Editora ARQUEIRO - 2014 - 492 páginas

ANTES DA FORCA é o segundo livro da trilogia A PRIMEIRA LEI, sequência de O PODER DA ESPADA, que resenhei há algum tempo aqui no blog. Gostei tanto do primeiro que resolvi ler o segundo (quem não leu a resenha do primeiro pode ler clicando aqui).


Uma das interrogações sobre essa continuação era se o autor iria conseguir manter os personagens que, para mim, ainda não tinham como ser classificados entre vilões e mocinhos. E o ABERCROMBIE conseguiu fazer isso com alguns deles, sim. Já outros, tiveram seus lados definidos e você vai ter a quem amar e odiar.

Alguns personagens passam por mudanças, graças às experiências vividas nas tramas que se desenvolvem ao decorrer desse segundo livro, como o arrogante Jezal, que, ao sair em viagem com companhias que ele detesta, terá que se adaptar, ou tentar, até chegar ao seu destino final: a borda do Mundo. Nessa jornada por terras estranhas e isoladas, muitos segredos vão sendo revelados a cada dia, principalmente sobre Bayas, o Primeiro dos Magos, o que acaba deixando várias dúvidas sobre ele e sobre acontecimentos passados no Tempo Antigo.


O humor ácido do autor virou sua marca registrada, ao menos nessa trilogia, o que torna a leitura agradável. Eu me peguei dando boas risadas enquanto os homens nomeados do norte e antigos companheiros de Logen se irritavam e ''soltavam o verbo'', o que pra eles é normal e rotineiro, já que vivem como selvagens e não ligam muito para os bons modos.

Preciso dizer que, sim, tem partes do livro que são arrastadas, o que me fez demorar um pouco mais em alguns capítulos, e isso pode ser relevante para algumas pessoas que não tenham muita paciência, mas compensa continuar e esperar pelos próximos. As partes das batalhas são eletrizantes demais, e quando começam, você não quer mais parar de ler, ainda mais que são muitas batalhas acontecendo ao mesmo tempo.


Seguindo a linha do primeiro livro, as intrigas, traições e assassinatos por interesses maiores continuam, e para isso contamos com nosso inquisidor, Glokta, que vai até outra cidade para investigar o assassinato de um outro inquisidor e, de quebra, enfrentar inimigos, que estão prestes a atacar e tomar a cidade. Nesse segundo livro, Glokta tem até  momentos de bondade, o que não o torna melhor em nada, já que continua torturando e tramando contra quem ousar cruzar seu caminho. Ainda assim, ele consegue ser um dos meu personagens favoritos.

O fracasso de algo grandioso nunca é uma questão simples, mas onde há o sucesso e a glória também deve haver o infortúnio e a vergonha. A inveja chega sorrateira onde há o triunfo. A cobiça e o orgulho levam pouco a pouco a disputas, depois a rixas, e em seguida a guerras. 

O final me surpreendeu. O autor vai e faz tudo ao contrário do que você fica esperando no decorrer do livro. Se você quer um livro com desfechos óbvios, este não será ele.  JOE ABERCROMBIE é ótimo em surpreender. O livro tá super recomendado.


Preciso dizer que estou amando, amando acompanhar esta trilogia e, mais uma vez, não vejo a hora de ler o próximo e último livro.

As pessoas adoram ver a morte. Faz com que se lembrem de que, por mais mesquinhas que sejam, por mais vis que sejam, por mais horrível que seja sua vida, pelo menos elas têm uma.

Compartilhe este post:

10 COMENTÁRIOS

  1. oi gabi, já vi vários elogios a essa série
    e uma das coisas que mais me chamou atenção foi justamente o fato dos personagens não serem nem bons nem maus
    bom, se eu for começar a ler me preparar para as partes arrastadas =) mas pelo jeito as outras compensam né?

    ResponderExcluir
  2. Li a resenha do primeiro livro e fico feliz em saber que a continuação foi favorável, mesmo com algumas partes arrastadas, o autor consegue amadurecer os personagens, mantendo o humor em sua escrita e sabendo narrar bem cenas eletrizantes, quero ler essa trilogia e espero que sua experiência com o terceiro livro seja boa também.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Ao ver a capa em primeiro momento fiquei um pouco assustada hahaha mas, lendo a resenha vi que se tratava de um livro emocionante e bem agitado. Que bom que o autor conseguiu fazer um livro tão bom quanto o primeiro. Quero ler esta trilogia.

    ResponderExcluir
  4. Oii! Arqueiro me surpreende com esses livros tops! Gostei mto do enredo, eu n;ao li o outro ainda, mas espero conseguir em breve e esse tbm...
    bjs

    ResponderExcluir
  5. O que dizer dessas citações?? Amei!
    Li a resenha com um olho aberto e o outro fechado, com medo de levar algum spoiler hahahaha Sobre as cenas de guerra: adoro quando os autores usam e abusam, descrevem com riqueza de detalhes e não economizam palavras. Se esse for o tipo de livro, já ganhou meu coração.

    Adorei a resenha!
    Beijitos <3

    ResponderExcluir
  6. Olá :)
    Gostei bastante da sua resenha do primeiro livro dessa trilogia e lembro que fiquei com muita vontade de ler ele, mas até hoje não tive a oportunidade de poder compra-lo. Da pra ver pela sua resenha que a trilogia só vai melhorando então com certeza vou começar a ler o mais rápido possível.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. ooi!! Eu ja tinha lido sobre o primeiro livro aqui no blog, e achei bem interessante por ser tratar de um livro da época medieval e assim possuindo ação do começo ao fim, mas eu nao gosto de livros de guerra entao acho que nao me agradaria,mas pra quem gosta é uma ótimaa opçao!! Obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Oi Gabriela, tudo bem?
    Eu não conhecia a série, li agora a resenha do primeiro livro, e parece ser interessante apesar de não ser muito o meu gênero de leitura. Que bom que as partes boas compensam as arrastadas né? rs. A capa do livro é maravilhosa! Sua resenha está super completa, e as fotos lindas! E os quotes também foram muito bem escolhidos!

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br
    Participe do SORTEIO DE 1 ANO do Blog!

    ResponderExcluir
  9. Amei a resenha, já vi o livro várias vezes mas nunca tive vontade de ler ler. Um bjo.

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da resenha, não é bem meu tipo de livro mas estou pensando em dar uma chance a ele kkkk

    ResponderExcluir