O ROMANCE INACABADO DE SOFIA STERN


Ronaldo WROBEL
Editora RECORD
2016
255 páginas

SINOPSE: Ronaldo vive em Copacabana com a avó, Sofia Stern, que nasceu na Alemanha em 1919 e fugiu para o Brasil na véspera da Segunda Guerra. Certo dia, recebe o telefonema de uma juíza alemã às voltas com um processo judicial que pode torná-lo multimilionário. Com a descoberta de um diário, Ronaldo reconstitui a juventude da pacata senhora, revelando peças de um passado que envolve paixões, inveja, traições e dinheiro. Quando outros fatos vêm à tona, Ronaldo se depara com uma série de dilemas. Resta saber o que ele prefere: ficar rico ou fazer justiça.

O quanto você conhece alguém? Esta foi a pergunta que eu mais fiz enquanto lia O ROMANCE INACABADO DE SOFIA STERN. E a resposta para isso é que não se pode conhecer alguém inteiramente. Podemos saber a maioria dos gostos, ou a maneira que uma pessoa costuma agir, mas nunca inteiramente. Normalmente, as pessoas sempre terão algum segredo, e, no caso de Sofia Stern e Klara Hansen, estes não serão poucos.


A história toda ocorre em dois tempos: na Alemanha nazista; e nos tempos atuais. Sofia Stern é a avó de Ronaldo (acredite, eu não queria dizer isto. Por quê? É muito complexo, e provavelmente você não é muito fã de spoilers). Ronaldo é quem narra a história atual, que só começa por causa das "loucuras" de sua avó.

"Folheei seu passaporte na confeitaria. Apesar de deteriorada, a capa ainda exibia a águia do Terceiro Reich agarrada a uma suástica. Mal se viam seus cabelos loiros numa fotografia manchada. Carimbos oficiais encobriam parte da assinatura: Sofia Stern, nascida na Cidade Livre e Hanseática de Hamburgo em março de 1919. O visto para o Brasil ocupava uma página junto ao carimbo de entrada R2830-01(NACIONAL) CS5.indd 23 13/4/2016 09:39:51 24 no Rio de Janeiro, datado de dezembro de 1938. Na base do visto, a palavra “temporário”. — Nunca vi esse passaporte.
— Estava em meu cofre.
— Junto com o livro marrom?
— Já falei que não existe nenhum livro marrom.
Mantive a calma:
— Existe sim. Um livro marrom com suas memórias da juventude. Estava em seu quarto naquela noite.
— Se existiu algum livro, foi esquecido, e as coisas esquecidas não existem mais."

Sofia Stern tem um passado bastante profundo. Coloque o talento natural dos seres humanos em arranjar encrenca na mesma tigela com uma Alemanha nazista e uma judia (sim, a judia é Sofia), e isso, por si só, já daria uma história. Agora coloque também uma paixão por alguém que odeia o Führer. Acho que agora esta história está ficando emocionante.


Mas a grande jogada é que existe muito dinheiro esperando por uma tal Sofia Stern em um banco da Alemanha, em 2008, e a história acabará desenterrando muito mais do que dinheiro. Ela irá desatar alguns nós que prendem uma trama muito bem trabalhada de memórias, algumas boas, a maioria ruins, e algumas simplesmente inacreditáveis. A maneira que o Nazismo foi abordado não foi apenas explicativo, mas conseguiu nos mostrar aspectos do cotidiano daquela época. Ao mesclar história e romance, Ronaldo Wrobel mostrou que um não vive sem o outro. A relação entre judeus e nazistas não foi apenas "nazistas odeiam judeus e ponto". O livro nos trouxe isto de forma muito mais profunda, pela relação de Klara Hansen e Sofia Stern.


O ROMANCE INACABADO DE SOFIA STERN me fez ter um misto de emoções. Desde aqueles choros, onde se perdem litros d'água, até a falta de reação (a genialidade desse autor pra resolver os enigmas é tão grande, que não cabe em uma palavra).

Porém, se alguém me perguntar se eu gostei da leitura, eu terei que dizer que não. Foi muito mais do que gostar. É profundo e me fez repensar vários aspectos sobre minha própria vida. E então eu tive uma ideia! Na verdade, eu decidi fazer uma proposta. Quando puderem, peçam aos seus avós, ou seus pais, para lhes contarem uma historia sobre eles mesmos. Acredite, eles irão te surpreender. Porque mesmo que para eles tenha sido algo banal, para nós é uma maneira de nos conectarmos com um outro tempo, com costumes diferentes e pessoas diferentes. E ouso dizer que esta talvez seja nossa verdadeira máquina do tempo.


E pra não perder o costume, eu preparei uma entrevista com o RONALDO WROBEL, que sairá amanhã, aqui no GETTUB. Espero que vocês gostem, porque eu amei. Eu passei a admirar a literatura nacional ainda mais do que eu já admirava. Estes nossos autores estão me surpreendendo, e a força como as palavras deste, em especial, me tocaram, não será esquecida.

Este, sim, é um livro que merece atravessar gerações!

Compartilhe este post:

ana lu

Sou Ana Lu e uma das coisas que mais gosto de fazer é ler e ouvir música. Meus livros favoritos são Perdida da autora Carina Rissi e Belo desastre de Jamie McGuire. Eu espero poder compartilhar muitas experiências literárias seguindo sempre o lema "a persistência fez os grandes líderes".

14 COMENTÁRIOS

  1. Oii Ana! Tô aqui me recompondo! Que dmais essa obra!
    Gostei mto! Preciso pra ontem!
    Não imaginava uma história tão boa qdo li a sinopse dle dias atrás ...
    Parabéns!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ana. Não conhecia a história, não tenho um interesse por livros que se passam nessas épocas. Ainda não li algum com esse gênero, então, não posso julgar como algo que eu não gosto.
    Amei sua pergunta do começo da resenha, não conhecemos nem nós mesmos imagine o próximo.
    Meu pai é um contador de histórias do passado dele rsr, sempre que tivemos um tempo ele me conta. Aconselho que todos façam isso algum dia.

    Beijos ^^

    ResponderExcluir
  3. OOi Ana Lu! Achei o livro muito bem bolado e bem feito! Porém fujo de literatura nazista,ou qualquer um que retrate a guerra, não curto nem um pouco, mas para quem gosta é muito interessante! Obrigaada!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Que livro interessante, eu adoro histórias sobre a Alemanha nazista e saber que partes deste livro se passam naquela época (ou citam aquela época) me deixou bastante curiosa. Fora que o livro deve ser muito bom e por isso já está na minha lista de desejados. Adorei a sua resenha.

    ResponderExcluir
  5. Oi :)
    Sou apaixonada pela temática da Segunda Guerra Mundial e to sempre procurando livros sobre esse tema. Eu gostei bastante da estória de O Romance Inacabado de Sofia Stern, nunca li nada de um escritor brasileiro sobre a Alemanha Nazista e to curiosa pra saber mais sobre o livro. A capa também está incrível.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Preciso ler esse livro! 😱❤
    Confesso que não gosto muito de quando envolve o assunto dos nazistas. Pois a maioria das vezes a história me deixa completamente abalada. Mas esse livro parece ter uma escrita maravilhosa, eu li a entrevista com o autor, e sinceramente estou bem curiosa.
    Não conhecia o livro, mas já quero. ❤😍
    A resenha ficou ótima, parabéns! 😘❤

    ResponderExcluir
  7. Já tinha visto essa capa em muitos lugares, mas nunca tinha lido uma resenha, gostei bastante do enredo, me deixou super curiosa! Acho que vou querer conhecer mais sobre ele!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. EU PRECISO LER ESSE LIVRO!!
    Mistura de nazismo, amor proibido e segredos mortais... foi escrito pra mim! Hahahahah
    Já adicionei nos desejados do skoob <3 Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  9. obrigada!
    eu tinha escutado falar sobre essa história do caderno marrom, da pessoa descobri sobre o passado dos outros e claro colocando segunda guerra no meio, eu me apaixonei mas a pessoa não sabia qual o nome do livro
    e agora eu posso colocar na minha lista graças a você!

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que o livro era um nacional, gostei bastante do enredo e da maneira que o autor introduziu o Nazismo com romance, e nos fez conhecer mais profundamente os personagens, tenho um amor por livros onde todos tem segredos, mas que são reveladores e necessários para a história. Quero ler e espero que desperte em mim as mesmas sensações que lhe despertou.

    ResponderExcluir
  11. Uau, que livro interessante! Nossa, simplesmente despertou minha vontade mais profunda de ler. Agradeço a resenha porque eu nao conhecia o livro. Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Ana Lu, tudo bem? (moça, você é minha xará haha)
    Primeiramente: QUE CAPA LINDA! Sim, fiquei encantada com essa capa maravilhosa, foi um trabalho gráfico incrível! Agora, vamos ao livro. Amei a sinopse, e a forma como você descreveu todas as emoções que o livro te despertou, é tão bom quando encontramos um livro que consegue extrair mais de nós do que nós dele, não é mesmo?
    Nossos autores nacionais estão de parabéns, nossa literatura é cada vez mais rica, e eu acredito que eles vêm sim ganhando mais espaço nas estantes dos leitores brasileiros :)
    Com certeza vou adicionar esse livro a minha lista de leitura, quero conhecer essa história, sentir essa emoção que você sentiu! Adorei as fotos e a resenha.

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br
    Participe do SORTEIO DE 1 ANO do Blog!

    ResponderExcluir
  13. Ola, tudo bem? Adorei a resenha, adoro livros com essa temática, confesso que não conhecia o livro, mas ja esta anotado aqui.
    ps: Que capa mais linda!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia nem o livro nem o autor, mas depois dessa resenha livro já está na minha lista de desejados!

    ResponderExcluir