O ANO EM QUE TE CONHECI

SINOPSE: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente.Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer. Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever - Cecelia AHERN - Editora NOVO CONCEITO - 2016 - 336 páginas.

O ANO EM QUE TE CONHECI é um livro que merece visibilidade. Mais uma vez, Cecelia Ahern me conquistou com uma história que relata o cotidiano, com simplicidade, mas com muita carga emocional. O foco do livro, ao contrário do que eu esperava, não é o romance.


A narrativa é em primeira pessoa e conta a história de Jasmine, uma mulher que acaba de ser demitida do seu emprego e precisa ficar um ano de licença. É nesse tempo que conhecemos a personagem, seus pensamentos, seu passado, suas lembranças e vemos as mudanças que acontecem conforme o tempo vai passando.


Outro personagem importante é Matt Marshall, vizinho de Jasmine. Ela nutre, no inicio do livro, um desprezo pelo homem que é justificável, mas que, ao longo da história, dá espaço para uma amizade bonita. O personagem no inicio é um tanto quanto tedioso e até chato. Imagine um vizinho que chega em casa de madrugada, bêbado, e que fica gritando e batendo na porta esperando sua esposa abrir. Felizmente, vemos uma mudança muito boa nele, e eu até comecei a gostar mais dele.


Uma das coisas que eu amei nessa história é a relação de carinho e compreensão que existe entre Jasmine e sua irmã Heather, que é portadora da síndrome de Down. A relação das duas, e a forma como foi colocada no livro, agradou-me muito. Principalmente por não tratarem Heather somente como uma pessoa com uma doença genética. A sua doença é só um pedaço dela, não é tudo. E eu realmente amei isso, assim como amei a relação das duas irmãs. O desejo que ambas têm de cuidarem uma da outra... Realmente é um ponto muito positivo, apesar de não ser o foco principal do livro.


O livro tem uma suavidade gostosa, apesar de não ser muito fluído, uma vez que as coisas acontecem de forma lenta. A história é dividida em quatro partes: Inverno, Primavera, Verão e Outono, e vamos vendo as mudanças acontecerem conforme as estações vão mudando.


O foco aqui não é o romance, como já disse no inicio da resenha. O que vemos aqui é o valor das amizades, os dilemas da vida, família, trabalho, o auto conhecimento e mudanças que são necessárias para a personagem crescer. Tudo isso nos faz refletir e pensar no que estamos fazendo; nos faz rever nossas prioridades.


Milagres só crescem onde você os planta.
RESENHA ESCRITA PELA NATÁLIA PALOMARE PARA O GETTUB!

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

22 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia, esse livro é mesmo surpreendente, também estava convicta de que era mais um romance, esse livro é lindo e tudo mais, a relação da personagem principal com a sua irmã é simplesmente linda! Adorei a resenha, um beijo.
    http://apenasumaamanteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quando li o título já pensei "vish, lá vem histórinha de romance" hahah admito que sinto eu leve preconceito com livros assim, não que eu não leia. Eu até gosto, mas parece que só tem isso por aí as vezes hahaha

    Bom, me alegrou ao ler que não é esse o foco da história. Então é mais uma história de relacionamentos da vida certo? Amizade, família, Isso é muito mais interessante, adoro esses temas mas voltado ao dia a dia <3

    Adorei a resenha, já quero ler o livro! Beijos

    barricadadelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Natália!! Eu acho muito importante livros que tratam temas do nosso cotidiano,como relações com os irmão e os pais, porque a gente acaba se identificando, apesar de não ter esse hábito de ler livros que se trata de temas assim, tenho vontade de ler, apesar de não estar acostumada,obg!!!

    ResponderExcluir
  4. Oii! Vish um tapa na minha cara esse livro, precisando ler urgente!
    Enredo excelente!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Natália, eu gostei muito de se tratar de um romance onde o romance não é tudo, isso fica mais próximo de mim como leitora, porque acaba que nos identificamos mais e mais com a escrita. Quando encontro um livro que fala de desafios da vida, amizades e coisas comuns fico me sentindo muito feliz, percebendo que ainda tem muita coisa comum que nos prende e nos faz gostar do que lê

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha e amei ainda mais porque já tinha lido o livro! haha
    Foi a primeira obra da Cecelia Ahern que li e indico demais, uma história envolvente e rápida de ler, apesar do título, o livro não traz apenas aquelas histórinhas clichês de romances, leiam e não vão se decepcionar!

    ResponderExcluir
  7. Que bom que gostou do livro mana mas eu tenho que dizer que não senti atração pelo enredo do livro e acho que vou dispensar essa leitura, quem sabe na próxima.

    ResponderExcluir
  8. Oi Natália, tudo bom?
    Amei a sua resenha, ainda não li nenhum livro da autora, mas estou curiosa para ler, a historia parece ser linda, e mesmo que seja um pouco lenta, parece ser muito gostosa, e sem contar que os personagens parecem ser incríveis, principalmente a Heather, espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Já tinha ouvido falar desse livro, mas não tinha botado muita fé nele, então deixei de lado, mas depois da sua resenha, cara, tô com muita vontade de ler, sério, adorei como vc explicou o desenvolvimento da história, com certeza vai pra minha lista.

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito dessa capa e já fiquei com vontade de ler gosto desses Livros com.foco em amizades

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    já li muitas resenhas onde a maioria elogiavam o livro, já tinha muita curiosidade em ler algo da autora e essa obra me parece ser perfeita para começar.
    bela resenha.

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Sempre achei a capa desse livro bem bonita! Tenho curiosidade em ler e agora vendo tão bons comentários, fiquei mais motivada. Não conheço a escrita da autora, mas creio que será um bom começo.
    Resenha muito bem elaborada. Obrigada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oii, parabéns pela resenha, ficou muito boa e me deixou com uma baita vontade de ler. Gente essa capa tá um <3
    Só vi comentários positivos sobre o livro, então quero começar a ler o quanto antes!

    ResponderExcluir
  14. Nunca li nada da autora, mas achei a história bem legal lendo a resenha. Livros que nos fazem refletir sobre a vida, além de nos distrair, são sensacionais! Gostei também da relação do título com as mudanças das estações... nunca vi algo assim em nada que li.
    A capa é linda, com certeza seria um livro que eu compraria só por ela! Rsss ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi :)
    Nunca li nada da Cecelia Ahern pois não tinha interesse em nenhum livro que ela escreveu, porém esse me chamou a atenção de alguma forma. Eu gostei pois não se trata só de romance, um gênero que não gosto muito de ler, além de parecer ter personagens cativantes. Enfim, espero gostar bastante e que a leitura não seja tão lenta.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. OOi :) Goateei muito da sua resenha, mas essa história não foi cativante pra mim, tem livros que só de ler a sinopse me apaixono na hora, quando me identifico com a história, livros onde são explorados temas da vida real não são bem o meu foco, mas para quem gosta desse gênero é uma ótima escolha obrigada!

    ResponderExcluir
  17. Boa noite ! Me iteressei por esse livro, apesar de nunca ter lido nada de Cecelia Ahern,"O ano em que te conheci" parece ser um romance ótimo que envolve não só amor como a união para a resolução dos problemas! Quero muito ler !

    ResponderExcluir
  18. Que lindo lindo! Ahern sempre tem essa inclinação pra fazer o leitor ficar refletindo sobre o livro mesmo dias depois de terminá-lo. Sempre muito gostos acompanhar o surgimento e o amadurecimento de uma amizade, mesmo quando ela é daqueles improváveis ou quando surgem em meio as fases mais difíceis da vida. Acho que é uma situação muito comum e que quase todo mundo vai vivenciar um dia, aquela pessoa que você nutre um certo desprezo sem sentido e que quando conhece melhor, acaba modificando seus conceitos. Achei interessante também o fato da autora ter organizado a narrativa conforme as estações, aposto que deve dar um clima todo especial ao desenvolvimento dessa amizade. Particularmente, adoro narrativas que explorem as relações humanas, para além dos romances, mas que mostrem os conflitos e os enlaces de relações entre irmãos, amigos e até mesmo vizinhos. Fiquei bem interessado.

    Julio Cesar Vieira

    ResponderExcluir
  19. Estou curiosa com a leitura desse livro, a história parece ser bem interessante. E só o fato de não focar tanto no amor romântico é um grande diferencial pra história, e me deixa ansiosa pra ler. Adorei a dica e a resenha.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  20. Acho bem interessante quando escritores trabalham histórias do cotidiano, que escrevem de forma a trazer uma lição para os leitores ou mostrar um ponto de vista diferente...não com pegada de autoajuda (nada contra), mas pra nos fazer pensar mesmo!!!Gostei muito da resenha...fiquei curiosa para conhecer a história da Jasmine, muito obrigada pela dica!!!

    ResponderExcluir
  21. Oi Natália, tudo bem?
    Essa capa é tão linda, mas eu nunca tinha me interessado no livro até ler a sua resenhas :x
    O livro é totalmente diferente do que imaginei, estou louca para ver essas mudanças nos personagens, essa relação de irmãos que você citou, que parece ser linda.
    E odiaria ter um vizinho que chegasse babado batendo assim kkkk
    Gostei também de não ser focado no romance, vou dar uma chance ao livro, e espero gostar.
    Beijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Ainda não li nada da Cecelia Ahern, mas vejo tantos comentários sobre seus livros que estou bem curiosa para ler algo da autora, gostei muito dessa historia que me surpreendeu pois também pensei que seria uma historia voltada para o romances, e mesmo sendo um livro lento fiquei curiosa para saber mais sobre essa historia !!

    ResponderExcluir