SERVIÇO SECRETO

SINOPSE: Jack Reacher está acostumado a vagar sozinho de uma cidade a outra, sem destino, emprego, endereço ou identidade. Entretanto, ao ser procurado por M. I. Froelich, uma agente do Serviço Secreto, recebe um pedido bastante incomum: “Quero contratá-lo para assassinar o vice-presidente dos Estados Unidos da América”. Mais nova chefe de segurança do vice-presidente eleito, ela quer que Reacher tente encontrar as falhas na defesa de sua equipe, testando sua eficácia contra um potencial ataque. Reacher é a pessoa certa para isso: tem a habilidade e a furtividade de um ex-policial do Exército, além de ser totalmente anônimo. Ela só não fala que, na verdade, a ameaça é real e a vida do vice-presidente de fato corre perigo - Lee CHILD - Editora BERTRAND - 2016 - 420 páginas.

A primeira vez que tive contato com o personagem Jack Reacher foi no cinema, no filme com o Tom Cruise. Na verdade, nem sabia que existia uma série de livros sobre ele. Descobri quando recebi SERVIÇO SECRETO da Bertrand. Ai veio a curiosidade de descobrir como seria descrever o tipo de ação que vi no filme. Ou se existia assim tanta ação.


Devido ao filme, durante a leitura, não foi fácil desvincular a imagem do ator com a do personagem que Lee Child criou. Assim, nem tentei e visualizei o Tom Cruise o tempo todo. Não sei se isso é bom rsssssss


Bem, a história segue aquela linha de aventuras de ação misturadas com política que costumamos ver nos filmes americanos desse gênero. Jack é o cara que não tem moradia fixa, que se isola do mundo a seu jeito, mas que está sempre por dentro do que interessa a ele, principalmente para se proteger. Ele sempre tem a ideia certa, seja através de sua inteligência e perícia, seja nos chutes que dá.

Por causa de suas habilidades, o Serviço Secreto, para testar a confiabilidade de seus esquemas de segurança, contrata Jack para ele entrar na Casa Branca e chegar perto do vice-presidente dos EUA. Obviamente, ele consegue. Três vezes! Mais do que isso: ele descobre que realmente existe um plano em andamento contra a vida do vice-presidente.


A narrativa é bastante direta e cheia de jargões. Existem vários trechos muito bem montados em termos de clímax, sem falar que o autor não se limita a matar personagens secundários, mas parte para os importantes também, o que é um ponto muito positivo, porque surpreende o leitor e dá um tom mais verossímil à história.


O único ponto da narrativa que não gostei, foi a tentativa de criar situações românticas que convencessem. Bem, isso, pelo menos para mim, não funcionou. Ficou superficial e mais do tipo: Jack é foda, todas as garotas querem ele. Achei forçado. Mas acho que é uma característica do autor e do personagem. Então, ignorem.


Após finalizar a leitura, cheguei à conclusão que Tom Cruise foi a escolha certa para interpretar Jack. O ator tem toda a confiança que o papel exige, além daquele olhar arrogante e atrevido.


De qualquer forma, isso não atrapalha em nada. Eu estranhei mais, porque não é o gênero de leitura que costumo ter, mas não considero ruim. É só questão de hábito mesmo. Para quem gosta de um thriller de ação, é um prato cheio.

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

22 COMENTÁRIOS

  1. Esse negócio de categorizar thrilher em psicológico, de ação me deixa bastante confusa. Mas também estou buscando me acostumar com essas nomenclaturas. Não sei se entendi bem, mas pelo que consegui captar parece aqueles filmes de ação onde uma pessoa (no caso um matador de aluguel) é contratado para dar fim à vida de alguém bem importante. Isso não é muito comum em leituras que tenho acesso. Mais vejo isso demais em filmes. Deve ser bem interessante acompanhar as cenas. Fiquei curiosa em saber se a descrição consegue ser bem apurada em relação aos detalhes de tudo que está acontecendo ou se no filme você achou melhor!

    ResponderExcluir
  2. Olá Carlos! Pelo q li parece bom, mas uma pena o gênero não me prender tanto como eu gostaria...Talvez me falte sair da zona d conforto...
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá, olha eu gostei, e gosto muito das suas resenhas, mas esse livro não chamou muito a minha atenção, não sei se por agora, mas a resenha ficou ótima, um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Carlos, ótima resenha. Já gostei do livro só olhando a capa (sim, eu me apaixono por livros através de capas, não me julguem haha) e após ler a resenha o amei mais ainda, pois amo thriller de ação. Então já sei qual será minha próxima aquisição!

    ResponderExcluir
  5. Oi :)
    Sou apaixonada por filmes de thriller de ação mas costumo não ler nada sobre esse gênero. Eu ainda não assistir esse filme mas vi o trailer é achei bastante interessante. Prefiro assistir do que ler esse gênero então vou ficar só no filme mesmo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ola,
    Eu não conhecia o livor e devo admitir que não vi o filme também hehe, mas parece ser legal, mesmo não sendo o gênero no qual estou acostumada a ler, não gosto quando se tenta forçar um romance nas tramas, mas fui lendo a resenha e já imaginando o Tom Cruise hahaha como você se eu já vi o filme e depois vou ler o livro, sempre imagino os personagens como os do filme hahahah.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  7. OOi!Como você disse o Tom Cruise tem tudo a ver com o papel, apesar de não ter visto o filme e nem lido o livro a gente ja cria ele na mente nas cenas de ação, acho mesmo que ele se encaixa muto bem em filmes de ação!! Pra quem gosta de livros repleto de ação do começo ao fim com certeza é uma ótima indicação, mas para mim não seria, mais valeu!

    ResponderExcluir
  8. Oi!Eu já vi o filme mais não sabia que tinha os livros, a história é muito boa , porém, como você disse não ficou muito legal colocar um romance forçado sendo que o personagem é Tom Cruise ele realmente não precisa disso kkk Fiquei interessada em conhecer o livro,apesar de saber da história, obrigada!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Resenha perfeita! Quero muito ler esse livro, pois gosto desse gênero. O filme é ótimo e tenho uma grande expectativa para com o livro também. E, creio que vou visualizar a imagem do ator, na hora da leitura, pois faço muito isso. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu não costumo ler muito thriller de ação, nem mesmo suspenses, gosto mais de assistir. Ainda não vi esse filme, mas fiquei bastante curiosa lendo sua resenha. Eu iria adorar imaginar o Tom Cruise enquanto leio HAHAHA..
    Gosto bastante de histórias que envolvem presidentes, assassinatos, política... já assisti vários filmes nesse estilo, e com certeza irei conferir esse e tirar minhas conclusões. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  11. Livros desse gênero não fazem o meu tipo, adoro romance, fantasia, aobrenatural, distopia e assim vai. Eu poderia na verdade indicar esse livro a meu irmão que na verdade gosta muito desse gênero literário e tenho certeza que ele vai aceitar a sugestão.

    ResponderExcluir
  12. Oi Carlos, tá aí um gênero que não gosto muito,é difícil até ver os filmes kkkkk, parece ser interessante e tudo mas não me conquista , no entanto sou mente aberta e se um dia tiver a oportunidade vou ler

    ResponderExcluir
  13. Étão chato quando um livro começa a forçar romance, não é? Sendo que a história poderia continuar muito bem sem isso! Eu geralmente fico confusa em leituras como o serviço secreto, mas parece ser bem legal o enredo.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu gosto de thrillers, costumo gostar bastante desse tipo de leitura, mas não sei se essa história seria uma boa leitura. O enredo não me convenceu. Mas quem sabe um dia eu dê uma chance e leia. E quanto ao filme, eu nunca assisti nem ouvi falar, mas vou procurar.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  15. Narrativas de ação são sempre um desafio porque normalmente estão muito mais vinculados a imagem cinematográfica, mas já li algumas que realmente são muito boas. Ainda não assisti ao filme, então não consigo fazer essas relações, mas pela resenha parece que essa ação conseguir fluir no texto.
    O plot me lembrou uma série de uma única temporada chamada "Hostages", onde uma médica é sequestrada e contratada para matar o presidente norte-americano que é seu paciente. Trama política e ação são sempre uma boa combinação.

    Julio Cesar Vieira

    ResponderExcluir
  16. Também não sabia que tinha livro, e eu aqui apenas com os filmes. Adoro todo tipo de gênero literário, ação então.. nem se fala. Quando a história é bem construída e a escrita também esse tipo de livro me prende de uma forma que você não têm ideia, aliás deve prender a todos. Vou por esse livro na listinha pra já.

    ResponderExcluir
  17. Acho que nunca li um livro nesse estilo... acho que nem nunca pensei em ler algo assim, mas até que parece ser interessante.

    Acho que vou assistir ao filme e ver se resolvo ir atras do livro. Tô tentando sair da minha zona de conforto.

    ResponderExcluir
  18. CARA, NÃO ACREDITO, amo o filme do Jack Richer com o om Cruise, quero muito ler esse livro, thriller e ação sao uns dos meus gêneros preferidos, morria sem saber que ele existia, adorei a resenha e provavelmente, também não vou conseguir ler sem imaginar o Tom Cruise ali, mas na real, acho ótimo, nada desagradável se é que me entende haha. Ps. Eu vi que vai sair outro filme do Jack Richer recentemente e que por acaso preciso assistir.

    ResponderExcluir
  19. Eu simplesmente amo thriller de ação, e ao ler a resenha fiquei com muita vontade de ler, se bem que já estou com uma lista enorme de livros para ler rsrs, mas quem sabe ele não acaba indo parar lá..

    ResponderExcluir
  20. Opa, eu li Jack Reacher? Eu adoro o filme, e também não sabia dos livros.
    E com certeza eu iria visualizar o Tom o tempo inteiro kkk
    Achei a capa linda, e a sua resenha me deixou com muita vontade de ler, não costumo ler livros de ação assim, mas esse me deixou muito interessada, e claro, como você, quero ver as cenas de ação do filme no livro, que foram muito, muito boas.
    Beijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
  21. Preciso confessar que também sou dessas que imagina o ator quando está lendo o livro...rsrs...acho que isso acaba sendo natural, ainda mais quando o ator constrói fielmente o personagem!! Gostei bastante da sua resenha, você contextualiza a história mas nao dá detalhes...acho isso ótimo!! Mas acho que não leria esse livro, o gênero "policial" + ação não é muito meu estilo!!:/

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Não conhecia nem o filme, nem o livro mas achei a historia bem interessante, sambem não é muito o que costumo ler, mas gostei da trama e principalmente achei legal que o autor realmente trabalho com os personagens secundários, que com certeza deixa mais real o livro, quero ver se acho o trailer do filme e fiquei bem interessada nesse livro !!

    ResponderExcluir