DOUTOR SONO

SINOPSE: Mais de trinta anos depois, Stephen King revela a seus leitores o que aconteceu a Danny Torrance, o garoto no centro de O iluminado, depois de sua terrível experiência no Overlook Hotel. Em Doutor Sono, King dá continuidade a essa história, contando a vida de Dan, agora um homem de meia-idade, e Abra Stone, uma menina de 12 anos com um grande poder. Seus destinos se cruzam com uma tribo chamada Verdadeiro Nó, que viaja em trailers pelas rodovias da América. Eles parecem inofensivos-em sua maioria idosos, com roupas fora de moda, vivendo vidas nômades. Mas como Dan sabe, e Abra logo irá descobrir, o Verdadeiro Nó é um grupo quase imortal, que se alimenta do vapor exalado por crianças iluminadas quando são lentamente torturadas até a morte - Stephen KING - Editora SUMA DE LETRAS - 2014 - 475 páginas.

Como falar deste livro que ainda não superei? Sinceramente, estou tentando achar palavras para descrever esta leitura emocionante, aterrorizante, que as vezes me deixou um pouco receosa em andar pela minha casa!


Não li o primeiro volume, mas li algumas coisas sobre O ILUMINADO e, assim, não fiquei com muitas perguntas, ou dúvidas, durante a leitura deste segundo livro, apenas alguns fatos que aconteceram no primeiro, mas, aos poucos, descobri quais eram.

DOUTOR SONO possui 474 páginas, com capítulos alternados entre vários personagens. Danny Torrence, Abra Stone e uma tribo chamada Verdadeiro Nó, que, aliás, fiquei abismada como eles sobrevivem e o que fazem com algumas pessoas.


Danny Torrence, mais conhecido como Dan, está com mais de 40 anos de idade, um ex-alcoólico, já que está fazendo um tratamento e este está sendo levado a sério, apenas em alguns momentos que quase possui umas recaídas mas desiste, ainda bem. Conhecido também como Doutor Sono, as pessoas acreditam que este ajudam os doentes que estão prestes a morrer, fazer sua passagem sem muita dor ou desespero.


Este conhece de uma forma não muito amigável, Abra Stone, uma garota com um poder um pouco parecido com o seu, contudo mais poderoso. Em pequena, Abra fazia coisas estranhas, que atormentavam seus pais, como tocar um piano, sendo que, quando eles chegavam ao piano, não havia ninguém sentado perto dele; fazia objetos tomarem formato de coisas e ficarem pendurados no teto; e ter visões sobre coisas que aconteceram ou ainda iriam acontecer.

Assim, Abra chama a atenção de uma tribo chamada o Verdadeiro Nó, que suga a alma, ou os torna prisioneiros, de pessoas que possuem algum destes poderes. Atualmente, esta tribo está na seca, digamos assim, com poucos latões (são objetos onde fica o vapor, no caso a vida das pessoas que eles sugam, e vão guardando para se alimentarem depois ), e eles tendem a ficarem loucos se não conseguirem pessoas para sugarem suas vidas!


Dan conhece Abra de uma forma não muito agradável. Ela começa a se comunicar com ele, escrevendo na lousa de seu quarto, e quando este chega, fica um pouco assustado, mas depois descobre que é uma pequena garota que possui poderes e pode estar em risco, igual a ele, mas este ficou escondido durante muito tempo, assim nunca foi descoberto.


O amadurecimento de Dan no decorrer da história é bastante notável. Ele cria uma relação de amizade e, digamos, de família com Abra, já que ela o chama de tio, e tenta ser sincero com ela, de acordo com os acontecimentos. Aos poucos, ele conta tudo sobre os poderes para ela, devagar, claro, já que ela é apenas um criança, mas com um poder inacreditável.

A tribo Verdadeiro Nó foi algo que não compreendi muito bem no começo, já que foram mostrados os acontecimentos em si e nada de explicação sobre eles. Contudo, no decorrer dos capítulos em que vemos suas conversas, discussões e a caça, entendemos toda a sua natureza, e fiquei abismada e curiosa em como Abra e Dan sairiam daquela situação nada agradável.


Foi uma leitura complicada, por assim dizer. Sou fã de Stephen King, mas, no começo, a leitura ficou um pouco arrastada, sem grandes acontecimentos para me fazerem gostar do livro e continuar com a leitura. Mas depois da página 100, onde Abra mostra seus poderes, e da primeira morte que Dan ajuda, as coisas começaram a melhorar.

É um livro agradável, bom para quem gosta dos livros de Stephen King. Meta da minha vida é tentar ler todos os livros que este homem lançou, que não são poucos. Notem que falei tentar, porque né, haha!

Compartilhe este post:

Larissa Maciel

Sou louquinha, alegre, muito difícil me encontrar de mau humor, apenas quando passo a manhã sem comer nada, apenas desse modo, kkkkkk. Os livros são parte da minha vida há 5 anos, então já li bastante, mas como sabem, ler nunca é demais e sempre acrescento mais leituras. Sou estudante de Recursos Humanos, contudo o sonho é cursar Jornalismo e sou resenhista em alguns blogs. Prazer, Lari.

22 COMENTÁRIOS

  1. Temos aqui um livro com o desafio passe das primeiras 100 páginas para a leitura ser boa ? Parece que sim. Eu lembro que ganhei esse livro numa promoção e que já li o primeiro por conta dele mas ainda não tive a coragem pra pegar o segundo volume, embora lendo sua resenha me bateu uma curiosidade. Acho que tá na hora de tirar esse lindo do guarda roupa. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente tenho que dizer que a capa está incrível. Eu não li nada do King ainda, mas já estou com um livro dele, Mr Mercedes, para começar esse mês.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  3. Eu não tenho nenhuma duvida em relação os livros do King, apesar de não ter lido nenhum de seus livros eu já li comentários bem positivos em relação a essa coleção, e já pesquisei esse livro pra comprar mais o frete é sempre um absurdo daí nunca dá, espero poder ler logo.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  4. Larissa!
    Tive oportunidade de ler O Iluminado, e também de assistir o filme várias vezes, e ver Dan após tantos ano e tudo o que passou, deve ser uma leitura bem complementar, embora assombrosa.
    E fiuei curiosa por conhecer os poderes de Abra.
    Pena apenas que o início seja lento, mas é King, né? E temos de ler até o final.
    “O silêncio é de ouro e muitas vezes é resposta.” (Sabedoria popular)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Stephen é contraditório pra mim rsrs tenho muita curiosidade tipo amei essa resenha, mas quem disse que o medo deixa? Tenho muito medo dos livros dele rsrs e com as 100 primeiras pags lentas, vai ser difícil rsrs

    ResponderExcluir
  6. Oi, Larissa
    Esse homem escreveu mesmo livro demais, não é? Mas acredita que até hoje não li nenhum? Não por falta de vontade. Apesar dos livros dele, pelo menos a maioria, não ser do estilo que gosto, tenho curiosidade.
    Gostei da sua dica, mesmo você fazendo algumas ressalvas. É ruim quando a leitura demora a engrenar, né, ainda mais em um livro com tantas páginas. Mas que bom que afinal você acabou curtindo. Boa resenha!

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nenhuma obra do Stephen King!
    Vejo muitos comentários positivos a respeito dele e de suas histórias.
    Esse livro parece ser uma leitura boa. Mas pra quem gosta do estilo.
    Como não curto, acredito que por enquanto não leria a obra.
    Quem sabe mais pra frente não dê uma oportunidade para o gênero?
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  8. Ola larissa...nunca li nenhum livro sobre a obra de Stephen King más já li muitas resenhas positiva sobre as obras deles, são incriveis...quero muito poder ler todas elas, e claro esse também que me chamou bastante atenção a historia dele..!!
    beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Capa perfeita!
    King arrasou no enredo, como sempre...
    Mais um na listinha de desejados!
    Qro mto ler obras dle, ouço fla mto da escrita ..
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Adoro os livros do Stephen King, já li O Iluminado mas ainda não tive a oportunidade de ler Doutor Sono, gostei bastante da resenha, parece ser um livro muito bom, adoro livros de terror ou de suspense e adoro o Stephen King exatamente por isso, ele sabe como transportar todo esse horror das histórias para as palavras e nos deixar com medo até de coisas mais banais.

    ResponderExcluir
  11. Só ouso elogios do King.
    Li um livro dele e amei.
    Acho a escrita dele super eletrizante.
    Quero muito esse esse.

    ResponderExcluir
  12. Oi!Até hoje eu não li nenhum livro de Stephen , mas ouvi ótimas recomendações , eu amo livros de suspense e pela sua resenha me deixou bastante curiosa pra conhecer!

    ResponderExcluir
  13. Oi Larissa,nunca li nenhum livro desse autor e por pura preguiça mesmo,pois meu irmão tinha esse livro aqui em casa e ele me falou maravilhas do livro,que era O Iluminado e exaltou a genialidade do autor,mas eu acho seus livros muito grandes e também penso nessa questão,por tratar de temas não muito comuns e até confusas,a trama pode ficar arrastada,então sempre vou passando p/ trás. Esse livro,pelo que você fala também demora a pegar um ritmo bom,mais depois que vai deslancha. O que mais fiquei curiosa da trama é sobre essa tribo aí,quero ver como o autor a descreveu. Também deve ser legal o relacionamento que vai sendo construído entre o protagonista e a criança. Adoro livros com crianças,eles dão um toque especial ao livro *-* Não faço a menor ideia de como eles irão conseguir se livrar dessa tribo,mas só espero que ninguém morra no final rs sou manteiga derretida p/ isso,odeio quando os personagens principais morrem no final,e essa é uma das razões de eu ler mais meus romances c/ final feliz do que esses livros mais realistas,ou de fantasia ou de drama...Mas valeu pela dica,e p/ estrear o autor prefiro começar c/ o Iluminado,daí se eu curtir já emendo esse livro.

    ResponderExcluir
  14. Não deve ser naaaada fácil ler todas as obras do Mestre hahaha
    Confesso que abandonei O iluminado há anos, quando ainda estava no EM e pegava livros emprestados da biblioteca. Achei muito arrastado. Não fazia ideia que haveria uma continuação pra ele, aliás essa foi a primeira resenha de Doutor Sono que li e achei tudo muito bizarro. Não li o Iluminado mas assisti o filme portanto creio que o protagonista seja o menininho, certo?
    Bem, apesar da narrativa me soar um tanto quanto confusa, ótimo saber que começa a pegar ritmo depois das 100 primeiras páginas, pois geralmente é esse o ponto em que desisto de leituras hahaha
    Leria se eu conseguisse terminar O iluminado, que se tornou uma meta depois que vi o filme

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  15. Stephen King e sua mania de fazer com que a gente se surpreenda ein?!
    Eu preciso admitir que tenho o livro O Iluminado na minha estante mas que ainda não dei oportunidade porque vou botando outros livros na frente. Por ser uma continuação dele e ter ele por aqui eu vou ler o clássico primeiro para ter o gostinho e depois quem sabe ler esse!

    ResponderExcluir
  16. O livro é um suspense, tem bastante ação e pouco da história de O Iluminado, não é tão terror assim mas ficou melhor desse jeito, adoro os livros do king mas confesso que morro de medo rs. Gostei muito da sua resenha,abrçs

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca li o Iluminado, mas já vi o filme. Com certeza é uma boa pedida de suspense como a maioria dos livros do autor. Cheia de mistérios e reviravoltas que deixam nós leitores presos até o fim. Estou muito animada para começar a leitura desse livro!

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Esse livro sempre me deixou bem curiosa para conhecer melhor a historia dele, ainda não li nada do Stephen King e tenho vários livros desse autor na minha lista de leitura, mas esse não foi um livro dele que me chamou tanta atenção, não consegue me envolver com essa historia, mas quem sabe não acabo lendo ele !!

    ResponderExcluir
  19. Oi Larissa, achei em alguns pontos que você falou mais do que devia? sim, kkkkkkkkkkk, mas acredito que você se empolgou um bocado com a leitura. Stephen King é sem sombra de dúvidas um ótimo escritor e sua escrita envolve de uma forma intensa e profunda. Eu ainda não li este livro, mas está em minha interminável lista de leituras, pois quero muito acompanhar essa vila e todas as coisas terríveis que se desencadeiam por lá

    ResponderExcluir
  20. A capa é impressionante.
    Infelizmente não li nenhuma obra do autor,quero muito ler A Coisa.
    Fiquei curiosa sobre a tribo o Verdadeiro Nó, e a garotinha Abra e seus poderes.
    Vou começar a ler o Iluminado e ver como é.

    ResponderExcluir
  21. Adoro livros assim,quero muito ele,já está algum tempo na minha lista e espero comprá-lo.

    ResponderExcluir
  22. Acho que Stephen King nunca é uma leitura fácil, o que é mais impressionante ainda, já que a maior parte dos escritores atuais é famoso por leituras fáceis. Nunca li "O iluminado", mas, como "Doutor sono" faz parte da minha lista de leitura, lerei ambos!

    ResponderExcluir