A GAROTA DO CALENDÁRIO: JULHO E AGOSTO

SINOPSE: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal, Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil - Audrey CARLAN - Editora VERUS - 2016 - 144 e 160 páginas.

Depois de JANEIRO e FEVEREIRO frustados (resenha AQUI), MARÇO e ABRIL melhorando (resenha AQUI), posso dizer que MAIO e JUNHO tiveram um evolução em termos de narrativa. Apesar de JULHO ter sido uma decepção, AGOSTO foi de tirar o fôlego.


Em JULHO, Mia será a estrela principal do videoclipe de um famoso cantor de hip-hop, Anton Santiago, onde terá que dançar e interpretar um mulher sensual. Contudo, Mia não sabe dançar, e isso se torna um problema. Anton fica frustado com os dançarinos e com as coreografias. Assim, ele pede que sua assistente, Heather, consiga trazer uma professora profissional, o que se torna uma tarefa quase impossível, por causa da agenda dela.

Mia ainda está tendo flashes e pesadelos com um terrível acontecimento no mês passado. Na hora dos ensaios e das cenas em que Anton precisa tocar nela, esta se assusta e acaba deixando Maria - a coreógrafa difícil de se encontrar -, preocupada com seu bem-estar. Assim, Maria descobre que Mia também sofreu algo parecido e a pressiona para falar tudo sobre o cara que a deixou assim, contudo Mia prefere deixar tudo como esta e diz que vai melhorar.

Nesse meio tempo, para quem acompanha a série, alguns gostam e outros ficam com o pé atrás com o primeiro rapaz, que, por incrível que pareça, conquistou o coração de Mia. Tiveram encontros nos livros anteriores, mas, neste volume, ele volta com tudo e volta decidido a ter sua amada de volta.

Sabendo que ela não o deixará pagar a sua dívida, ele a faz prometer que se juntará a ele no final do ano, pegando Mia desprevenida. Ela fica muito surpresa com a reviravolta que Wes traz, já que ele parecia estar envolvido com outra mulher, mas ela acaba aceitando a proposta, já que nunca sentiu o que sente quando Wes está em sua companhia.

Decepção me definiu quando terminei JULHO. Criei tantas expectativas após a leitura de JUNHO, e Audrey me traz uma leitura que não possui nenhuma novidade. Apenas um cantor que precisa de uma modelo, uma mulher que faz de tudo para ajudar Mia, e depois o homem perfeito aparece de repente, querendo Mia de volta e fazendo altas promessas. O clichê foi demais neste livro. Sei que todos eles têm sua dose, mas a cada página que passava, tudo ia perdendo a graça e, praticamente, tive uma leitura arrastada e sem emoção alguma.


Em AGOSTO, Mia viaja para Dallas, onde terá que fingir ser irmã de um milionário, Maxwell Cunningham, por um mês. No começo, ela tinha achado estranho quando sua tia fez uma investigação sobre os clientes e descobriu que a irmã desaparecida de Maxwell teria a mesma data de nascimento e um sobrenome parecido com o de sua sobrinha.

Mesmo assim, Mia viaja para conhecer seu "irmão" e entender toda a situação. Chegando na casa, quando Mia encontra Maxwell, tem um pequeno dejá vu, como se conhecesse ele de algum lugar. Contudo, não faz a mínima ideia e fica assustada com o que pode acontecer dali para a frente.

No decorrer da história, Mia conhece toda a instalação da grandiosa empresa, e percebe como Maxwell é um homem simples, que pensa no bem-estar dos seus colaboradores.

Nessa visita, Maxwell conta a história de sua família e sobre a decisão do seu pai em dividir a empresa para ele e sua irmã, que esta desaparecida. Ele descobriu Mia pela internet e televisão, percebeu que ela tinha a mesma data de nascimento e um sobrenome parecido, então a contratou para ser apresentada aos outros investidores da empresa, para que ele não perdesse a outra parte para eles, assim a empresa ficaria nas mãos desses investidores gananciosos.

Em relação ao livro anterior, posso dizer que a evolução foi grandiosa. Leitura agradável, com um pouco de suspense no decorrer da história, por causa de todo o mistério da irmã desaparecida e com Mia tentando se lembrar de onde conhecia Maxwell, já que ele se torna uma lembrança constante no mês que passa em sua companhia.

Reunindo toda a família de Mia, os personagens tiveram sua evolução necessária. Nossa protagonista fica em choque com a tal descoberta e a mudança que isso vai trazer para sua vida.

JULHO e AGOSTO me deixaram no meio termo, com a pergunta de como uma autora pode ter tantas ideias para acontecimentos tão diferentes de um livro para o outro? Irei continuar a leitura da série, torcendo para que a evolução que ocorreu neste oitavo volume, continue.

Compartilhe este post:

Larissa Maciel

Sou louquinha, alegre, muito difícil me encontrar de mau humor, apenas quando passo a manhã sem comer nada, apenas desse modo, kkkkkk. Os livros são parte da minha vida há 5 anos, então já li bastante, mas como sabem, ler nunca é demais e sempre acrescento mais leituras. Sou estudante de Recursos Humanos, contudo o sonho é cursar Jornalismo e sou resenhista em alguns blogs. Prazer, Lari.

23 COMENTÁRIOS

  1. Estou doida para começar a ler a coleção, ainda não li nenhum e tenho apenas o primeiro livro, espero gostar da Mia e saber o que me espera durante a interação dos meses o de maio e junho ainda não tinha lido nada referente mais gostei bastante.

    ResponderExcluir
  2. depois da sua resenha deu até vontande de voltar a ler pois achei muito clichê, não achei nada enovador no primeiro livro que me prendesse a continuar os outros, será que ler so os que vc falou que pode hahaha então eu tbm já sei o final hahah

    ResponderExcluir
  3. Oi Larissa, tudo bem?
    Eu sempre vejo opiniões bastante divididas em relação a esta série, enquanto uns amam os livros outros detestam e por aí vai. Não tenho vontade de ler esta série por ser hot e não faz muito o meu estilo de leitura, mas torço para que a sua experiência seja cada vez melhor daqui pra frente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Quanto mais coisas vejo desses livros mais acho que vou ter uma montanha russa de emoções ao ler. Uns vou odiar, outros vou achar mais interessantes. É isso aí.
    Mas é legal como ela parece criar novas histórias e ideias com cada mês. Assim não fica aquele negócio de mais do mesmo. Até o que decepciona tem um lado bom porque não foi repetitivo, acho.
    Só arriscando mesmo...
    Mas acho que vale pela experiência né.

    ResponderExcluir
  5. Larissa!
    A série parece que tem uma inconstância, alguns bons livros e outros apenas medianos, apenas para completar as lacunas.
    Li algumas resenhas que dizem que setembro é um dos melhores da série, então aguardemos para ver sua opinião.
    “Ninguém nasce mulher: torna-se mulher.” (Simone de Beauvoir)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Oi! Incrível como essa série desperta sentimentos tão diferentes nas pessoas. Ontem mesmo li resenha de uma pessoa que ODIOU Agosto hahaha
    Eu particularmente não consegui passar do primeiro livro, pois achei tudo previsível e "meh" demais, mas confesso que a partir de Setembro os fatos começaram a me despertar o interesse. De qualquer forma, não vale a pena o tempo e dinheiro investidos. Espero que você continue a não se decepcionar!

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  7. Eu não sei porque mas eu sou um grande fã de clichês, não pelo fato de serem previsíveis mas sim porque, clichês são clichês justamente pelo fato de o desfecho que aconteceu uma vez ser agradável e apartir daí começar a ser usado quase sempre em várias situações, mas o que me agrada é essas diferentes situações em que eles podem ser usados(tipo os efeito borboleta e os casos cinderela), como no caso do mês de Julho. Enfim, gosto de ser surpreendido por algo? Gosto! Mas não dispenso os clichês.

    ResponderExcluir
  8. Olá!!! Eu consegui concluir a série e acho que valeu a pena, realmente por ser uma série que possui 12 livros há meses que a história deixa a desejar, mas acredito que é normal, por ser uma série longa, mas com livros curtos. Eu gostei dos meses de julho e agosto, deu para perceber um crescimento na Mia, e os próximos meses são ainda melhores.

    ResponderExcluir
  9. Fiquei aqui procurando algumas palavras pra falar dessa série, pois eu não a acompanho por achar ela um pouco rasa demais em seu conteúdo (achei que era algo mais profundo e sempre leio as resenhas sem muita animação). Então fico pegando a história pelos pedaços e mesmo assim não despertei a vontade de ler. Mas fico feliz que você esteja gostando e que perceba que a personagem mudou em alguns aspectos, isso é bem interessante.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Ainda não a série, tenho mto curiosidade de conhecer Mia e suas aventuras...
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi Larissa, tudo bem? Eu li o primeiro livro e até que gostei, mas quando comecei Fevereiro parei a leitura. Eu não sabia que ele aparecia nos outros livros. Fiquei animada para retomar a leitura.
    Beijos
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li essa série, mas os livros são tão curtinhos que quero muito ler, pela sinopse a história de Julho parece ser mesmo um pouco arrastada, clichês demais, já a de Agosto parece ter uma emoção a mais, ainda mais com esse mistério em relação ao Maxwell.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Estou doida pra ler essa serie, já ouvi fala muito dela, já vi muitas resenhas dela porém não obtive oportunidade de compra para ler, quero muito... a resenha e super interessante, para Mia fica desse jeito algo passou com os outros livros e me deixou curiosa ainda mas para saber!!

    ResponderExcluir
  14. Olá, ouço falar tão bem dessa série, no entanto não tenho curiosidade alguma. O gênero não é o que curto, ainda assim adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  15. Pelo título imaginei logo que o livro seria de vampiros vs lobisomens, essas coisas sobrenaturais. Estava enganada (a não ser que isso seja algo a ser revelado depois hahaha). Acho que será bom ler o livro e me colocar no lugar de June, pois parece ser mesmo uma leitura bem emocionante e reflexiva. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Gente, apaga esse comentário aqui, por favor. É que peguei os textos das resengas do blog, colei no word e passei a madruga lendo e digitando os comentários pra colar aqui agora. XD Aí agora fui e esqueci de copiar o correto, colei o da antiga resenha e publiquei. Não sei como apagar kkkk Agradeço muito se fizerem isso por mim.

      Excluir
  16. Já faz um tempo que tenho visto postagens com essa série A garota do calendário, mas não havia lido nenhuma resenha, para ser sincera. Só havia visto várias fotos e uma amiga me indicou fazendo um breve resumo, então me interessei. Achei interessante o fato de serem 12 edições, o que faz com que não acabe rápido a história, me prendendo mais ainda rsrs espero conseguir gostar de todas ou da maioria. rsrs Quando leio me ponho no lugar dos personagens (tanto que acabo esquecendo da vida), então, mesmo que Julho tenha sido bastante clichê, eu adoraria que o cara que eu gostasse me procurasse, querendo me ter de volta a todo custo e me esperasse, assim como Wes fez com ela. Então acho que apesar de todos os clichês que vou encontrar na série, ainda vou gostar dela. Mal posso esperar para começar a ler. Obrigada pela resenha. Aguardo as dos próximos meses.

    ResponderExcluir
  17. Oi, eu já ouvi varias resenhas sobre essa série, e tem muitas que falam que o livro é muito bom , eu não to acostumada ler esse gênero hot, mas acho que leria porque é sempre bom variar!valeu!

    ResponderExcluir
  18. Ok,desculpa mas quando eu vi que ia pegar spoiler eu parei de ler a resenha porque NO SPOILERS PLEASE! Mas digo,que quando li Janeiro eu fiquei bem surpresa de ter gostado da história mas detestei que os livros são TÃO PEQUENOS!!! PRA QUE SENHOR???? Então vou esperar ter todos para poder continuar a ler a série,porque ler um sem ter outro é sufocante! ps; qual o nome do shipper,você sabe? rs

    ResponderExcluir
  19. Oii, Larissa!
    Só li o primeiro e confesso que foi uma decepção, parei nele e ainda não continuei e nem sei se quero. Continuar ou não, eis a questão!
    Achei meio que superficial e não sentir a empolgação de continuar, porém tenho a curiosidade de ver se a série vai melhorar.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Larissa!
    Ainda não consegui ler nenhum dos livros dessa série!! E não sei se algum dia vou ler. Mas parabéns pela resenha!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  21. Oi! Eu gostei muito da sua resenha, essa série é bem comentada nos blogs, e parece ser muito bom apesar de não fazer muito o meu gênero, porque livros de romance não são muito o meu forte, mas quem sabe não dou uma chance ? Valeu!

    ResponderExcluir