BRUXOS E BRUXAS

SINOPSE: No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós. – James PATTERSON e Gabrielle CHARBONNET – Editora NOVO CONCEITO – 2013 – 287 páginas.


No livro, vamos acompanhar a trajetória de dois irmãos que, no meio da noite, são surpreendidos por soldados armados arrombando a casa deles e os levando à força para a prisão, pois são acusados de bruxaria. Com um novo governo totalitário, onde não é tolerado música, internet, livros, arte ou beleza, os irmãos Allgood se veem na posição de lutar contra a Nova Ordem a fim de trazer a paz novamente.


Por causa do tema abordado, e com a ajuda da propaganda no início do livro, uma sociedade distópica, que facilmente poderia acontecer dentro da nossa realidade, eu fiquei realmente animada para ler esse livro. Sem contar o fato dos dois serem bruxos. A narrativa é feita em primeira pessoa e dividida entre os irmãos em capítulos bem curtos, o que foi um ponto super positivo para mim, já que, dessa forma, a narrativa fica bem fluida, fácil e rápida.

O livro começa de forma bem emocionante e agitada, com toda a cena de apresentação sobre essa nova realidade e a acusação feita, o que me deixou eufórica com a história toda. E apesar de várias vezes confundir quem estava narrando, por conta do nome parecido deles, eu não conseguia largar o livro de tanta curiosidade.


Porém, logo após acabar a primeira parte, eu me peguei pensando sobre o que eu estava lendo realmente. E foi aí que a história me perdeu. Apesar de ser uma história divertida de ser lida, ela deixa a desejar em vários aspectos.

Os diálogos são fracos, as atitudes dos dois adolescentes, são totalmente infantis e até idiotas em momentos onde qualquer pessoa normal, vendo a gravidade da situação, simplesmente ficaria quieto. Você pode pensar: "mas eles são rebeldes, estão lutando contra o governo". Isso é verdade, mas se você vai falar besteira o tempo todo, é melhor não falar nada.


A falta de lógica do governo também foi algo que que me incomodou demais. Ele é contraditório e, pra um governo forte com influência total, que tira sua liberdade e não liga para você, eles são bem piedosos. Os irmãos Allgood tiram sarro com a cara de todo mundo que é superior a eles e quase nada acontece.

Mesmo sendo um livro para o público jovem e narrado por dois personagens adolescentes, eu não vejo isso como um motivo para não levar as situações criadas a sério. E quando nem as pessoas que estão inseridas ali parecem ligar ou acreditar em tudo aquilo, fica um pouco difícil para o leitor comprar a ideia toda.


O livro parece que anda em uma esteira estragada: quando você acha que vai pra frente, ela continua no mesmo lugar. Nos momentos que parecem que vai ter uma explicação e contextualização do que está acontecendo, é jogado o mínimo possível e já continua.

Mas apesar de tudo, o livro é legal e divertido. E eu entendo completamente que eu estou um pouco longe do público alvo e que eu comecei a ler com grandes expectativas, o que pode ter contribuído para minha opinião final, mas recomendo a leitura. É uma leitura ótima para uma tarde de domingo!

Compartilhe este post:

Aline Lanis

Amante das palavras e de histórias. Futura psicóloga que quando não tá lendo textos teóricos gigantes e/ou fazendo trabalhos cabulosos, se entope de café e lê livros variados em literalmente qualquer lugar que seja possível. Alguns outros vícios incluem: séries sobre a vida comum, Hora de Aventura e gatos.

20 COMENTÁRIOS

  1. Olá!
    Quando eu li esse livro, eu gostei bastante, apesar de ter tido as mesmas percepções negativas que você, como confundir quem estava narrando o capítulo, mas no final do livro até que foi uma história agradável. O que me desanima nessa série é a continuação, o livro seguinte, O Dom, é muito ruim, não consegui ver nenhuma evolução na história, no terceiro da uma boa melhorada e o livro volta a agradar como o primeiro, mas cheio de pontos tbm negativos, agora o quarto livro, eu não aguentei seguir e abandonei. É uma série com altos e baixos, mas pra quem está acostumado ler o gênero, até vale a pena.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      vixe... tô vendo que eu realmente não vou querer ler o restante... acho que tem livros que não tem necessidade de ser série sabe? Talvez se o autor fizesse essa história em um livro só, ficaria melhor, sei lá.

      Excluir
  2. Olá!!
    Não tive a oportunidade de ler o livro ainda mas creio eu que não faz muito meu tipo, não sei muito bem o que esperar diante a sua opinião sobre as brigas desnecessárias enquanto os irmãos podiam estar resolvendo outras coisas.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      haha é bem nada a ver, você imagina que diante da situação os dois vão amadurecer como nunca sabe? mas isso nem acontece, pelo menos não nesse primeiro volume...

      até

      Excluir
  3. Oi Aline, tudo bem?
    Mesmo a história sendo legal como você disse, é muito difícil gostar de um livro quando ele é cheio de problemas. Também estou longe do público alvo, e acho que eu me sentiria igual a você em relação a história. ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Tudo sim e contigo?
      Realmente, eu até tento relevar as vezes mas nunca consigo!
      Obrigada!!
      Beijos

      Excluir
  4. Olá!!! Eu não consegui me prender nesse livro, para mim, tudo acontece muito rápido e sem muita explicação e isso acabou sendo bem cansativo, e é uma pena, pois a história tinha de tudo para dar certo, mas não deu, enfim desistir de concluir a série.

    ResponderExcluir
  5. Eu ganhei esses livros da série, mas já fui ler com o pé atrás porque os livros que peguei desse autor não me conquistaram. Achei legal no começo também, tinha tudo pra dar certo. A história tem uma ideia boa. Mas de novo achei que o autor se perdeu e pecou demais em muita coisa. Diálogo fraco, história que não anda...cara, não dá. Esse autor não dá certo comigo mesmo. Não sei se eu só peguei coisa dele que não seria o ideal pra mim, se foi má sorte...mas não deu pra engolir. Li os outros livros de pirraça e até consegui achar graça lá pelo quarto, se não me engano. Mas ler 3 livros que a gente acha sem pé nem cabeça porque não vai pra parte alguma? Compensa não. Talvez não tenha gostado tanto também por não fazer parte do publico alvo. Mas essa história não é pra mim.
    Boa sorte se for tentar ler os outros.

    ResponderExcluir
  6. Aline!
    Tive oportunidade de ler a série toda, mesmo não sendo o público alvo, mas como gosto de fantasia e de livros com bruxos, arrisquei.
    Não é uma leitura de toda ruim, porque eles vão amadurecendo e se fortificando no decorrer dos livros, porém devemos ler sem grandes pretensões, apenas para curtir o livro e aventuras e artimanhas que se apresentam.
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li, o fato de ser uma serie me assusta um pouco pq ando tendo dificuldades com tanta serie começada kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Oii Xará! rsrs
    Eu tô doida por este livro!!!
    Faz tempo q tá na listinha mas eu ainda não tive oportunidade.
    Enredo mto bom, capa linda!!
    Parabéns pela resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Normalmente gosto bastante de livros que envolvam seres sobrenaturais, mas se a história for realmente um pouco difícil de ser comprada é bem provável que eu não vá gostar muito, prezo muito pelas explicações e não curto histórias onde os personagens agem de um jeito bobinho, mas quem sabe eu não leia.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Ganhei esse livro num sorteio e já estava ansiosa para que ele chegasse para poder ler logo rsrs agora até desanimei um pouco, mas vou ler para ver se consigo relevar os fatos e gostar, apesar de tudo. Também pensei que seria um enredo diferente, estava imaginando outras coisas rsrs. De qualquer forma, irei ler para ver o desenrolar da trama.

    ResponderExcluir
  11. Oá,
    Adorei a capa, a historia super interessa...porém não tinha lindo esse livro e nem ouvido fala dele, más acho que dever ter pelo menos alguns pontos positivos, além do negativo...achei super legal a historia!!

    ResponderExcluir
  12. OOi! Eu gostei da capa é bem bonita e me pareceu ser uma boa história, algo diferente do que to acostumada a ler, mais infelizmente história que não vai pra frente e fica naquela monotonia não da pra mim , então eu acho que largaria no meio do caminho! obg!

    ResponderExcluir
  13. Oi! Eu já vi esse livro por aí mas nunca busquei informações sobre o que se tratava,e lendo sua resenha fiquei receosa em ler. Detesto ler um livro com uma expectativa enorme e no fim quebrar a cara :(

    ResponderExcluir
  14. Puxa, desanimei agora :/
    Ganhei esse livro há um tempinho e achei a premissa muito boa, mas sinceramente nem tinha lido resenhas nem nada. Detesto personagens que tem atitudes infantis, que não condizem com a idade e principalmente não saber direito o que estamos lendo.
    Pior ainda quando começa tão bem e dali a pouco desanda. Chega a dar um sentimento de traição hahaha

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Aline!
    Gostei muito da resenha. Não tive oportunidade de ler esses livros ainda mais acho que vou dá uma chance para eles pois adoro livros de fantasia!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  16. Oi Aline, tudo bem?
    Apesar de gostar muito de histórias que envolvem mágica e tudo mais, esse livro não chamou minha atenção ao ponto de pegar para ler sabe. E depois de ler os pontos fracos da obra que você mencionou, como os dois reagirem de forma mega infantil quando até uma criança entenderia a gravidade da situação, me desanimou ainda mais. Quem sabe numa próxima né.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  17. Oi! Eu gosto de livros co mágica, mistérios, bruxas , mais pegar um livro pra não desanimar ,não pegar um livro e chegar no meio da história e cansar porque a história vai ficando chata, mas quem sabe né ! bjo!

    ResponderExcluir