ENTRE O AGORA E O NUNCA

SINOPSE: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade. - J. A. REDMERSKI - Editora SUMA DE LETRAS - 2016 - 359 páginas.

A história tem um começo um tanto quanto maçante e genérico, se comparado com outros livros do mesmo gênero. Mas logo somos fisgados, por causa de um teor emocional forte. A partir desse momento, a narrativa começa a nos mostrar os questionamentos que a personagem principal enfrenta.

“... se permita chorar, tá? Uma das piores sensações do mundo é ser incapaz de chorar, e ela acaba... deixando tudo mais sombrio.”

Camryn Bennett tem uma família completamente desestruturada. Seu pai saiu de casa, seu irmão mais velho está preso e sua mãe tem uma enorme lista de namorados. Além disso, seu namorado, Ian, morreu em um acidente de carro há um ano. E agora, sem sua melhor amiga, tudo parece completamente fora de controle.

Sem muitas perspectivas, ela vive uma vida que não é nem de longe a que ela gostaria de ter, mas também não parece fazer ideia do que quer para si mesma. E é em meio a dúvidas e incertezas sobre seu futuro, que ela decide partir em busca do desconhecido. Ela compra uma passagem de ônibus para um destino qualquer. Tudo o que Camryn quer é ficar bem longe da sua própria vida.

Dentro do ônibus para Idaho, Camryn conhece o jovem misterioso, belo e interessante, Andrew Parrish. A aproximação deles acontece por acaso, enquanto ele tenta ajudá-la discretamente. Camryn, por sua vez, gosta de finalmente encontrar uma companhia nessa viagem, porém a atração que passa a sentir rapidamente pelo rapaz a assusta, uma vez que ela havia prometido a si mesma não se envolver com mais ninguém. Tanto Andrew quanto Camryn buscam autoconhecimento e, por este motivo, eles acabam se aproximando cada vez mais. E da amizade, surge um romance intenso e lindo em vários momentos.

“Pela primeira vez em vida, eu me senti inteiro, vivo, livre. Você era a peça que faltava na minha alma, a respiração em meus pulmões, o sangue em minhas veias. Eu acho que se vidas passadas são reais, então nós fomos amantes em cada uma delas. Eu conheço você durante pouco tempo, mas eu sinto como se te conhecesse desde sempre.”
A narrativa é feita pelo ponto de vista dos dois personagens, o que nos permite entender os pensamentos e sentimentos de ambos. Essa é uma leitura rápida, delicada e comovente. A história dos personagens é muito bem construída em conjunto, mas também conta com todas as vivencias deles em separado. Apesar de encontrarmos vários elementos comuns a esse gênero de livro, como um todo, a história é única e muito precisa.

“O coração sempre vence a razão. O coração, embora seja imprudente, suicida e masoquista de um jeito só seu, sempre ganha a parada. A razão pode ser a melhor opção, mas agora tô cagando para o que a voz da razão tá me dizendo. Agora só quero viver para o momento.”

Compartilhe este post:

Natália Palomare

Quando o assunto são livros e musicas, sou uma das pessoas mais ecléticas que existem. Não tenho livros favoritos, uma vez que me considero muito parecida com o Charlie, de As Vantagens de Ser Invisível, que diz que a cada livro lido, ele encontra um novo favorito – pelo menos até terminar de ler o próximo de sua lista.

25 COMENTÁRIOS

  1. Oi, Natália
    Há tempos que desejo ler esse livro, uma pena que ainda não tenha feito.
    Gostei de ver seus elogios. Eu costumo gostar de narrativas intercaladas assim. Que bom que os personagens e a trama foi bem desenvolvido, só me empolga a ler.

    ResponderExcluir
  2. Já vi muitos blogueiros falando dele, morro de vontande ler mais sempre que vou comprar ta meio salgado o preço, gosto muito de livros quando tem os dois pontos de vista pois sabemos o que se ta passando com eles ,agora vou estoqui alguem pra me da de presente

    ResponderExcluir
  3. Oi Natalia, tudo bem?
    Apesar de não curtir muito livros desse gênero eu gostei bastante dessa premissa, e fiquei interessada pela leitura. Gostei da narrativa conter os dois pontos de vista, isso ajuda muito a compreender os propósitos de cada um.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Eu acho que a historia seja boa mesmo mais ultimamente ando bem desinteressada por romances quero dar uma mudada na minha leitura porque tá ficando muito igual essas leituras e acaba me desmotivando, possa estar errada em relação a esse livro e só lendo pra saber mais por agora vou aguardar.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde. Adorei a resenha,e também como cita algumas frases, apesar de que senti falta de algo do enredo que me desse realmente vontade de ler. Nunca havia ouvido falar, também não se lerei porque digamos que tenho deixado o romance um pouco de lado. No entanto tenho amigos que adoram esse gênero e irei recomendar o livro.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Realmente o livro é único. Parece meio bobo duas pessoas se encontrarem no onibus e bum... amor. Mas é incrível acompanhar o amor dele e também amei os capítulos serem alternados entre o casal. O que me incomodou um pouco foram os palavrões que achei um pouco desnecessário

    ResponderExcluir
  7. Ahh, esse livro! Virou meu queridinho quando li, achei essa história tão gostosa de acompanhar. Ela tem um foco bom em sentimentos e isso é que dá a graça ao livro. Eu conseguia ter a sensação de que sentia o que eles sentiam.
    A leitura é boa mesmo, passa bem rápido porque a gente quer saber o que acontece, fica bem envolvido. É muito bom.
    Só não gostei muito do fim. Achei apressado. O livro tinha tudo pra ser perfeito, mas chegando no final achei que as coisas foram meio que jogadas ali, tudo muito depressa =/
    De qualquer forma vale a pena a leitura. Esse casal é um dos meus favoritos e adoro a história deles =)
    Dá essa impressão de ser único mesmo, né? Isso é bem legal.

    ResponderExcluir
  8. Faz tempo que quero ler esse livro...vejo tantas criticas boas e ruins que fico na duvida se vale a pena comprar. Mas creio que a única forma de saber é ler e tirar minhas próprias conclusões! Mas adorei sua resenha e acho que lerei ele em breve.
    Faz a resenha do segundo livro? Entre o agra e o sempre...

    ResponderExcluir
  9. Quero ler esse livro faz um tempinho já, adoro romances simplesinhos; gosto também quando os livros são narrados pela perspectiva de mais de um personagem, nos faz entender algumas atitudes que talvez se fossem narradas por apenas um personagem poderia parecer fútil; enfim, quero muito ler esse e a continuação dele também, acho que vou gostar bastante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. OOOi!Eu gosto de romance e tenho uma facilidade maior em ler livros desse tipo, do que livros de ficção apesar de serem os meus preferidos, porque parece que a história flui com simplicidade e a leitura se torna mais fácil, quem sabe eu não dou uma oportunidade para ler em breve, bjos!

    ResponderExcluir
  11. Natália!
    Já tinha lido algumas resenhas do livro e a cada uma fico mais interessada, porque gosto dos romances e se tem sexo, acho ainda melhores.
    E gosto quando podemos ter a visão dos dois protagonistas, porque cada um pensa de forma diferente sobre o mesmo acontecimento.
    “Todos os homens, por natureza, desejam saber.” (Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. Posso confessar uma coisa? Essa moda new adult desce meio embolada na minha garganta. Não costumo gostar desses livros porque fica parecendo que tudo no texto é desculpa para levar a cenas mais picantes. Apesar disso, “Entre o agora e o nunca” me ganhou fácil. Primeiro que o casal é ótimo. O Andrew consegue ser encantador e teve uma química maravilhosa com a Cam. Depois, vem a narrativa super simples, rápida e coloquial, isso fez diferença.

    ResponderExcluir
  13. Quero muito ler esse livro
    Já ouvi falar muito desse livro,gostei bastante da narrativa,pena que é um pouco caro rsrs,bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Natalia, tudo bem? Olha, eu tentei. Li sua resenha pensando que seria essa que me faria mudar de opinião quanto ao livro mas não rolou. Muitas pessoas se encantam com a obra, mas, não sei explicar. Não rolou o tchan entre a gente (rsrsrs).
    Beijos
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  15. Olá Natalia...
    Amo um bom romance, mas confesso que o estilo hot não me atrai... Gostei da sua resenha e já vi ótimos comentários sobre esse livro, mas ainda não vi nada que me faça querer ler essa obra... Quem sabe mais pra frente eu dê uma chance a essa leitura e conheça de perto a história de Camryn e Andrew... Gosto de livros onde a narração é intercalada entre os personagens...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  16. Olá Natalia..
    Amo romance, sou apaixonada, adoro melancolia e esse livro me chamou pra ler ele, amei sua resenha, super fofa, a historia e linda, e como se fosse obra do destino junta eles dois, me deixou super curiosa pra saber da continuaçao da historia!!

    ResponderExcluir
  17. Olá!!! Este livro é simplesmente perfeito, a capa é maravilhosa, a história tem uma mistura tão grande e incrível de sentimentos, nos faz pensar na vida que estamos vivendo de modo a escolhermos o que realmente vale a pena, a continuação dele deixou um pouco a desejar, eu considerei desnecessária, mas merece ser lida para sabermos um pouco mais sobre os acontecimentos nas vidas dos protagonistas.

    ResponderExcluir
  18. Ganhei esse livro há mais de um ano, mas ainda não li. A história parece ser muito bonita, apesar do começo previsível e maçante. Na verdade, ultimamente tô percebendo que os começos de livros do mesmo gênero quase sempre são assim, então o jeito é insistir, né?
    E ainda bem que você insistiu, gostou e veio recomendar o livro pra gente ♥
    Amo narrativas intercaladas e vou já passar esse livro pra frente da fila

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Amei a capa, é linda.
    Parece ser uma leitura mto boa, eu só conhecia por nome, não tinha lido nenhuma resenha, adorei, parabéns!
    Vai pra listinha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Ainda não havia visto nem ouvido nada sobre esse livro. Mas com base em uma das minhas últimas leitura, que mostravam a narrativa de um e do outro, separadamente, acredito que vá gostar dessa também, pois será bom ver a situação sob o ponto de vista de ambos. Eu, como sou apaixonada por trechos de livros, me arrepiei ao ler um dos que foram destacados (“Pela primeira vez em vida, eu me senti inteiro, vivo, livre. Você era a peça que faltava na minha alma, a respiração em meus pulmões, o sangue em minhas veias. Eu acho que se vidas passadas são reais, então nós fomos amantes em cada uma delas. Eu conheço você durante pouco tempo, mas eu sinto como se te conhecesse desde sempre.”), já quero destacar os meus durante a leitura e ver quão linda e comovente essa história pode ser. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  21. Lendo sua resenha fiquei um pouco arrependida agora. Arrependida porque já vi várias vezes esses livros (e os outros da serie né? porque acho que tem mais) muuuuuito baratos,mas como não sabia da história eu não comprava E AGORA LENDO SUA RESENHA FIQUEI COM MO VONTADE DE LER AFFFFFF :((((
    Fiquei muito interessada pelo livro e sua resenha foi bem direta e precisa (por mais resenhas assim amem),espero que tenha outras promos desse livro que não perderei a oportunidade de comprar rs
    beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oii!
    Esse é um livro bem comentado entre os leitores, uma amiga até fica mandando eu ler, mas até hoje nunca li mesmo tendo vontade. Amoo personagens misteriosos,pois geralmente fico mais empolgada com a leitura.
    Amei a resenha e as fotos!

    ResponderExcluir
  23. Oi, Natália!
    Adorei a resenha! Gostei muito da premissa do livro!! E já faz um tempo que desejo ler essa história só que ainda não deu!! Mas ainda vou sim ler esse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Parabéns pela resenha, eu adoro livros assim em que a protagonista passa por algo difícil e encontra alguém que a ajuda a superar de alguma maneira.
    Deve ser difícil passa por tudo isso, e me identifiquei em algumas partes;
    Vou procurar ler sim, bom saber que entre tantos livros do gênero esse se destacou em algo.
    Beeeijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
  25. Boa Noite Natália!! Esse romance parece que nos surpreende de várias formas, ao ler sua resenha percebi que ultrapassa os romances clichês que nós estamos acostumadas, essa menina sofreu demais, perder um namorado e ter uma família desestruturada deve ser bastante difícil de lidar, to curiosa para descobrir como ela conseguiu dar uma reviravolta em sua vida! Obg!

    ResponderExcluir