RECONSTRUINDO AMELIA

SINOPSE: Você conhece a pessoa que mais ama no mundo? Kate Baron achava que sim até receber a devastadora notícia de que Amelia, sua filha de 15 anos, cometeu suicídio pulando do telhado do colégio particular onde estudava. Poucos dias depois, entretanto, uma mensagem anônima em seu celular revela que a morte de sua filha talvez não tenha sido da maneira que as autoridades alegaram. Amelia pode ter sido assassinada? Como advogada, Kate está determinada a descobrir a verdade e, para isso, mergulha no passado da filha, recolhendo cada fragmento de e-mail, cada linha dos textos do blog, cada atualização de status do Facebook. Sempre um passo atrás da verdade, ela descobre um lado de Amelia que nunca imaginaria que existisse. - KIMBERLY McCREIGHT - Editora ARQUEIRO - 2014 - 352 páginas.

Os dias após a morte de Amélia são completamente tomados por uma dor insuportável, mas Kate prefere voltar ao escritorio e ao seu trabalho do que continuar em casa, sem ninguém por perto. Um pouco depois de chegar ao escritório, ela recebe uma mensagem de texto dizendo que Amelia não havia pulado.


Após receber essa mensagem, Kate deixa suas duvidas sobre a morte da filha crescerem e consegue, com a ajuda de seu chefe, reabrir o caso da filha. O que antes parecia um suicidio, vai, cada vez mais, parecendo um assassinato.

Enquanto vemos a luta de Kate pela verdade, temos, por outro lado, a história de Amelia sendo contada. Amelia é uma menina bonita, inteligente e cheia de atividades extracurriculares, é uma menina que passa boa parte do tempo dentro dos livros, enquanto sua melhor amiga adora estar na moda.


A vida dela começa a mudar depois que recebe uma mensagem bloqueada para ir ao parque. Apesar de desconfiada, ela deixa a curiosidade vencer, vai ao encontro e descobre que se trata das meninas de um dos clubes da escola. A partir desde ponto, Amelia se envolve em pegadinhas com professores e colegas, foge de escola e faz coisas que jamais pensou em fazer.

Além do ponto de vista de Kate e de Amelia, também existem os posts de um blog de fofocas da escola, e mensagens de texto entre Amelia e alguns amigos. A mistura de todos esses elementos, transformou a leitura em algo maravilhoso. Existem vários pontos de vista e muitas reviravoltas que fazem desse livro algo fascinante. A leitura é rápida e muito fluida, e todas as duvidas que você cria, no inicio do livro, são respondidas. Tudo se encaixa perfeitamente. 


Os personagens são muito bem construídos e todos tem papeis importantes para a trama, por mais que pareçam irrelevantes no inicio. A autora conseguiu fazer uma trama incrível, com personagens fortes, cheios de opiniões e com histórias próprias.

Nos capitulos narrados pelo ponto de vista da Amelia, existe ainda as suas duvidas quando à sua orientação sexual, as questões emocionais que ela tem que enfrentar sozinha e o bullying.

O final do livro me surpreendeu muito, mas de uma forma muito boa. Você espera que determinadas coisas aconteçam, mas quando a verdade é revelada... não há palavras para descrever o que eu senti.

[...] Não foi só um erro, uma única vez. Foi um verão de más escolhas provocadas por uma vida inteira fazendo as escolhas certas. Pelo visto, eu só conheço um jeito de errar: magnificamente.
RESENHA ESCRITA PELA NATÁLIA PALOMARE PARA O GETTUB!

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

18 COMENTÁRIOS

  1. Amo histórias com esses quebra-cabeças e te faz descobrir algo que nunca imaginamos no final e acho que esse é o caso, o livro me pareceu ótimo e acho que vale a pena dar uma conferida.

    ResponderExcluir
  2. Natália!
    Tão bom poder ler um thriller policial cheio de pistas e reviravoltas e com final surpreendente, sem contar com a determinação da mãe que impulsiona a novas investigações e grandes descobertas sobre a vida da filha que ela não sabia.
    Bom final de semana!
    “A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova.” (Leon Tolstoi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Quando li esse se tornou um dos meus livros favoritos. É muito bem feito mesmo e bom de ler. E a gente acha que os personagens podem ser irrelevantes né? Que estão ali pra preencher espaço ou coisa assim, mas é muito legal ir descobrindo as conexões com a garota e o que aconteceu. Achei a forma como foi feito bem interessante, não acaba deixando muitas pontas soltas...
    E os personagens tem umas opiniões fortes, um jeito bem real de ver a vida e etc. Dá para imaginá-los existindo e ver os dramas que passam acontecendo. Achei interessante a coisa da orientação sexual da garota. É importante para a história e é muito interessante quando a gente vai descobrindo as coisas.
    É um livro muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Fiquei interessadíssima no livro! Me fez lembrar um pouco das obras do Harlan Coben. Fora a parte que aborda assuntos extremamente atuais. Já entrou para a minha lista de desejados.
    Outras pessoas haviam me indicado. Pronto! Louca para ler!
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  5. Oi Natalia, tudo bem?
    Eu adoro livros neste estilo, e adorei conhecer este por meio da sua resenha. Nunca tinha ouvido falar dele, e já estou super curiosa para conhecer esta história. Sempre gosto de livros com mais de um ponto de vista sendo narrado, e tenho certeza de que vou gostar deste também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu achei a resenha fantástica, porque o nome Amélia, remete para a mulher perfeita da música "Amélia é que era mulher de verdade", e fico imaginando para a mãe da personagem como foi redescobrir uma filha que ela até então não conhecia. O que era a Amélia de verdade? Além disso, outro ponto interessante foi o fato de você destacar que todas as dúvidas do começo foram respondidas!

    ResponderExcluir
  7. Ual! Adorei o enredo, não conhecia, já qro pra ontem!
    Precisando sair da minha zona d conforto e ler essa história!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. OI Natalia, tudo bem? Só de ver você falando do final do livro dessa forma eu já fiquei curiosa para descobrir a verdade. Sem contar que adoro livros com essa pegada.
    Beijos
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha, gosto bastante de livros em que vai alternando pontos de vista, parece ser bem legal, ainda mais esse suspense de querer saber o que realmente aconteceu com a Amelia e a luta da mãe dela para descobrir o que realmente aconteceu, fiquei super intrigada para ler o livro e saber seu desfecho.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá!!! O que posso dizer??? Um livro repleto de emoções que me fez refletir e começar a prestar mais atenção a tudo que está em minha volta. Acompanhar a mãe da personagem redescobrindo sua filha para entender o que aconteceu, e perceber que na verdade ela não conhecia nada dessa "nova" Amélia, enfim a história é fantástica com um final perfeito (pelo menos para mim!).

    ResponderExcluir
  11. olá,
    Esse livro aborda temas bem relacionada a vida mesmo porque muitos jovens sofrem por bullying, deve haver muita emoção nesse livro, segredos revelados...deve ser incrivel e otimo a leitura..
    vou procurar para ler!!

    ResponderExcluir
  12. A história parece ser bem interessante e possui esse ar investigativo que me atrai. Adoro juntar peças e descobrir a verdade. E, pelo que li na sua resenha, existem bastante fontes para essas peças. Que bom que tudo se encaixa direitinho no final, sem deixar lacunas. Não havia ouvido falar ainda desse livro, mas já quero ler. Obrigada pela indicação.

    ResponderExcluir
  13. Boa noite Natália! Eu confesso que fiquei bastante curiosa com a história desse livro, porque muitas pessoas , as mães, pensam que os filhos não possuem conflitos, que são novos e tem a mente sem preocupações, mas eu sei que não é bem assim , e mostrar num livro a importância dos pais conhecerem mais seus filhos é muito importante, até para evitar uma tragédia,então eu leria por esse motivo! Obrigada!

    ResponderExcluir
  14. "Pelo visto, eu só conheço um jeito de errar: magnificamente. " eu mesma que escrevi isso no livro.
    Outro livro que nunca ouvi falar em lugar nenhum,mas percebi pela resenha que são temas variados e gosto muito quando um livro trata de temas que precisam ser discutidos,como o caso do suicidio,bullying etc.
    Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  15. Oii!
    A pessoa tem que ser muito, mas muito curiosa para ir no parque depois que recebe uma mensagem bloqueada. Eu sou curiosa, mas não faria isso.
    Já anotei aqui para pesquisar, pois amei o enredo.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Natália!
    Adorei tudo na história do livro!! Simplesmente amo livros que temos que ir descobrindo pouco a pouco o que realmente aconteceu!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  17. Desde que eu vi esse livro pela primeira vez eu relaciono Amelia com "mulher do lar, dona de casa" eiuheiuheiuheiueh vai entender! Enfim, vi numa livraria em 2014 e achei a sinopse bem interessante, mas ainda não li.
    Me identifiquei um pouco com a Amelia, a garota certinha que vive enfiada em livros enquanto a amiga gosta de moda e que por influência (ou não) acaba fazendo coisas que jamais imaginou que faria. Já estava na minha lista mas agora estou mais curiosa pra ler!

    ResponderExcluir
  18. Boa noite! Os pais sempre acham que sabem muito sobre a vida de seus filhos, as pessoas que mais amam, até descobrirem que eles escondem bastante coisa deles, esse livro deve ser ótimo pra mostrar que mesmo as pessoas que amamos possuem segredos bem profundos! bjos!

    ResponderExcluir