MATÉRIA ESCURA

SINOPSE: Jason Dessen, raptado por um homem mascarado, é levado para uma usina abandonada e deixado inconsciente. Quando acorda, um estranho sorri para ele, dizendo: “Bem-vindo de volta, amigo.” Neste novo mundo, Jason leva outra vida. Sua esposa não é sua esposa, seu filho nunca nasceu e, em vez de professor numa universidade mediana, ele é um gênio da física quântica que conseguiu um feito inimaginável. Algo impossível. Será que é este seu mundo, e o outro é apenas um sonho? E, se esta não for a vida que ele sempre levou, como voltar para sua família e tudo que ele conhece por realidade? Com ritmo veloz e muita ação, Matéria escura nos leva a um universo muito maior do que imaginamos, ao mesmo tempo em que comove ao colocar em primeiro plano o amor pela família. Marcante e intimista, seus múltiplos cenários compõem uma história que aborda questões profundamente humanas, como identidade, o peso das escolhas e até onde vamos para recuperar a vida com que sonhamos - Blake CROUCH - Editora INTRÍNSECA - 2017 - 352 páginas.

A Matéria Escura não é uma ficção. Ela é comprovada pelos cientistas, porque ela exerce uma força gravitacional que pode ser medida, mas não emite nenhum tipo de luz. Como todas as observações dos corpos celestes são a partir da luz que eles emitem, ou refletem, ou qualquer outro tipo de radiação eletromagnética, e como a Matéria Escura não faz isso, torna-se difícil de ser estudada.


Hoje em dia, estima-se que a Matéria Escura compõe quase 95% de toda a matéria do Universo, mas não se sabe exatamente o que ela forma. Com base nisso, Crouch cria uma teoria de que ela representa universos paralelos, um multiverso, criado com base nas diferentes escolhas que cada um de nós faz durante a vida.

Jason, o personagem principal, e narrador, teve um momento de bifurcação na sua vida. Em determinado ponto, ele precisou decidir entre casar com a mulher que amava, ou se dedicar à sua carreira como físico. Ele optou pela primeira. Teve um filho, virou professor de uma faculdade, e seguiu dentro da rotina de cada um de nós. Em outro universo, ele não se casou, virou um renomado cientista, não teve um filho e criou uma máquina capaz de fazer uma pessoa navegar entre cada um desses universos.


Esse outro Jason, ao entrar no universo do Jason narrador, toma consciência de que a felicidade mora na relação entre as pessoas, que mesmo ele sendo famoso e rico, nunca foi feliz. O que ele faz, então? Sequestra o Jason narrador e o manda para o universo paralelo, enquanto ele assume o lugar com a esposa e filho do Jason narrador.

Nosso Jason, totalmente desnorteado, descobre que seu filho não existe, que sua esposa não é sua esposa, e que seu mundo, não é seu mundo. Aos poucos, ele vai compreendendo o que aconteceu, procurando uma forma de votar ao seu universo, enquanto tem que lidar com vários outros problemas, alguns mortais.


MATÉRIA ESCURA, apesar de ser uma ficção-científica de primeira qualidade, é, acima de tudo, uma história sobre pessoas e suas escolhas, sobre o que cada um de nós abre mão, ou abraça, em vários momentos de nossas vidas. É sobre a constatação de que a felicidade, muitas vezes, já faz parte de nós, mas não conseguimos ver isso, porque caímos na rotina, nos acomodamos. Que precisamos, sempre, valorizar aquilo que conquistamos, mesmo que uma parte de nós sonhe com escolhas diferentes daquelas que fizemos.

Uma coisa bastante interessante na construção dos personagens dos universos paralelos de MATÉRIA ESCURA, é que eles, mesmo sendo cópias uns dos outros, possuem personalidades e caracteres distintos, ou seja, almas diferentes. Embora a matéria seja a mesma, a nível atômico, o que existe dentro de cada um de nós, não pode ser duplicado. Somos seres únicos, exclusivos de cada um de nossos próprios universos.


A leitura da obra de Crouch é quase sem pausa, porque o leitor não consegue vislumbrar o que vem a seguir, fica ansioso pelo que será desvendado no capítulo seguinte. É dessa receita que uma boa ficção é feita. Inclusive, em certo ponto da história, quando ela converge para sua conclusão, nós não fazemos ideia de como resolver o problema criado por Jason para que possa retornar a seu universo. Devo confessar que a sua solução é lógica, absoluta, embora deixe um problema enorme para ser resolvido por alguma outra pessoa. E tem um certo grau de tristeza e de fé.

Obviamente, uma história desse nível, com as coisas que acontecem da metade para o fim, não ficaria longe das telonas. Os direitos já foram vendidos, e logo o livro será adaptado para os cinemas. Curioso para ver como ficarão as passagens pelos diferentes universos, e, principalmente, o final!

Aproveite, e compre o livro:

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

23 COMENTÁRIOS

  1. Penso em ler o livro mas não por agora, acontece que a historia envolve tantos acontecimentos ao mesmo tempo em que sua vida muda tão repentinamente, a primeira obra do autor publicada no Brasil e terei o imenso prazer em ler não sei quando mas como a editora já calculou na ideia de adaptar e acho que em breve vou correr contra o tempo.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  2. Carl, eu adorei esse livro <3 É cheio de reflexões e realmente de tirar o fôlego, porque surpreende o leitor o tempo todo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Curto bastante livros com esses universos paralelos, outras realidades.
    Não conhecia a obra ainda e o que li aqui me deixou bem curiosa, confesso!
    Parece ser uma leitura bem envolvente, uma aventura e tanto.
    E como trilhers é a minha opção de livros preferidos esse já pesponta como um dos queridinhos pra entrar na minha lista!

    ResponderExcluir
  4. Oi Carl!
    Gostei do livro, bem tocante e na minha opinião mto bem escrito..
    Vou anotar a dica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Adorei a ideia desse livro e estou ansiosa pra ler. Parece valer muito a pena.
    E é legal o quanto faz a gente imaginar, ao que parece. A ideia de mundos paralelos e de como cada um poderia ser é uma coisa que desperta curiosidade, fica legal imaginar a vida da pessoa, como seria...
    Achei muito interessante essas ideias que a história passa também, sobre fazer a gente pensar nas nossas escolhas e do que abrimos mão... Porque a gente sempre fica imaginando o que poderia ter sido se isso, se aquilo e etc.
    Parece uma boa história pra valorizar essa ideia, digamos assim. Pra mostrar que algumas coisas são melhores do jeito que são, que vale a pena valorizar o que se tem e etc. Dá pra tirar muita coisa da história, acho.
    Quero muito conhecer a trama do Jason e só imagino como tudo termina.

    ResponderExcluir
  6. CARL!
    Interessante é ver o autor se utilizar de algo que realmente existe, como a Matéria Escura, para criar sua ficção de multiverso e ainda mais criativo, mostrar que na verdade o que vale são as relações humanas, elas sim nos fazem felizes.
    Achei a ideia fantástica e gostaria muito de ler.
    “ Eu creio que um dos princípios essenciais da sabedoria é o de se abster das ameaças verbais ou insultos.” (Maquiavel)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  7. Ansiosa para ler!
    Achei a capa super doida e muito bonita. Fizeram uma boa diagramação e tenho certeza que isso chama muito a atenção do leitor.
    Quero essa ficção! Quase nunca leio algo assim!

    ResponderExcluir
  8. Olá, estou ansiosa para ler esse livro...eu li varias resenhas sobre ele, e não vejo a hora de começar a ler, achei a historia super interessante, a trama, tudo até a capa achei simples mas perfeita também...

    ResponderExcluir
  9. Oi Carl...
    Adorei a trama desse livro... Um livro que traz uma história sobre pessoas e suas escolhas com certeza precisa de uma adaptação muito bem feita... Já fiquei ansiosa para ler esse livro e assistir ao filme... Espero que isso aconteça em breve...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Já tinha ouvido varias pessoas comentarem sobre esse livro, e a edição da Intrínseca simplesmente está perfeita é um daqueles livros que a gente quer ter na estante, quanto a história achei um pouco confusa mas ao mesmo tempo chamou minha atenção por retratar sobre nossas escolhas e o quanto elas podem fazer toda a diferença no nosso futuro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Nossa, não conhecia o livro e adorei a indicação. Nunca li nada parecido, mas se tem um enredo que prende a atenção e surpreende a cada momento, com certeza vai para a minha lista. Acredito ser uma leitura muito boa.
    Quanto a resenha, perfeita, como sempre. Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Ficção não é um gênero que me atrai, então esse livro não seria um livro que leria.
    Mas, gostei de ver a sua empolgação para com a obra, e saber que foi uma boa leitura.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Eu já tinha visto esse livro mas não sabia que se tratava disso :O já li livros que são dessa mesma temática e amei! Já quero ler esse também! espero ler antes da estreia do filme ahahhaha

    ResponderExcluir
  14. Se eu já li esse gênero? Não! Se a resenha é tão boa que me deu vontade de sair de casa e comprar esse livro agora? SIM... hehe!
    Gosto muito de livros que nos faz refletir, JÁ QUERO. =)

    ResponderExcluir
  15. Opa! Amo ficção-científica e este livro parece ser um prato cheio!
    E ele já vai para minha lista de desejados, obrigada pela indicação :D
    Sua resenha está muito boa, parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Meu Deus!!! Depois dessa resenha esse livro acaba de entrar para minha lista de QUERO MUITO LER!!!

    ResponderExcluir
  17. Adorei tudo nessa estória do livro!! Fiquei bem curiosa com tudo que li a respeito do livro!! Já está incluído na minha lista!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  18. Carl, que resenha! Que livro! Caramba quero muito ler! Sempre olhava essa capa e sentia uma certa zonzeira, nunca procurei saber do que se tratava. Mas, com sua resenha, meu irmão... fiquei curiosa para saber o final de Jason, o que ele fez, como foi entrar em contato com seus outros eus. Impossível não se imaginar na pele de Jason. Torcendo para a adaptação ser boa. Beijo

    ResponderExcluir
  19. Oi Carl!! Que livro !! Ao ler a sinopse já me apaixonei, ao acabar de ler sua resenha fiquei afim de conhecer esse livro hoje ainda! Imagina só a gente ter tipo uma vida duplicada e nem saber ? Descobrir que tem uma cópia de você fazendo o que você queria ter feito mais optou por outro caminho? Ah pra mim esse livro merece um filme mesmo e espero poder ler antes de sair o filme, bjos!

    ResponderExcluir
  20. Olá!!! Eu não conhecia o livro, mas o que li aqui me deixou bem curiosa, parece ser uma leitura bem envolvente, eu adoro ficção cientifica e mistério, então acho que vou gostar do livro, espero ter a oportunidade de lê-lo muito em breve.

    ResponderExcluir
  21. Primeira resenha que leio desse livro e fiquei fascinada!
    Me lembrei do doutor Walter Bishop, da série Fringe, explicando sobre a teoria dos universos paralelos. Segundo ela, temos outras versões de nós mesmos vivendo em universos diferentes com modificações.
    O livro traz a questão da escolha, muitas vezes nos perguntamos o que seria de nossas vidas se tivéssemos feitos esta ou aquela escolha. Com certeza vou colocar na minha lista de desejados. Parabéns pela resenha!!

    ResponderExcluir
  22. Oie, tudo bem?
    Essa edição está linda, e as fotos com fundo preto ajudaram ainda mais :D
    Já tinha visto algo do livro, e sua resenha me deixou super curiosa para ver detalhadamente como é todas essas mudanças, e qual vai ser a solução para o personagem voltar a 'sua vida normal'.
    Adorei a resenha, não sabia que vai ter o filme, vou ler o livro o quanto antes :D
    Beijos!
    Lost Words!
    Têm sorteio de um e-book lá no blog, participe!

    ResponderExcluir
  23. Oi! Não sou fã de física kk Mas eu gostei muito da história, quem não queria ter uma parte por aí fazendo o que sempre sonhou?! Não vejo a hora de ler esse livro! Um abraço!

    ResponderExcluir