GUARDIÕES DAS GALÁXIAS: VOL 2

SINOPSE: Agora já conhecidos como os Guardiões da Galáxia, os guerreiros viajam ao longo do cosmos e lutam para manter sua nova família unida. Enquanto isso tentam desvendar os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill.
DIREÇÃO: James GUNN
DISTRIBUIÇÃO: Disney
ANO DE PRODUÇÃO: 2017
DURAÇÃO: 2h16
ELENCO: Chris PRATT, Zoe SALDANA, Dave BAUTISTA e Kurt RUSSEL. 

Em 2014, os estúdios Marvel decidiram apostar em um grupo de “heróis” desconhecidos e extremamente diferentes do que estavam acostumados a fazer. Dito e feito, GUARDIÕES DA GALAXIA estreou, foi um sucesso de critica e bilheteria, arrecadando 773 milhões de dólares, para um orçamento de 170 milhões. Três anos depois, surge sua esperada sequência, repetindo a fórmula do anterior e ampliando as cenas de ação, mas será que só isso é suficiente? 


Sim, é um filme de comédia/ação cheio de piadinhas internas e algumas até pesadas. Todas funcionam? Não, infelizmente o roteiro exagera na dose e o sentimento de “tá forçando a barra” fica com o espectador por quase toda a projeção. É um dos filmes mais soltos da Marvel, aquele que você poderia assistir sem ter visto os filmes anteriores, a trama em si é bem simples, apenas o Senhor das Estrelas descobrindo quem é seu pai. Temos também desenvolvimentos para Nebulosa e Yondu, fora, é claro, o entrosamento entre guardiões, que é um trabalho continuo. 


Diferente de muitos filmes de super heróis, o diretor James Gunn quis e conseguiu um ponto de vista mais aberto de seus personagens, mesmo sendo um filme mais cômico, existem aqui momentos para reflexão e até cenas para se emocionar. O filme não procura apenas se sustentar em sua ação, o dialogo tem fundamento, a trama tem sua importância e a mensagem no final é impactante.

Tecnicamente é um filme para ninguém botar defeito e deve aparecer entre os indicados ao Oscar ano que vem. A maquiagem dos personagens passa a linha do perfeito, parece extremamente real a pele do Drak e Gamora, por exemplo. Os efeitos visuais são deslumbrantes, as cenas de ação foram bem pensadas e desenvolvidas, saindo apenas da tecla: destruição, destruição, destruição. A direção de arte e fotografia também merecem destaques por usarem e abusarem de uma paleta de cores coloridas e vibrantes. 


A produção se inicia com uma grandiosa sequência de luta, onde para o público é mostrado tudo em segundo plano, porque no primeiro temos o astro da produção arrasando na dança: O baby Groot. É um fato explicito de que a produção abusa da fofura do personagem para arrancar um sorriso do espectador, jogo psicológico que funciona perfeitamente. Chris Pratt, o nosso querido Senhor das Estrelas, está aqui mais uma vez transbordando carisma e presença em cena, nasceu para ser protagonista. Zoe Saldana (a verdadeira miss universo), entrega muita potência nas cenas de ação e faz bonito na hora dos diálogos também, principalmente quando interage com sua irmã. Dave Bautista é o personagem mais engraçado do filme e nos presenteia com frases ridiculamente hilárias. Michael Rooker e Karen Gillan ganharam espaço e os preencheram perfeitamente. Kurt Russell e Sylvester Stallone são as novidades no elenco, duas lendas do cinema, que aqui, além de serem homenageados, entregam personagens interessantíssimos. Bradley Cooper faz com perfeição a voz do Rocket, e Vin Diesel faz a do Groot, e apenas com uma frase, temos o melhor papel da carreira do Vin, pode entrar Oscar! 


Sim, é verdade, o filme tem CINCO CENAS PÓS-CRÉDITOS, quatro são excelentes, e uma ta lá atoa mesmo. A última poderia ter sido cortada e não faria a menor diferença. 

GUARDIÕES DA GALAXIA: VOL 2 não tem uma trilha sonora tão legal quanto a do filme anterior, uma seleção de musicas esquecíveis, e o filme em si não supera o original, mas não deixa de ser legal e divertido, confira sem medo de ser feliz. 

OBSERVAÇÃO: Porque Zoe Saldana é “a verdadeira Miss Universo”? A atriz já participou de STAR TREK, AVATAR e agora GUARDIÕES DAGALAXIA, a coroa é dela mesmo.

Compartilhe este post:

Rafael Yagami

Cinéfilo compulsivo, amante de livros e musica. A leitura e os filmes sempre me ensinaram a confiar em mim e ter sonhos grandes e é com isso que me armo todos os dias para lutar pelos meus objetivos.

6 COMENTÁRIOS

  1. Oii Rafael!!
    Tô louca pra ver o filme, amei o primeiro, tenho ctz q vou gostar deste tbm!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafael eu não cheguei a assistir o primeiro não, porque pra falar a verdade não tinha nada dele que me chamasse a atenção, achei que era mesmo um "sucesso de bilheteria" mas sem muito conteúdo, não faz bem o meu gênero!

    ResponderExcluir
  3. Um medo que tenho de continuações de filmes que bombam é quando a história cai muito do nível do primeiro. Acho que a gente fica com muita expectativa e esperando algo igual ou que supere e quando isso não acontece fica meio chatinho...
    Mas o filme parece bom, gostei. Confesso que o que mais adorei naquele primeiro foi a trilha sonora e achei uma pena que não esteja tão boa quanto lá, mas de resto não sou muito exigente. A formula tá ali, os efeitos parecem bem legais e tudo mais...Só espero achar uma boa história e me divertir como aconteceu com o primeiro. Queria assistir =)

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafael, tudo bem?
    Não assisti ao primeiro filme, mas assistindo a este trailer fiquei com muita vontade de assistir. Meu namorado está querendo me arrastar para o cinema faz dias, mas eu estava resistindo kkk acho que agora não tem mais jeito!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Rafael!
    Que delícia mais esse filme imperdível.
    Não tem mesmo como resistir a dancinha do baby Groot.
    E como falou, o filme está impecável e quero ir assistir assim que puder.
    “A juventude é a época de se estudar a sabedoria; a velhice é a época de a praticar.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rafael!
    Gostei da sua crítica, parabéns. Eu não tive a chance de assistir o primeiro filme, portanto verei esse depois que sair do cinema. Mas pretendo, pois tenho certeza de que os efeitos visuais já valem muito a pena!
    Dica super anotada.
    Abraços.

    ResponderExcluir