A MÚMIA

SINOPSE: Na Mesopotâmia, séculos atrás, Ahmanet tem seus planos interrompidos justamente quando está prestes a invocar Set, o deus da morte, de forma que juntos possam governar o mundo. Mumificada, ela é aprisionada dentro de uma tumba. Nos dias atuais, o local é descoberto por acidente por Nick Morton e Chris Vail, saqueadores de artefatos antigos que estavam na região em busca de raridades. Ao lado da pesquisadora Jenny Halsey, eles investigam a tumba recém-descoberta e, acidentalmente, despertam Ahmanet. Ela logo elege Nick como seu escolhido e, a partir de então, busca a adaga de Set para que possa invocá-lo no corpo do saqueador.
DIREÇÃO: Alex KURTZMAN
DISTRIBUIÇÃO: Universal Pictures
ANO DA PRODUÇÃO: 2017
DURAÇÃO: 1:51h.
ELENCO: Tom CRUISE, Sofia BOUTELLA, Annabelle WALLIS e Russell CROWE. 

O que temos aqui é um reboot daquele filme de 1999, que ganhou duas continuações e rendeu muito para os bolsos dos produtores. A franquia ficou desgastada, o elenco original foi embora e logo o estúdio teve uma idéia ousada. Criar um universo expandido no cinema, o “Dark Universe”. O plano é fazer como a Marvel, vários monstros terem seus filmes solo e depois reunir a todos em um filme alá OS VINGADORES.  Esse novo A MÚMIA é o cartão de visita desse universo, e é ai que começa o problema. Quer ser muitas coisas ao mesmo tempo e no final não quer dizer nada.


A trama segue dois militares no deserto, ambos estão em busca de tesouros escondidos, visando a fortuna. Entre idas e vindas, eles descobrem uma caverna, onde está enterrada uma múmia desconhecida, que logo acorda, amaldiçoa um dos homens e quer destruir o mundo por nenhum motivo válido. No meio disso, temos um personagem bem cópia de Nick Fury (aquele cara com um tapa olho que reúne os vingadores), que tem uma organização secreta, onde quer reunir vários monstros para usá-los quando for necessário, isso te lembra algo? (Resposta: Esquadrão Suicida).


O problema da produção é que ela quer ser coisas demais, toda a trama envolvendo a múmia louca/vingativa é clichê, usando e abusando de mitos bobos sobre a cultura egípcia. Seu plano de dominação não faz o menor sentido, e essa organização secreta se leva tão a serio que fica impossível o espectador comprar essa idéia. Os furos no roteiro estão aqui aos montes. Ganhamos de presente também uma enxurrada de piadas sem graça e mal colocadas no filme. Os personagens são antipáticos e tomam várias decisões ilógicas com o intuito de apenas criar cenas mirabolantes de explosões.


Os efeitos visuais têm seus momentos, destaque para uma cena onde várias paredes de vidro explodem e quando a nuvem de areia invade a cidade. Todo o design de maquiagem e figurino dá à múmia, em si, um ar amedrontador. A edição é muito frenética, deixando o público perdido em dois momentos, e a melhor coisa da produção é sem duvida a cena da queda do avião.


A múmia doida é vivida pela atriz Sofia Boutella, que você deve conhecer pelo seu papel em KINGSMAN (ela é a mulher com pernas de aço), ou em STAR TREK SEM FRONTEIRAS. Com um semblante exótico, a atriz, meio francesa, meio argelina, parece mesmo uma deusa antiga do Egito. Quanto a seu desempenho, é bem limitado, mas palmas para a produção por introduzir uma mulher como vilã extremamente poderosa, algo difícil de ver nos filmes hoje em dia. Tom Cruise é o Tom Cruise de sempre, agora com direito a piadinhas e caretas. O ator transmite muito desconforto em seu personagem, pessimamente escrito no papel. Russell Crowe, o chefe dessa organização secreta, tem um personagem estranho, é o mentor da vez, está aqui para explicar a trama para todos, então pode esperar muito falatório expositivo quando o ator estiver em cena. Annabelle Wallis convence ao viver uma historiadora, porém o roteiro não cansa de fazer a mesma de vítima, necessitando toda à hora de um homem para salvá-la.


No fim temos um filme com muitos problemas, que se apóia completamente nas futuras continuações que o estúdio planeja realizar. O final não é o final, o sentimento que fica é que tudo que eles fizeram pode não ter valido de nada. O 3D está aqui apenas para fazer o ingresso ficar mais caro. A verdade é que nos foi entregue um filme com uma trama mal trabalhada e nem um pouco cativante, usando de dois astros do cinema para fazer o publico comprar ingressos. Não vale seu dinheiro e muito menos seu tempo.

Compartilhe este post:

Rafael Yagami

Cinéfilo compulsivo, amante de livros e musica. A leitura e os filmes sempre me ensinaram a confiar em mim e ter sonhos grandes e é com isso que me armo todos os dias para lutar pelos meus objetivos.

17 COMENTÁRIOS

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Eu queria assistir este filme por que pelo trailer achei bem interessante, e como gosto de filmes sobre múmias, Egito, isto contribuiu para o meu interesse em assistir, mas ainda não tinha lido nem uma crítica sobre o filme, e após ler a sua opinião sobre, fiquei menos interessada em assistir o filme, é uma pena que algumas coisas tenham sido mal trabalhadas no filme, e que os produtores quiseram colocar coisas demais e algumas sem sentido, mesmo assim eu pretendo assistir A múmia, mas já não irei esperar tanto do filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez voltado para o lado diversão sem pretensões ele sirva, mas assista sim, quem sabe goste né? abraços!

      Excluir
  3. Achei o trailer até interessante e ele tem um elenco legal e tal. Mas confesso que não deu vontade alguma de assistir. Um que o tema parece batido mesmo, tem um jeito todo clichê pelo visto e não acrescenta tanto assim. No cinema não veria, esse é um daqueles filmes que me dariam vontade de ver numa tarde de domingo ou coisa assim e na tv...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente aquele filme que passa de tarde na tv, só pra passar o tempo mesmo, talvez assim seja menos ruim rs, Abraços!

      Excluir
  4. Boa tarde!
    Nossa, que pena. Não achava que o filme ia ser um caça-níqueis tão absurdo.
    Clichês às vezes são bem-vindos, mas aliados de um roteiro no mínimo aceitável e de personagens cativantes, o que parece não ser encontrado nesse longa.
    Eu achei a ideia do reboot e os efeitos interessantes, mas depois desse post deduzi que só o assistiria se não tivesse mesmo o que fazer rs
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No papel a ideia é boa mesmo, mas tudo depende de uma equipe caprichosa né? Eles fazem tudo as pressas pensando apenas no lado financeiro, por isso tudo que poderia dar errado, deu mesmo. Abraços!

      Excluir
  5. Ah Rafael!
    Fala sério... você é muito crítico..kkkk
    Sei é que vou assistir, amo os atores e gosto desses 'defeitos especiais', vou é sentar e curtir a aventura.
    Gostei do trailer.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “É preciso já ser sábio para amar a sabedoria.” (Friedrich Schiller)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O importante mesmo é a nossa opinião pessoal né? sempre devemos ter nossas próprias conclusões, assista sim, existe público pra tudo, quem sabe você goste, abraços!

      Excluir
  6. Rafael!!!
    Eu tô aqui ansiosa pra ver e vc fla que não vale a pena?
    Não!
    Eu vô msm assim kkkk
    Amo filmes com Tom Cruise, e este eu não perderia por nd!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista sim, nunca deixe uma opinião afetar em algo que você quer fazer, aqui é apenas uma opinião mais detalhada, o filme não funcionou pro meu gosto, mas quem sabe funcione com você? Abraços!

      Excluir
  7. Oi!
    Nossa, sua crítica está profunda! Masss, como sou muito fã do ator Tom Cruise, jamais perderia um filme dele! E mesmo com tantos pontos negativos, sei que vou me divertir muito com os efeitos especiais e com a própria história, já que adoro filmes nesse gênero.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tom Cruise já fez muitos filmes piores ne kkk, uma carreira tão grande, impossível não ter um erro aqui ou ali, sem falar que ele passa longe de ser a pior coisa desse filme. Assista sim, vai que funcione com seu gosto né? abraços!

      Excluir
  8. Só não curti o final,tirando isso o filme é massa ,muito bem feito e cenas de ação fodas!
    É só não assistir querendo comparar com o clássico.Mais esforços para nos fazer entender que o filme se passa em um universo compartilhado do que em fazê-lo funcionar sozinho.Um personagem interessante e que se revela sem grandes extravagâncias, creio que terá ainda grande destaque no Dark Universe que se inicia agora. Gostei também da Sofia Boutella (que também se destacou no ótimo Kingsman: agência secreta"), que conseguiu criar uma vilã interessante e consistente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa resenha não foi baseada e nem comparada com os filmes anteriores, mas que bom que gostou, infelizmente não funcionou pra mim, mas para todos os filmes, existe um publico, abraços!

      Excluir
  9. Olá!
    Ainda não assisti o filme e estava animada, já que gosto muito dos antigos filmes de Múmias. Mas depois de ler seu post abaixei um pouco as expectativas, quem sabe assim eu gosto mais. Espero me divertir bastante com ele apensar de não ser tão bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os filmes antigos são bem mais divertidos e com cenas de ação mais incríveis, mas como você é fã dos filmes anteriores, pode ser que goste desse também, abraços!

      Excluir