ESTA É MINHA CONFISSÃO, DE THIAGO SAVELLI


ESTÁ É MINHA CONFISSÃO é um livro escrito por Thiago Savelli. Um jornalista que lutou contra a depressão durante a adolescência e os primeiros anos da vida adulta. Escrever foi uma fonte de alívio, e anos depois, a inspiração para um livro.

A história é simples e começa com um homem sozinho esperando os amigos. É uma noite especial. Todos conseguiram arrumar um espaço na agenda atarefada para matar a saudade, mas o anfitrião tem um motivo a mais para tornar a reunião ainda mais importante.

Ele pretende aproveitar o evento para entregar a um dos amigos uma carta. A carta é a confissão de algo terrivel que ele pretende fazer, uma despedida e mais do que isso, uma explicação.

A noite começa bem. Quando os amigos chegam, é só diversão e risada. Mas conforme o tempo avança e a urgência para entregar a carta aumenta, o protagonista esquece a presença dos amigos e só mergulha no seu proprio pensamento.

ESTÁ É MINHA CONFISSÃO fala sobre depressão e desemparo, mas também a importancia da amizade em um livro que é muito importante para mim. Me ajudou a passar por um momento difícil e a encarar meus maiores medos.


BIOGRAFIA: Thiago Savelli nasceu em 1988, no Rio de Janeiro. O primeiro contato com a literatura veio ainda na infância, quando sempre lia um livro antes de dormir. A paixão pelo hábito maturou de vez na escola. Após anos lendo apenas clássicos complexos e difíceis demais para uma criança, uma genial professora passou o dever de ler Harry Potter. Desde criança não lia um livro tão divertido e assim a paixão ressurgiu.

A “carreira” de leitor seguiu passando pelos pontos fundamentais: Senhor dos Anéis, Nárnia, A Ilha do Tesouro, e muitos outros. O hábito da leitura consequentemente levou ao interesse na escrita, que sempre foi uma peça fundamental na sua vida. Desde novo contando e escrevendo histórias, na maioria bobas, mestrando RPGs para os amigos, mais bobos ainda. Mais tarde se tornou uma arma fundamental para superar os momentos difíceis. A ajuda para distrair, além de expressar os sentimentos, sempre foi importantíssima para superar os problemas. “Esta é a minha confissão” é a culminação de tudo isso. Menos do RPG.

A paixão pela escrita levou à carreira de jornalista. Desde de então trabalhou como na Universidade, na maior parte escrevendo roteiros e fazendo resenhas de filmes, que eram sem dúvida a parte mais divertida. Além de gostar muito de cinema, podia colocar o toque criativo e pessoal que tanto o fascina.

Fora o mundo literário tem outras paixões. Um tremendo nerd, especialmente por games, mas também por filmes e séries. Além disso, sempre que pode, está na frente da TV para ver um jogo de basquete ou futebol americano.


Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

13 COMENTÁRIOS

  1. Oi Carl ^^ Eu não leio muita biografia :/ Só li a dos Beatles e da Legião por ser as minhas bandas favoritas. Mas pelo que eu entendi, esse livro não é só uma biografia, é livro de auto ajuda para as pessoas que se encontram em situações difíceis ou parecidas. Acho interessante o autor fazer isso pq instiga mais a leitura.
    Valew pela dica. Vou saber mais sobre esse livro *-*

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante que o livro fale sobre depressão porque é ainda um tabu, uma doença que muitos veem de forma errada por não saberem como a pessoa se sente e o que ela sente. Ver relatos disso, seja numa história ou em biografias e coisas assim é sempre interessante pra mim. Eu gosto.
    Penso que seria uma boa leitura por isso. Gostei da dica.

    ResponderExcluir
  3. Carl!
    Importante debater o tema depressão, afinal, é considerado o mal do século e pode trazer consequências bem sérias.
    E é tão bom quando um livro pode nos trazer ensinamentos, não é mesmo?
    Claro que gostaria de ler para ver os dramas da personagem baseada na própria vida do autor.
    Bom domingo e semaninha cheia de luz e paz!
    “A sabedoria consiste em compreender que o tempo dedicado ao trabalho nunca é perdido.” (Ralph Waldo Emerson)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parece ser essas biografias que em alguns momentos do livro tu se identifica, ótima dica e com certeza quero ler.

    ResponderExcluir
  5. Oi Carl! Não sou mto de ler biografias não, mas por conta desse tema q ainda é mto discutido e mto real, eu qro conhecer a obra, Dica anotada!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Falou que livro fala sobre depressão ou qualquer transtorno psicológico já me interessa! Gostei muito da premissa do livro, parece demonstrar bem todo sentimento de alguém neste estado. Dica super anotada <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Este livro deve ser muito bom, sem dúvidas vou solicitar a Chiado um exemplar!

    Grande abraço,
    Victor N Souza
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  8. Gosto bastante de livros que tratam sobre assuntos mais pesados, as amizades são muito importantes nesses momentos e por o livro se tratar disso, já fiquei super interessada, com toda certeza vou lê-lo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, Carl!
    Adorei a ideia do livro. Acho que todos já passaram por momentos difíceis, em que se sentiram sozinhos, e a companhia de um livro quase sempre nos ajuda — e muito. Fiquei bem curioso com o que ele pretende falar para os seus amigos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    O livro nos apresenta um tema de estrema importância e que deve ser tratado com seriedade e delicadeza. Provavelmente não farei a leitura, mas de qualquer forma, é uma indicação muito boa.
    Obrigada.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Bom, eu não costumo ler biografias, então não sei se leria este livro, apesar de a história parecer bem interessante, e ser sobre assuntos como depressão e amizades que são coisas mais pesadas para se ler, ainda mais por se tratar de uma biografia, este livro não faz muito meu estilo de leituras mas, quem sabe futuramente eu leia este livro.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Carl!!
    O livro tem um tema muito forte que é a depressão, essa doença que se espalha e que é muito silenciosa!! Não curto muito biografias mas achei bem interessante esse livro!!
    Bjoss

    ResponderExcluir