HARRY POTTER E A CÂMARA SECRETA

SINOPSE: O segundo ano de Harry na escola de Hogwarts está cheio de novos perigos e horrores, incluindo um professor completamente metido chamado Gilderoy Lockhart, o espírito de uma garota chamada Murta que Geme, que assombra o banheiro das meninas, e a embaraçosa atenção da irmãzinha caçula de Rony, Gina. Mas tudo parece pequeno quando um problema de verdade aparece e alguém - ou alguma coisa - começa a petrificar os aluno de Hogwarts. Será que foi Draco Malfoy, que anda ainda mais venenoso que o normal? Será que foi Hagrid, cujo passado misterioso começa a vir a tona? Talvez tenha sido o suspeito número um que toda a escola... o próprio Harry Potter! - J.K. ROWLING - Editora ROCCO - 2015 - 252 páginas.

O segundo livro de Harry Potter começa com ele novamente vivendo com os Dursley, o que é realmente deprimente, e causa um ódio mortal em qualquer potterhead existente. Logo após ter terminado o primeiro ano em Hogwarts (quero minha carta, cadê?), no momento em que pisa na casa dos tios, Harry tem todos seus materiais trancados no armário em que viveu mais uma vez. A relação entre eles só piora por Harry ser um bruxo. Durante o café da manhã do dia do aniversário de Harry, os Dursley vão dar um jantar para tentar conquistar um cliente na fabrica de Brocas de Válter (tio do Harry). Para eles, não faz a menor diferença que é o aniversario de Harry (dejavú). Então, durante o dia todo, Harry é obrigado a fazer tarefas domésticas, e quando chega à noite, ele só ganha um pequeno lanche e tem que “ficar no quarto, sem fazer barulho, fingindo que não está em casa”.

EU REALMENTE AMO ESSA FRASE.


Tendo em mente que isso é exatamente o que vai fazer, Harry acaba se metendo em uma enrascada maior. Quando entra no seu quarto, percebe que não está sozinho e logo conhece Dobby, o elfo doméstico. Dobbyzinho que aparece pra ficar, né?

O elfo admira Harry por sua humildade e por ser uma pessoa tão boa ♥, e por isso tenta a todo custo convencê-lo a não voltar para a escola de magia, mas Harry não concorda, e isso leva a uma série de desastres indesejados, e um castigo terrível. Harry é trancado no quarto.

OS DURSLEY DEVERIAM SER PRESOS POR CÁRCERE PRIVADO.


Só que isso não dura muito. Por quê? HARRY TEM AMIGOS!

Rony aparece e ajuda nosso menino de testa rachada em uma fuga, obviamente que quase acaba dando tudo errado, mas não dá, ou quase não dá, apesar de ter saído dos Dursley, a fúria de Molly Weasley prevalece! Vemos o quanto à amizade do ruivo com Harry se fortaleceu, mesmo na distância entre eles.

Após toda a bagunça de morar durante o resto das férias com os Weasley, que cuidaram de Harry como se ele fosse alguém da família, menos Gina que se escondia dele (apaixonada, coitada), Harry volta para Hogwarts e é obrigado a lidar com um novo professor de defesa contra a arte das trevas. Lockhart é um egocêntrico de meia tigela, que qualquer um odiaria, eu mesma o odiei 100% do tempo, sempre querendo chamar a atenção para si mesmo e achando que Harry quer ser igualzinho, METIDO!


Harry, que até então está super de boas na lagoa com tudo e todos, começa a ouvir vozes, vozes que levam as vítimas de algo que está atacando os alunos de Hogwarts. Todos os alunos ficam em alerta, e a culpa cai no Harryzinho.

FALA SÉRIO, COMO O HARRY PODERIA TER FEITO ISSO?

Além de ter que lidar com a acusação de todos, Harry é obrigado a lidar com Draco Malfoy e seu pai, os treinos de quadribol, que quase não acontecem, Lockhart e, ainda por cima, encontrar o tal Herdeiro de Slytherin (fundador da Sonserina).

Outra serie de desastres ocorrem, e Harry é obrigado a enfrentar seu inimigo mais uma vez, que agora está mais forte do que antes.


Nesse segundo livro, Gina e Percy tem uma aparição maior do que no anterior, e conhecemos personagens novos, como o Lucio Malfoy e a Murta. HARRY POTTER E A CÂMARA SECRETA é definitivamente uma leitura incrível, assim como o primeiro. Eu realmente amo a forma que J. K. escreve, com todo o suspense que ela provoca e o desfecho, onde ela fornece uma solução para todos os problemas.

Compartilhe este post:

Amanda Mesquita

Moro em Guarulhos, São Paulo, sou do signo de trouxas, amo comer coxinha, torta de bis com morango, açaí e cachorro-quente de 50 metros de comprimento, sentada em uma mesa, ao lado da minha melhor amiga, no meio da bienal.

11 COMENTÁRIOS

  1. Acho legal poder ver mais dessas histórias porque só vi uns filmes e fica interessante relembrar umas coisas e ver umas diferenças. A escrita da autora parece ser maravilhosa mesmo e é tanta coisa acontecendo, personagens e tramas e aventuras que devem rodar a cabeça do leitor ao ler. E injustiças com esse garoto! Meu, mas como o bichinho arranja inimigo e problema! Sempre tem desastre encima dele, ê má sorte xD
    Mas deve ser bem legal poder acompanhar tudo isso e torcer por ele, por um final em que os problemas se resolvem e tal. É uma série que mexe com as nossas emoções ^^

    ResponderExcluir
  2. Oii Amanda!!
    Que livro lindoooo, essa série é linda né...
    Fã que é fá enlouquece!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  3. Amanda!
    A forma como a escritora escreve é realmente mágica, como suas histórias.
    Essa nova edição está com uma capa linda!
    Harry e seus amigos passam por momentos bem difíceis nesse exemplar, sem contar com o fantasma, né? Me acabei de rir nesses trechos.
    Desejo um final de semana de luz e paz!
    “Será que você vai saber o quanto penso em você com o meu coração?” (Renato Russo)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Oi, Amanda!
    Sou fã dessa saga e não vejo a hora de ler essa série de livros. Tenho todos na estante e em breve iniciarei a leitura. Ansiosa! Amoo!
    Sempre que encontro resenhas e comentários a respeito dessa maravilhosa leitura, fico me perguntando porque ainda não li!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Amanda!
    Eu já assisti os filmes tantas vezes que nem sei contar. Já os livros nunca li ( descuido mesmo).
    Eu amo a amizade do Rony com o Harry! Eles são legais um com outro e sempre estão dando suporte ( mesmo que o Rony seja um medroso assumido rsrs).
    Eu ficava com muita raiva quando o Harry era tratado como lixo pelos rios. Ele não fazia nada de errado e mesmo que fizesse, ele nunca poderia ser tratado da maneira que foi.
    O Dobby é de partir o coração de tanto sofrimento. Mesmo assim, ele ajuda muito o Harry.
    Adorava a Murta que geme kkkk

    ResponderExcluir
  6. Amo todos os livros de HP, mas meu favorite ainda é "O prisioneiro de Askaban". Em segundo lugar, fica a Câmara Secreta.
    Já começa com a introdução de um dos melhores personagens da saga, Dobby, nosso elfo doméstico!!
    No ano passado, li mais uma vez "A pedra filosofal", com o lançamento da edição ilustrada, e pretendo manter a tradição este ano lendo "A câmara secreta" também ilustrada. Só a foto do Dobby já vale a leitura.
    Parabéns pela resenha, é muuuuito bom ver Harry Potter por aqui!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Amo Harry Potter, é simplesmente a melhor série que existe <3
    O meu preferido é A Ordem da Fênix, mas eu também amo muito a Câmara Secreta (:
    Comecei a ler HP por ele na verdade hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Já assisti todos os filmes de Harry Potter, porém ainda não li nem um livro, acho esta edição muito bonita, e após ler sua resenha fiquei curiosa para ler os livros, pois apesar de já ter assistido os filmes, sempre é bom ler o livro.

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda! Tudo bem?
    Eu amo os filmes de HP, mas infelizmente nunca li os livros. Mas já comecei a compra-los e pretendo começar logo! A sensação deve ser melhor ainda! Adorei a resenha, beijoss

    ResponderExcluir
  10. Oi, Amanda!!
    Parabéns pela resenha deu para perceber que você adorou ler esse livro de HP!! Infelizmente ainda não li nenhum dos livros só fiquei nos filmes mesmo mas quero tirar um tempo e fazer a leitura dessa série maravilhosa!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  11. Ninguem merece aquele professor! Eu tinha muita raiva, principalmente quando ele falava com o Harry como se ele tambem so se importasse com fama, enquanto o Harry na verdade nem pensa nisso.
    Eu acabei gostando muito mais do livro quando descobri que tudo aquilo que estava acontecendo contribuia para a solucao do misterio da Camara Secreta. Acho que fui meio desatenta quanto a isso :/
    Sem contar que eu gosto do Hagrid cada vez mais, com aquele jeito esquisito de gostar das criaturas que todos tem medo. O coracao dele combina com a altura!
    Essa saga so me surpreende

    ResponderExcluir