OZARK

SINOPSE: Um consultor financeiro com sede em Chicago secretamente relocaliza sua família para o Missouri Ozarks quando seus negócios com um cartel de drogas vão mal.
TEMPORADAS: 1
EPISÓDIOS: 10
GÊNERO: Crime/ Drama/ Thriller
DURAÇÃO: 58 minutos
ANO DE LANÇAMENTO: 2017
CANAL: Netflix

“Cascalho. Tostão. Arame. Gaita. Tutu. Grana. Pila. Prata. Mango. Dindim. Dinheiro. É o que separa os ricos dos pobres"
Com essa constatação, o nosso protagonista, Marty Byrde (Jason Bateman), dá início à sua história. Dono de uma vida aparentemente normal, mas que, secretamente, mantém uma empresa de fachada para lavar dinheiro para um cartel de drogas mexicano. 

Após alguns problemas, ele larga tudo e se muda com a família, sua esposa Wendy (Laura Linney) e seus filhos, Charlotte (Sofia Hublitz) e Jonah (Skylar Gaertner). O seu destino fica no Missouri - no lago Ozark -  e para todos os efeitos, é somente uma espécie de férias de Chicago.
"Bem-vindo ao seu destino final."
Com a promessa de lavar uma grande quantidade de dinheiro em pouco tempo, ele precisa de toda ajuda possível e acaba tendo que contar pros seus filhos. Como nada vem fácil, ele encontra inúmeras dificuldades. Além de estar tentando sobreviver, ainda está passando por problemas familiares.

Diversas outras séries trazem tramas que se assemelham, inclusive foi comparada a BREAKING BAD, mas o que OZARK traz de novo, é um protagonista em outra vertente do crime, lavando o dinheiro.

O tema é trabalhado de forma bem compreensível - até porque a família está aprendendo a lidar com a situação -, e embora no início possa parecer um pouco lenta, o enredo vai "esquentando" e melhora bastante. Os últimos dois episódios são o que se espera desde o começo, e a cena mais angustiante de toda a temporada.

As motivações para certas atitudes dos personagens vão sendo lentamente exploradas. Não há mocinhos e vilões, quanto mais se conhece o passado, mais as opiniões mudam, é fácil começar odiando e depois entender o que está por trás.

As imagens são escuras, o lago é mostrado muitas vezes de uma forma sinistra, mas ainda sim é possível ver a sua beleza e a da natureza ao seu redor. A tensão está presente, mas é aliviada com um pouco de ironia.

Com classificação de 18 anos, tem algumas cenas fortes. Possui pontos bem previsíveis, mas em contrapartida não deixa grandes dúvidas, é tudo bem direto. Para quem já gosta do gênero, não decepciona. E para quem não curte, mas pretende dar uma chance, não desista.

A segunda temporada já foi confirmada pela Netflix, mas ainda sem previsão.

Compartilhe este post:

Maria Luiza

Paraibana, apaixonada por séries de super-heróis (sempre disposta a discutir teorias), livros, química, poesia, músicas antigas, coisas verdes e palavras difíceis.

6 COMENTÁRIOS

  1. Olá, apesar de não simpatizar com série do gênero, essa aparenta ser atípica e desafiadora, uma vez que é deixado um desafio ao espectador em julgar o mal e o bem. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Luiza!
    Gosto muito do Jason Bateman, mas estou acostumada a vê-lo protagonizar filmes de cpmédia e não dramas fortes como dessa série.
    Achei o trailler bem escuro...
    Desejo uma semana maravilhoso!!
    “O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.” (Provérbio Latino)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Gostei muito da trama que envolve a série.
    Vou assistir alguns episódios pra vê o que acho.
    Bostei, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Maria!
    Ozark que me atraiu no instante em que vi o primeiro trailer. A premissa é mesmo ótimo e surgiu em um momento em que eu me sentia orfã de outra série Netflix: Bloodline. Mas, diferente desta, Ozark não me consquistou totalmente. Não é pela lentidão (isso não me importa), mas não consegui me importar com aqueles personagens. Assisti a temporada toda e os últimos episódios me deixaram bem curiosa para saber o que vai acontecer daqui para a frente, mas não sei se eu volto para a segunda temporada.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. A Netflix está sempre me sugerindo essa série pra assistir, mas nunca tive interesse.
    Depois de ler sua resenha acabei entendendo melhor sobre o que se trata a série, mas ainda não me motivou a assistir.
    Não gosto do tema abordado na série.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia a premissa da série nem detalhes, como elenco.
    Também não conheço ninguém que tenha assistido e comentado alguma coisa sobre, então vou passar.

    ResponderExcluir