A HORA DO LOBISOMEM

SINOPSE: O primeiro grito veio de um trabalhador da ferrovia isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceravam sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia vem de uma mulher atacada no próprio quarto. Agora,a cada vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker’sMill, surgem novas cenas de terror inimaginável. Quem será o próximo? Quando a lua cresce no céu,um terror paralisante toma os moradores da cidade. Uivos quase humanos ecoam no vento. E por todo lado as pegadas de um monstro cuja fome nunca é saciada. Um clássico de Stephen King,com as ilustrações originais de Bernie Wrightson - Stephen KING - Editora SUMA DE LETRAS - 2017 - 152 páginas.

A primeira vez que tive contato com esta história de Stephen King, foi através de um filme que passava na Sessão da Tarde na época do colégio, BALA DE PRATA. Nos créditos, descobri que era baseado em um livro e corri atrás para conseguir. Agora, apenas um par de anos mais tarde :), foi lançado este novo volume, ilustrado e com um capricho de fazer chorar.

Narrado em terceira pessoa, no mesmo tom de um contador de histórias, cada capítulo é um mês do ano e um ataque diferente que o lobisomem faz. Sempre em luas cheias, que o autor faz questão de explicar não seguir a padrão natural, mas forçar a coincidência com momentos importantes, como feriados e datas comemorativas, a criatura vai, aos poucos, aterrorizando e matando os habitantes de uma pequena cidade no interior dos EUA.

King não economiza nas descrições dos ataques, o que fica ainda mais visceral por causa das ilustrações das mortes em cada capítulo. Feitas com traços a lápis, ou imitando, elas combinam com o tom casual da narrativa. No fim do livro, somos brindados com mais cinco pinturas feitas por artistas diferentes das partes que eles mais gostaram da história. Estilos diferentes, proporcionam uma beleza e tornam a edição ainda mais primorosa.

A HORA DO LOBISOMEM é aquele terror clássico juvenil, seguindo a tradição do monstro, inclusive com sua fraqueza quanto a balas de prata, por isso o título da adaptação cinematográfica. O livro é bem curto, quase um conto, e pode ser lido sem qualquer pausa. E, como sempre, King traz a salvação nas mãos do mais improvável herói, o que torna a sensação de nostalgia ainda maior.

Divertido, curioso, é uma obra indispensável na estante de qualquer leitor, que, após ser lida, deixa uma vontade imensa no leitor de procurar por mais histórias do gênero. Infelizmente, vai ser difícil de encontrar, ainda mais que os lobisomens de hoje em dia, ficam correndo de tronco nu por florestas onde vivem fadas que são confundidas com vampiros. ;)​

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

17 COMENTÁRIOS

  1. Kkkkkkkkkkkkk a Larissa vai te matar! Kkkk mas eu concordo :')

    ResponderExcluir
  2. Não se fazem mais lobisomens como antigamente(nem vampiros)rs
    Mas ver este clássico do Mestre com essa roupagem nova é de encher os olhos.
    Bala de Prata marcou minha infância e eu fiquei com este filme na cabeça por muito tempo, aliás, o revi muitas vezes. Pena que até hoje em dia, esse filme seja difícil de ser achado até para baixar.
    O único ponto ruim deste livro é o tamanho dele..rs em comparação com todos que o Mestre faz, este acaba sendo quase como um conto de tão pequeno!
    Mas indispensável sim, para todos que amam terror psicológico, como só King sabe mostrar!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler esse livro, histórias de vampiros e lobisomens me fascinam!! Esse livro está lindo, as ilustrações dão mais vida para a trama, e pelo fato de ser bem detalhado, podemos imaginar as cenas com mais realidade. Um clássico do terror que não pode faltar nas nossas estantes!!

    ResponderExcluir
  4. Esse é um clássico e apesar de não ser uma leitura que me prenda achei bem legal esse relançamento com uma edição bem caprichada, as ilustrações parecem fazer toda a diferença pro impacto que a história vai causar e fiquei curiosa sobre esse filme Bala de Prata, não me lembro dele mas vou pesquisar sobre.

    P.S: Tenho que deixar minha risada sobre o final: kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Que livrão! Ainda não tive o prazer de ler :( mas quando tiver vou sim, ainda mais ele que é curtinho e super rápido. O filme eu assisti, achei maravilhoso <3

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. "...os lobisomens de hoje em dia, ficam correndo de tronco nu por florestas onde vivem fadas que são confundidas com vampiros." Eu entendi essa referência kkkkkk eu amo histórias que envolvem lobisomens, principalmente quando são bem feitas. Na verdade, só amo quando são realmente bem feitas rsrs E como você mesmo disse, infelizmente a imagem do lobisomem está sendo passada dessa forma, distorcendo totalmente a ideia daquelese lobisomens antigos, maravilhosos como vimos em Van Helsing e claro, no livro de King. Gosto das criaturas sanguinárias, que mata, destroça e são irracionais. Gostei bastante dessa história. E é tão bom ver um filme te fazer querer ler o livro, isso significa que foi bom rs.

    ResponderExcluir
  8. Carl!
    Não tem como um livro do King não ser bom, né?
    Adoro história com lobisomens e se tem mesmo tanta carnificina como diz, deve escorrer sangue pelas páginas, do jeitinho que gosto.
    Quero descobrir quem é esse danado que anda aterrorizando a pequena cidade.
    Desejo uma semana maravilhosa e florida!
    “Para saber uma verdade qualquer a meu respeito, é preciso que eu passe pelo outro.” (Jean-Paul Sartre)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. TOP COMENTARISTA!!!
    Oi CARL!!!
    Nunca li nada de King, mais quem não ama lobisomens? rs rs rs
    Sempre leio ótimas resenhas sobre os livros de Stephen King
    e com toda certeza vou ler A HORA DO LOBISOMEM, espero que a
    livro fuja do mesmo tema de sempre relacionado a lobisomem.
    Adorei a descrição que os lobisomens de hoje em dia ficam
    correndo de tronco nu por florestas onde vivem fadas que
    são confundidas com vampiros.​ Ri horrores kkk

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada do Stephen King. Comprei It, a coisa faz meses e não iniciei. Recentemente li uma resenha sobre um livro de contos do King que foi relançado, fiquei louca! Quero! Rs...
    Agora esse... Ele vem com algo que ando discutindo bastante ultimamente: o fato dos adultos desacreditar das crianças e julgá-las "frágeis" psicologicamente.
    Mesmo se tratando de um livro direcionado totalmente aos adultos, acho que ele pode agregar algo mais para as minhas pesquisas.

    ResponderExcluir
  11. Sempre leio muitos comentários positivos referentes aos livros de Stephen King, pretendo ler este livro. Que bom que o livro é curto, pois assim é possível ler rapidamente, parece ser um livro muito bom, pretendo ler A Hora do Lobisomem em breve.

    ResponderExcluir
  12. Olá Carl,
    Não conhecia o filme "Bala de Prata", vou já procurar para assitir.
    Há alguns anos atrás (muitos) li praticamente todos os livros de Stephen King, e minha memória mistura hoje todas as estórias. Estou então lendo tudo de novo e tendo as mesmas surpresas!
    Esta Biblioteca é maravilhosa, tenho "Cujo", que é lindo.
    Esta edição de "A hora do lobisomem" não vai poder faltar na minha estante. Concordo que é muito difícil encontrarmos livros com lobisomens "raiz", hoje temos muito a versão "nutella" kkkkkk.
    Quanto ao livro, amo a narrativa "visceral" de King, e fiquei super curiosa em ver como as ilustrações mostram isso. Clássico de terror juvenil que com certeza vou querer ler nesta nova roupagem!!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Carlos!!
    Nossa não sabia que esse filme tinha sido baseado nesse livro do King!! Adoro livros sobre lobisomens e achei essa edição maravilhosa! A capa é linda e as ilustrações são perfeitas!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  14. Bom, admito que este não e o tipo de livro que costuma me atraí a leitura, a temática de lobisomem e bem interessante, estes traços que foge um pouco da premissa destas estórias, o fato do animal ser atingido por bala de prata, e as descrições sobre as mortes, tudo de um modo geral me pareceu muito bem construído, uma pena que não me chamou a atenção, muito menos me despertou interesse na leitura.

    ResponderExcluir
  15. Eu li este livro depois de ver a resenha dele em um blog, achei bem legal a resenha e fui ler. É o primeiro (e unico até hoje) que li do autor.
    Amei o livro, achei super curto... mas acho que já dava para saber a identidade do lobisomem assim que certa pessoa tem um sonho rsrs a partir deste sonho eu já soube a identidade... mas gostei do final e do personagem que acabou encarando ele no final.

    ResponderExcluir
  16. Hahaha ri bastante das tuas ultimas palavras da resenha. Enfim, acho qur nunca cheguei a ler um livro sobre lobisomem. Fiquei curiosa para ler, ainda mais quando se foi escrito pelo King. Estou babando por essa edição ilustrada faz tempo, ainda mais pelo fato de ser uma história curta. Assim eu não sofro com a escrita detalhista do autor Hahaha beijos

    ResponderExcluir
  17. Eu não sou chegada a histórias de lobisomens então não me animo pra assistir e ler nada sobre o assunto.
    Eu vi ele na livraria e pensei que fosse maior, mas como são contos, justifica.
    Nunca ouvi falar de Bala de Prata, mas como eu não gosto desse gênero, não me interessa muito.
    A edição realmente é linda.
    Obrigada pela indicação ;)

    ResponderExcluir