UM CORAÇÃO MAIOR QUE O MUNDO

SINOPSE: Chris é um jovem de hábitos estranhos. Tímido e calado, não possui nenhuma rede social e ama ler os poetas que morreram jovens demais. Seu sonho? Ser escritor e, com a escrita, mudar a vida das pessoas. Morando numa cidade do interior, vê sua vida mudar por completo ao receber uma trágica notícia: sua mãe, Helena, precisa urgente de um transplante. Junto com a família, parte para São Paulo, em busca de um novo coração. Lily é uma garota paulistana que há muito tempo não sente seu coração acelerar. Cansada da vida que leva, nada mais é capaz de despertar seu interesse: roupas caras, seguidores nas redes sociais, amigos da high society e muito menos o curso de cinema que acabou de começar. Tudo parece ter perdido o brilho de uma hora pra outra. Um encontro inesperado, no parapeito de um prédio, mudará para sempre a vida destes dois personagens - Christian FIGUEIREDO - Editora OUTRO PLANETA - 2017 - 208 páginas.

Eu não sou fã de Christian Figueiredo, não gosto dos vídeos que ele faz, cheguei a dar uma lida nos livros baseados em sua vida e achei péssimos, mas com o lançamento de UM CORAÇÃO MAIOR QUE O MUNDO, seu primeiro livro de ficção, eu precisa verificar qual a qualidade da obra.

Logo na primeira página, fiquei receoso, porque reparei que foi necessário o uso de um Preparador de Texto. Essa profissão se confunde um pouco com a do Revisor de Texto, e elas realmente são muito parecidas, mas o Preparador tem um objetivo mais extenso que o Revisor, uma vez que ele mexe no original, podendo modificar frases, parágrafos ou qualquer outra coisa que seja necessária para que a obra fique coesa e dentro dos preceitos da editora, mas sem alterar o significado e a ideia do autor. O trabalho do revisor é um pouco menos detalhista, uma vez que ele se debruça sobre correções gramaticais e ortográficas.

Bem, UM CORAÇÃO MAIOR QUE O MUNDO é um conjunto de vários clichês que você encontra em livros e novelas. O garoto do interior pobre, cuja mãe tem um problema cardíaco, que se apaixona por uma garota rica que surge ao acaso na vida dele, os problemas com o ex-namorado e com a família pedante dela, até a resolução final. Na primeira página, você já sabe como vai acabar o romance e como a mãe dele será salva. Todos os acontecimentos são óbvios, e a narrativa é bem amadora, cheia de frases altruístas e positivas em destaque.

Entretanto, e agora vale você prestar atenção, UM CORAÇÃO MAIOR QUE O MUNDO, apesar de sua obviedade, é um livro positivo, cheio de boas intensões, de alto astral, que passa várias mensagens de aprendizado e superação. Tudo bem que todas elas você já conhece, mas sempre é bom ter uma obra que insiste nelas. Por essas qualidades, coloco o livro de Figueiredo naquele lado da estante de livros que indico, principalmente para os leitores mais novos, com menos de catorze anos.

UM CORAÇÃO MAIOR QUE O MUNDO é um perfeito exemplo de como se pode escrever algo para um público imenso que não costuma comprar livros e é fã de um youtuber, e que serve, realmente, de porta de entrada para a leitura. Ele não é uma aberração literária como QUERIDO DANE-SE, da Kéfera, ou um acidente demográfico cheio de falhas e incoerências como TRAÇOS, de Eduardo Cilto. Ambas as obras, com destaque para o livro da Kéfera, deseducam e passam valores péssimos para quem lê. Já Figueiredo, sozinho ou com a ajuda de alguém, conseguiu entregar um texto que educa, que demonstra como podemos ter altruísmo, podemos amar e sermos amados. Como, com estudo e persistência, podemos ter algo e sermos alguém de caráter e com respeito. Só por isso, já vale a compra, independentemente da quantidade de clichês e da escrita simplista.

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

14 COMENTÁRIOS

  1. Sabe o que foi melhor nisso tudo? Ver que há vida inteligente nesse mundo vazio de Youtuber's.
    Torço o nariz até pro avesso com essa turma e não me recordo de nenhum livro deles que tenha lido ou que simplesmente tenha sentido interesse em conhecer.
    Mas adoro um bom livrinho meio que de auto-ajuda,mesmo que uma forma não muito convencional.
    É sempre bom ter algo positivo em meio aos nossos dramas diários e por mais clichê que tudo seja, ainda faz parte de nós.
    Vai para a lista de desejados e espero sinceramente, poder ler!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Achei muito interessante o significado por trás desse livro pela resenha, muito importante essas questões jogadas a tona. Não é um livro que me interessa, mas para quem está começando uma a arte de ler, para jovens ou para quem tem problemas que se enquadram nos personagens, acho muito interessante e até indicaria. Não é meu estilo e não pretendo ler, mas Figueiredo está de parabéns se assim conseguiu fugir dessa realidade caótica e superficial que a mídia tem criado.

    ResponderExcluir
  3. Er....não sou lá muito fã desse tipo de livro que tanto lançaram, mas achei interessante um com uma história assim. Pode ser cheio de clichês mas em certa idade fica legal de ler, ainda mais se passar umas mensagens boas. Tinha visto esse livro dele e queria ver no que deu. Parece que tem uma graça, mas acho que funciona mais pra certa idade mesmo e não sei se iria gostar muito.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Também fujo desse universo dos Youtubers, os acho muito engessados e forçados, mas um livro que tem uma mensagem positiva, e que pode auxiliar seus leitores, é sempre muito bem-vindo, mesmo a mensagem não sendo totalmente dele, e sim de alguém que o auxiliou para isso, o válido que possui um bom conteúdo.

    ResponderExcluir
  5. É bom ver que um se difere de muitos. Infelizmente, alguns youtubers querem apenas lucrar, com livros sem nexo, sem história e sem valor moral nenhum. Porém, Christian conseguiu se desvencilhar disso tudo, trazendo praticamente um livro que levanta a autoestima do leitor. E claro, está contribuindo para o incentivo à leitura. Muitos adolescentes lêem um livro por conta do autor ser famoso e claro, famoso no mundo digital. E livros como UM CORAÇÃO MAIOR QUE O MUNDO, faz com que eles se iniciem no mundo da literatura, sem levá-los a conceitos e valores errados. Apesar da simplicidade, o que por um lado acho um ponto positivo. Já que os adolescentes que estão iniciando nesse mundo de descobertas literárias, buscam o simples, e as vezes o óbvio. Para assim poder se aprofundar ainda mais em literaturas mais rebuscadas.

    ResponderExcluir
  6. Olá Carl,
    Que bom saber que um livro escrito por um Youtuber possa significar a porta de entrada para muitos jovens no mundo da leitura!
    Não me ligo muito em Youtubers, e confesso que não conheço o carinha, mas pelo jeito ele deve ter muuuuitos seguidores. E mostrando uma ficção que traz uma lição de vida é uma forma bem interessante de colocar estes seguidores em um bom caminho.
    A estória pode ser um conjunto de clichés, mas que formam um resultado positivo e não prejudicial. O livro pode com certeza servir de exemplo e ponto de partida para outros Youtubers, que tanto fascinam o público adolescente e pré-adolescente.

    ResponderExcluir
  7. É ruim quando lemos um livro que tudo já se torna tão óbvio, acho que perde um pouco a graça, como no caso desse livro, por exemplo. Tem romances que a história já é tão manjada que é como se estivéssemos vendo um filme de comédia romântica. Não curto muito ler livros assim, mas se o mesmo tem uma boa mensagem a se passar, alguns leitores realmente podem gostar.

    ResponderExcluir
  8. Boa noite Carl, confesso que não curto nada desses youtubers mirins, principalmente os livros mds, são muito desnecessários...
    Mas esse é diferente né pois o Christian fez um romance, parece ser bem clichê mesmo, mas como você disse eles conseguiu entregar um texto que educa, que demonstra como podemos ter altruísmo, podemos amar e sermos amados.Isso me deixou curiosa para lê-lo

    ResponderExcluir
  9. Oi! Nunca assisti nenhum vídeo dele (ultimamente os unicos videos que vejo no YT são de booktubers, to com zero paciencia pra esses youtubers em alta), e também nunca li os primeiros livros que ele publicou. To achando bem nada a ver o fato de que todos os youtubers estão lançando livros de ficção agora, mas concordo que essa tem sido uma forma de inserir outros jovens no mundo da leitura. Ri bastante quando tu falou do livro da Kéfera, então que ótimo que pelo menos o livro do Christian trouxe mensagens positivas, independente do "tipo" de leitor. Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Não sou fã de livros de youtubers e nem booktuber, pra falar verdade nunca vê um vídeo dele na vida. Maisnacho a proposta de livros pra garotada de 13 14 anos boa, pelo menos chama eles pra ler, começar a entre nesse mundo pra depois pega coisas melhores.

    ResponderExcluir
  11. Carl!
    Cheguei a ler dois livros dele quando tinha parceria com a Novo Conceito, mas confesso que achei fraco, primeiro pela quantidade de palavrões que a meu ver, para um formador de opinião como ele que é youtuber conhecido, é um grande erro e depois, porque achei tudo bem besteirol...
    Aqui como é uma ficção e passa positividade, pode até valer a pena a leitura, apesar de precisar de uma revisão ou uma preparação melhor nos textos.
    Desejo uma semana carregadinho de luz e paz!
    “ Inteligência não é não cometer erros, mas saber resolvê-los rapidamente.” (Bertolt Brecht)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. Oi Carl!
    Só li um dos primeiros livros dele, e também não gostei, não é realmente uma leitura, para mim foi só algo para passar o tempo. Sobre o da Kéfera eu não tenho nem o que falar, ainda bem que não li.
    Esse parece ser bem fofo, clichê é óbvio, vemos isso logo na sinopse, mas fico feliz do livro passar algumas lições, pro pessoal que acompanha o youtuber será uma boa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá, não tenho o costume de ler livros de youtubers, mas, apesar de não apresentar algo inovador, Um Coração Maior Que o Mundo chama a atenção por se tratar de uma trama mais séria, ainda que seja focada no público adolescente. Não sabia dessa diferença entre Reparador e Revisor, achei bem interessante. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Carl! O livro tem uma temática interessante mais é melhor para crianças até uns 14 anos mais ou menos, eu não leria porque achei bobo e largaria no meio, mas quem tá na fase de pré-adolescente é um livro bom pelo assunto abordado. Obg!!

    ResponderExcluir