ESPERANDO BOJANGLES

SINOPSE: Diante do olhar maravilhado do filho, o casal dança ao som de “Mr. Bojangles”, na voz de Nina Simone. O amor que os une é mágico, louco, vertiginoso, uma eterna festa.Em sua casa só há lugar para o prazer, a fantasia e os amigos. Quem dá o tom e comanda a dança é a mãe, qual um fogo-fátuo imprevisível e extravagante - Olivier BOURDEAUT - Editora AUTÊNTICA - 2017 - 124 páginas.

Já se deparou com um livro tão doido que é até difícil dizer sobre o que ele se trata? ESPERANDO BOJANGLES é um desses casos. O romance francês foi um mega sucesso em seu país de origem e seu curioso título faz menção a uma canção da Nina Simone. Vamos lá.

O livro é uma espécie de O GRANDE GATSBY da França, porém com menos festas e mais loucuras. A história acompanha um menino filho único e seus pais que amam uma vida boêmia. Vivem dançando, festejando e curtindo com os amigos. O menino também gosta dessa vida, mesmo não entendendo bem seu propósito. Mas algo inesperado começa a se desenvolver nessa família, quebrando assim toda a alegria. O menino vê seu mundo virar de cabeça para baixo e agora precisa se acostumar com a mudança e o novo estilo de vida.

É difícil descrever a trama porque o livro é bem curtinho, qualquer coisa que eu disser sem cuidado pode estragar sua experiência. A história é narrada pelo menino e seu pai em capítulos alternados. De longe, a visão do menino é a melhor coisa do texto. O jovem descreve tudo com muito vigor e carisma, explicando para o leitor toda e qualquer peculiaridade de sua vida. A família gosta de apelidar todo mundo com nomes engraçados e ama, acima de tudo, “Mr Bojangles”, a música de Nina Simone, que acaba se tornando um personagem do livro e um personagem bastante relevante.

A visão do pai vai para um lado mais poético e recria seu romance com sua esposa, passa pelo nascimento do seu filho e continua até o final. A escrita não chega a ser ruim, só destoa muito do tom do livro, sendo um dos momentos pouco cativantes da leitura. Porém, mesmo defeituoso, esses capítulos tiram bastantes dúvidas que possam ter ficado para o leitor.

Como dito acima, algo acontece no meio do livro e quebra completamente a rotina que estamos acostumados. É importante deixar claro que mesmo sendo algo extremamente chocante, o livro já nos deixava pistas desde o começo da leitura. Se for refletir, tudo estava bem debaixo dos nossos narizes e não notamos. Mas mesmo não sendo um ponto de virada apelativo, não deixa de ser chocante. Realmente é um caminho espantoso, um pouco engraçado, extremamente triste e termina com um toque poético.

O texto também merece elogios pelas maravilhosas descrições da vida francesa e seus costumes, e até flerta com o leitor sobre as riquezas da Espanha. No final, temos um livro curto, extremamente rápido e interessante, que apenas mostra valor quando sua última página é virada. A leitura vai se desenvolvendo de algo sem graça, para algo apaixonante. É impossível não querer ir numa das festas dessa família e segui-los para onde o destino os levar. Não deixe de conferir esse livro, que pode ser descrito como um texto feliz triste ou um texto calmo catastrófico.

Compartilhe este post:

Rafael Yagami

Cinéfilo compulsivo, amante de livros e musica. A leitura e os filmes sempre me ensinaram a confiar em mim e ter sonhos grandes e é com isso que me armo todos os dias para lutar pelos meus objetivos.

31 COMENTÁRIOS

  1. Oi, Rafael.

    O livro é bem maluco mesmo. Não sei porque, mas conforme eu fui lendo a sua resenha, eu imaginei algo do tipo hippie. Paz e amor e festas.

    Imagino que a família ao longo do livro passaram por momentos difíceis, com algo abrupto que ruiu toda a vontade de continuar festejando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a trama tem um ar paz e amor, não tem nada melhor que ler sobre pessoas felizes né, acaba sendo contagiante!

      Excluir
  2. Só de ler essa resenha já fui criando mmil teorias para esse mistério do livro.
    Parece ser muito interessante. Amo tudo relacionado a França.
    Com certeza irá para a lista de desejados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mistério só melhora a leitura, tenho certeza que a revelação vai te deixar boba. A leitura vale muito a pena!

      Excluir
  3. Como não conhecia o livro,no começo foi tudo meio estranho, desde o título até a resenha.rs
    Mas lendo, a gente fica se perguntando como um livro tão pequeno pode trazer tanta positividade?
    Parece não só uma história de amor simples, mas o amor, apenas o amor em sua extensão familiar, humana!
    E fiquei curiosa em relação ao fato mudança!
    Vai para a lista de desejados com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, foi uma surpresa para mim também por ser um livro que eu não sabia absolutamente nada e no final foi uma grata surpresa!

      Excluir
  4. Oi Rafael!
    Eu conhecia por nome só, pensei que seria outro tema mas me surpreendeu, gostei bastante do enredo, e essa capa? Linda! Qro conhecer!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é deslumbrante mesmo, vale muito a pena a leitura!

      Excluir
  5. O que me chama muito a atenção nesse livro é a capa e esse jogo de cores fortes. Fiquei animada por ser mais um que incluo na minha lista, principalmente por tal acontecimento que surpreende. Adorei a resenha e a foto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é tão linda, merece muitos elogios mesmo. Pois é, a leitura se torna algo surpreendente lá no pro final do livro, pega o leitor totalmente de surpresa!

      Excluir
  6. Parece legal essa história e se fala em trama doida é comigo mesma! Adoro uns livros doidos pra ler, sempre chama atenção. Lembrar um pouco de Gatsby é interessante porque gostei muito desse livro quando li. Achei legal a visão dos dois personagens também porque parece que tem umas diferenças boas e acompanhar as coisas assim fica mais legal. Surpresa e reviravolta é outro ponto positivo. Chamou atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou muito fã de livros doidos, mas esse merece palmas de fato. A trama além de ser empolgante, cativa até surpreender com seu final.

      Excluir
  7. Olá, fiquei curioso para saber o que torna o livro surpreende. É estanho pensar que um livro comparado ao clássico O Grande Gatsby possa chocar o leitor, mas a obra já chama atenção por sua singularidade e trama bem construída em poucas páginas. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A relevação de Gatsby foram uma grande surpresa para mim quando li pela primeira vez e tive essa sensação de novo com essa leitura, que no inicio parece singela e logo se revela algo arrebatador!

      Excluir
  8. E impossível ler sua resenha e não se sentir nem um pouco atraída por esta leitura, e ficar curioso para saber qual será o desenvolvimento dessa trama e desses familiares que vive em festas e dançando. Outro ponto que me deixou curiosa e a descrição de como se vivem nesse país, e tradições existentes, nos deixando curiosos para conhecer o país.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É maravilhoso ler uma descrição de um pais tão lindo, com certeza um dos pontos fortes da leitura!

      Excluir
  9. Olá Rafael,
    Não me interessei pela sinopse do livro, mas vou confessar que parece ser bem diferente do que eu costumo ler.
    Achei interessante parte da estória ser narrada pelo garoto e outra pelo pai,acho que torna o livro interessante e mostra as coisas em duas visões diferente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sinopse oficial da editora é bem ruim mesmo, quando li pela primeira vez pensei que o livro seria uma chatice sem fim. Felizmente isso não me impediu de ir atras do livro e me encantar com a trama e os personagens.

      Excluir
  10. Já tinha visto pessoas comentando sobre o livro, mas nunca tinha visto uma resenha. Simplesmente amei. Já quero ler :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro pouco conhecido aqui no Brasil mesmo, fico feliz de poder inspirar outros a conhecerem essa pequena joia escondida!

      Excluir
  11. Rafael!
    Não conhecia o livro e gosto de leituras um tanto 'doidasa', ainda mais que se é tipo o GRande Gatsby, já me atrai.
    E melhor ainda se a escrita é tão fascinante.
    Um carnaval de alegria e moderação e bom final de semana!
    “Quer você acredite que consiga fazer uma coisa ou não, você está certo.” (Henry Ford)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita é realmente um dos destaques do livro, sendo um capitulo mais legal que o outro!

      Excluir
  12. Oi Rafael!
    Adoro quando histórias se envolvem com músicas, e gostei de saber que a cantora da música preferida (e título do livro) do casal será uma das personagens. Incrível que mesmo o livro sento tão pequeno pode mexer com o leitor, e ver isso na visão de uma criança deve ser ainda melhor... Fiquei curiosa para ler, pela capa não esperava algo tão extraordinário.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro livros com musicas também, fica ainda melhor quando a canção é tão importante para a trama e é tratada com carinho pelo autor. De fato uma grata surpresa!

      Excluir
  13. Oi! Apesar de ser um livro curto como vc descreveu, parece ser bem aproveitoso,parece contar a história de uma família hilária, e no fim nos dá uma lição de vida e livros assim são ótimos porque além de nos fazer rir nos faz refletir sobre a nossa vida de maneira geral, ja quero!
    Obrigada, Beijos !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma leitura curta, mas que vale muito a pena, no final fiquei muito tocado com tudo que li, uma pequena joia escondida.

      Excluir
  14. Olá! Nossa o livro parece ser uns daqueles bem malucos, ainda mais com essa capa e esse nome, em um primeiro momento, "fugiria para as colinas" em relação a ele (risos). Ainda bem que existem as resenhas para nos dar uma luz, por se tratar de uma leitura rápida, acho que a história fica ainda mais interessante, afinal não vamos sofrer durante milhares de páginas para descobrir o que poderá ter acontecido a essa família que mudou sua rotina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma leitura super rapida e contagiante, vale muito a pena ser conferido!

      Excluir
  15. Patrícia Walléria25 fevereiro, 2018

    Mesmo depois de ler a resenha, não sei muito o que esperar do livro. Em geral gosto de livros loucos, mas não sei se esse seria o caso. Acho que talvez porque você disse que é um pouco triste, e eu gosto mesmo é de finais felizes, daqueles que você ri à toa. Não que eu nunca goste de finais tristes (A Menina que Roubava Livros que o diga), mas esse não me cativou.
    Acho que não expliquei nada com nada. kkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário combinou com o livro, falou pouco, falou loucuras, porém sinceras kkkkkk agora mesmo que você precisa conferir Esperando Bojangles :)

      Excluir
  16. Oi, Rafael!
    Essa é a primeira vez que leio algo sobre esse livro, e sinceramente não sei o que esperar dessa história. Gosto de livros diferente e talvez esse que é cheio de loucuras seja um boa indicação para quem curte livros assim.
    Bjos

    ResponderExcluir