QUANDO BELA DOMOU A FERA

SINOPSE: Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher. Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu? Eloisa JAMES - Editora ARQUEIRO - 2017 - 320 Páginas.

QUANDO BELA DOMOU A FERA é uma releitura de A BELA E A FERA, o livro foi escrito pela autora Eloisa James e lançado pela Editora Arqueiro, como indicação da nossa querida Julia Quinn. 

Linnet Berry Trynne é considerada uma das joias mais raras da temporada. Dona de uma beleza estonteante, a jovem sabe o seu potencial. Porém, um pequeno engano coloca sua reputação em risco. Depois de ter sido flagrada beijando Augustus, duque de Sussex, sua reputação foi para o lixo e agora, para piorar sua situação, todos acham que ela está grávida. 

Assim, seus dias como uma bela debutante estão acabados, ela se vê em uma situação bem complicada, arruinada perante a sociedade, com uma má reputação e sem perspectiva nenhum de arrumar um bom casamento. 

Para dar um fim em toda essa situação, seu pai, junto com sua tia, vai em busca de alguém que possa se casar com ela e assim abafar tudo o que está acontecendo. E é aí que entra o Duque de Windebank: ele é um homem que quer muito casar seu filho, Piers, um homem recluso que não é conhecido por ter um bom carácter e seu apelido nas horas vagas é nada menos que a Fera. 

Linnet é mandada para o país de Gales, para conhecer seu noivo Piers Yelverton, o conde de Marchant. Ela está em plena ciência de sua beleza e características físicas, porém, pela primeira vez, ela acha alguém que aparentemente é imune ao seu charme e beleza. 
– Acho que talvez você não tenha percebido que sua noiva entrou na sala.
– Boa noite, noiva.
– Belzebu – cumprimentou ela, inclinando a cabeça.
Piers Yelverton é um homem que vive recluso, conhecido por ter uma personalidade forte e não ser nem um pouco social. Ele fica surpreso e indignado ao saber que seu pai quer que ele se case com Linnet. O relacionamento entre pai e filho é bem complicado, isso ocorre, pois, ainda há muita dor entre eles, e Piers não está nenhum pouco inclinado ao perdão. 

Piers é um personagem que, com certeza, foi inspirado em Dr. House, da série de TV com o mesmo nome. Piers tem um problema na perna, resultante de uma ocorrência de quando ainda era criança e, por isso, precisa do auxílio de uma bengala para se locomover. Sua personalidade também é muito parecida com House, ele é um médico, frio e sincero ao ponto que doí, não mede palavras com ninguém, e eu achei isso encantador nele. 
O homem tem um temperamento péssimo. É um médico brilhante, ou ao menos é o que todos dizem, mas tem o temperamento de um demônio.
Nesta releitura, iremos conhecer dois personagens que não poderiam ser mais diferentes, mas que, no final, um acaba completando o outro. A caminhada até o felizes para sempre é complicada e muito dolorosa, pois temos mágoas e desavenças familiares que não irão continuar no armário.

Eu estou encantada com a escrita dessa autora, ela tem uma característica muito interessante no seu livro, que é o humor negro. Os diálogos são para lá de interessantes, os personagens, na minha humilde opinião, foram muito bem desenvolvidos e o romance deixou um gostinho de quero mais.

Um ponto que para mim foi o ápice da leitura, foi a personalidade do personagem masculino, eu já li muitos romances de época, porém ainda não tinha visto um personagem que caísse tão bem no seu papel como foi o Piers. Ele não é exatamente aquele personagem que você gosta de cara, não é encantador e não tem um carisma único, porém, quando ele, enfim, consegue colocar para fora tudo o que está sentindo ou tentando esconder, é impossível não gostar e torcer pela felicidade dele.
Para sua total surpresa, ele sentiu um rugido subindo por sua garganta. Ciúme, diagnosticou. Juntamente com uma pitada nojenta de sensibilidade egoísta. Não a quero, mas também não quero que ninguém tenha meu novo brinquedinho radiante.
A diagramação está bem simples, folhas amareladas e letras confortáveis, a capa é encantadora, a cada novo capítulo temos uma pequena imagem de uma rosa. A narrativa é feita em terceira pessoa, alternada entre os personagens, e encontrei apenas um erro durante toda a leitura.

QUANDO BELA DOMOU A FERA é um livro que tem uma pegada mais sensual, nada muito vulgar ou fora de contexto, porém, sim, a química entre os personagens rola solta. A autora trouxe algumas reflexões sobre o amor próprio, mágoas, segundas chances e, acima de tudo, perdão. No contexto geral, essa foi uma leitura que desfrutei bastante. Recomendo o livro com toda certeza.

Compartilhe este post:

Marlene Conceição

Meu nome é Marlene, moro em São Paulo, sou apaixonado por livros, leio conforme meu humor, não tenho um gênero literário definido, gosto de tudo um pouco, irei cursar faculdade de Medicina, amo séries e filmes.

18 COMENTÁRIOS

  1. Oi, Marlene.

    No livro, podemos ver que nem sempre a personificação da perfeição, é o que atrai.

    As diferenças e temperamento forte do Piers, aos poucos, foi o que os uniu. E essa barreira que ele impôs, por ser um homem frio, foi quebrada... E o casamento passou a ser desejado!

    Gosto de livros assim, no qual não estamos acostumados a ver mocinhos sem nenhuma imperfeição. Isso diferencia bastante!

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh! Como eu quero ler esse livroooooo! Sou apaixonada por Romance de Época e A Bela e A Fera é um dos meus contos de fadas preferidos.
    Nunca li nada da Eloisa James mas sei que ela é bem conceituada.
    Já vi que a personalidade do protagonista "fera" foi inspirada no Dr. House de quem sou muito fã também.
    E agora que esse blog aprovou aí mesmo que a vontade de ler aumentou

    ResponderExcluir
  3. Olá Marlene,
    Ainda nã li nenhum trabalho da autora, mas tenho curiosidade ler essa serie (ja que se trata de releitura de contos de fadas).
    Comecei recentemente ler romances de época e comecei a colocar varias na lista para ler, inclusive esse.
    Nao sabia que um dos personagens principais tinha sido inspirado no personagem de House (nunca assisti a série, mas ja ouvi falar do personagem).
    Gostei de saber que o livro contem humor negro, acho que deixa a leitura mais interessante.
    Espero ler esse livro em breve.

    ResponderExcluir
  4. Sou fascinada pelas letras da autora e ando namorando demais estes livros. Se minha pouca memória não falhar, são dois já lançados e tem mais vindo por aí.
    Estas releituras de contos de fadas são fantásticas e esse jeitinho único de colocar as mocinhas não tão frágeis e bobinhas como eram no passado, foi e é uma jogada maravilhosa.
    Outro detalhe importante: capas! As dos dois livros são belíssimas e eu não vejo a hora de poder ler todos!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Amoo releituras de contos de fadas e também Dr House. Eu estava no evento de lançamentos da arqueiro quando falaram sobre esse livro pela primeira vez e fiquei curiosa desde então.

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Já tem algum tempo que quero ler este livro, talvez seja pela escrita envolvente dessa autora, e forma como conseguiu facilmente criar uma releitura com características tão peculiares e originais. Outro ponto que me chamou a atenção, e a forma como os personagens foram bem construído, além de que o personagem masculino em um primeiro momento não nos cativa, mas ao logo da trama nos pegamos envolvido, e torcendo para que houvesse o tão sonhado final feliz.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, apesar de ser uma releitura que não entrega nada de muito original, a caracterização bem feita que James faz dos protagonistas fala por si só, com uma química crível e gradual que faz o leitor entender os personagens e seus dramas. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Nunca fui muito fã de releituras, mas essa sempre me chamou atenção pelo nome e capa. Também nunca tinha lido nada sobre ele, mas com sua resenha já me encantei de cara com a história e os personagens (principalmente pela referência ao Dr House).

    ResponderExcluir
  9. A Bela e a fera é meu conto favorito e adoro ver releituras de contos de fada, então essa série juntou muita coisa que gosto e estou ansiosa pra ler. Gostei dessa mistura que lembra até de Dr. House, do jeito nada simpático e fácil do cara e como deve ser difícil começar a gostar dele. Mas é legal poder ir descobrindo um personagem assim, entendendo e gostando aos poucos. Foi o que mais me chamou atenção. A garota parece daquelas bem determinadas pelo que vi, que não se deixam abalar pelo mal humor do Piers e achei muito promissor as coisas que podem sair com esses dois por isso. Tem uma história interessante. Adoraria conhecer.

    ResponderExcluir
  10. Oi Marlene!
    Já ando de olho nessa releitura desde o lançamento, não vejo a hora de poder ler e conhecer mais sobre os personagens que só de ler as resenhas já me conquistaram.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Oi Marlene!
    A bela e a fera é meu conto de fadas favorito, então quando vi esse lançamento claro que me interessei.
    Apesar de ler algumas resenhas negativas, que diziam que o casal não tinha tanta química, eu já senti ao contrário, parece que vai ser um romance construído aos poucos, não aquele sem pé nem cabeça, rs, e os personagens me conquistaram... Adorei e pretendo ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Quem me conhece sabe que sou muito apaixonada por A Bela e a Fera, e gosto de ler todas os livros que são adaptações da história original. A capa desse livro e também o contexto me deixaram super curiosa também 😍

    ResponderExcluir
  13. OOi
    achei bem interessante a história, mas não gosto muito de releituras de contos
    acho bem melhor a história original!
    mas pra quem gosta vale a pena conferir, obrigada, beijos!!

    ResponderExcluir
  14. Marlene!
    É o seguinte...sou totalmente apaixonada pelos contos de fadas e suas releituras, principalmente se é de A Bbela e a Fera, meu conto favorito de todos.
    E ver que mesmo com algumas modificações do original, o livro é muito envolvente e ainda sabendo que a Fera foi baseada no meu tão amado Dr. House, tenho ainda mais interesse em poder ler.
    Um carnaval de alegria e moderação e bom final de semana!
    “Quer você acredite que consiga fazer uma coisa ou não, você está certo.” (Henry Ford)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  15. Olá! Esse livro traz vários elementos que amo, romances de época baseados em contos de fadas (suspiros), já li os quatro primeiros, na versão de Portugal, e todos são ótimos... confesso que esse é o meu favorito, pois adoro a história da Bela e a Fera, os momentos entre Piers e Linnet são lindos e divertidos.Concordo com você quanto a personalidade de Piers, caiu muito bem e ele sem dúvida ganhou minha torcida e meu coração. O final é emocionante e confesso que rolaram algumas lágrimas.

    ResponderExcluir
  16. Patrícia Walléria25 fevereiro, 2018

    Só de saber que o personagem foi inspirado no Dr. House, pra mim, já vale a leitura! Sou apaixonada. <3
    Acho esse título ruim, à primeira vista não me parece grande coisa, mas a premissa é maravilhosa e tenho certeza de que vou amar!
    Adoro releituras de contos de fadas, e apesar de que essa não parece ter quase nada em comum com a versão original, já tô sentindo que é excelente! <3

    ResponderExcluir
  17. Já li muitas resenhas deste livro, mas ainda não li.
    Amo tudo que tiver relacionado a Bela e a Fera ou qualquer tipo de releitura dos contos de fadas.

    http://garotaeraumavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Marlene!
    Estou de olho nesse livro desde o lançamento dele o ano passado, gosto bastante de releituras de contos de fadas principalmente o da A bela e a fera!! E a editora anda caprichando e muito nessas capas!!
    Bjos

    ResponderExcluir