A LADY DE LYON

SINOPSE: Christina Bennett causou furor na sociedade londrina. A arrebatadora beldade esconde com sucesso o segredo de seu misterioso passado até a noite em que Lyon, o Marquês de Lyonwood, rouba-lhe um beijo ousado e sensual. O arrogante aristocrata com coração de pirata prova o gosto do fogo selvagem que arde por baixo do charme indiferente de Christina e anseia por possuí-la intensamente. Mas a destemida e insolente Christina não será conquistada com tanta facilidade. Dona do próprio coração e de sua fortuna, ela resiste às sensuais carícias de Lyon. Ela se atreve a não se render ao seu amor... pois, se o fizer, também terá que abrir mão de seu precioso segredo... e de seu destino prometido! - Julie GARWOOD - Editora UNIVERSO DOS LIVROS - 2018 - 464 páginas.

A LADY DE LYON é o primeiro livro da série Crown’s Spies, da autora Julie Garwood. Este é o terceiro livro que leio da autora e, mais uma vez, estou aqui cativada pelos personagens e pela escrita. 

Christina Bennett é uma beldade que está causando uma grande comoção na sociedade Londrina. Isso acontece, pois Christina é dona de uma beleza sem igual e, apesar de seus modos impecáveis, todos querem saber por onde ela andou e o que aconteceu nesses anos em que ela esteve desaparecida. 

Christina não teve uma criação normal aos olhos da sociedade. Jessica - sua mãe - estava fugindo do marido após descobrir o verdadeiro caráter do homem com quem casou. No meio dessa fuga, ela conhece Alegria, uma indígena, e em um ato de desespero, pede à mulher que cuide de sua filha se algo ruim acontecesse com ela. Christina cresceu com uma família amorosa, mas nada convencional, e agora, de volta à sociedade, ela terá que ser forte para guardar seus segredos de todos, inclusive de Lyon, o homem que faz seu coração bater mais forte. 

Lyon é um homem sombrio, dono de um caráter irredutível, e por isso é temido por muitos. Lyon não acredita no amor, todavia, pela primeira vez em muitos anos, uma mulher consegue chamar a sua atenção genuína, e essa mulher é Christina, que logo de cara, deixa Lyon confuso com as coisas sem sentido que ela fala, mas que, no entanto, o encantam na mesma proporção. 

A partir desse primeiro encontro, surge então uma luta de vontades. Lyon promete descobrir todos os segredos de Christina, mas logo percebe que quanto mais perto dela ele fica, mais interessado está na pessoa que ela mostra ser. E Christina sabe que precisa resistir à paixão que sente por Lyon, para manter seus segredos a salvo, mas, talvez, ela não seja forte o suficiente para resistir aos sentimentos que ele desperta nela. 

A LADY DE LYON é um livro incrível, com personagens cativantes e um enredo de tirar o fôlego. O prólogo foi algo que me deixou um pouco confusa. Todavia, logo me vi presa a história e nos personagens. 

Christina é uma mocinha bem fora dos padrões, ela cresceu em uma cultura diferente da Londrina e em diversos momentos perde as rédeas de suas ações e deixa transparecer suas verdadeiras origens. Ela é uma moça encantadora, que sonha com o dia em que poderá voltar para sua verdadeira família, ela é teimosa e uma péssima mentirosa no que se diz respeito a Lyon, o que, claro, foi um grande responsável pela fonte do meu divertimento. 

Lyon foi um personagem que eu gostei bastante, apesar de não concordar com algumas de suas escolhas. Ele já foi casado uma vez e colheu os frutos de uma difícil traição, por isso desistiu totalmente da ideia de amor e, apesar dos sentimentos que sente por Christina, tem medo de se envolver demais e acabar com o coração partido pela segunda vez. 

O romance entre o casal foi algo que não me convenceu muito, não, sinto que eles se envolveram rápido, senti falta de algo nessa relação, no entanto, com o passar das páginas, fui me conformando e vendo que o sentimento que ambos tinham era algo realmente bonito. 

Os personagens secundários foram muito bem trabalhados, em especial Rhone, que é o melhor amigo de Lyon. Eu adorei a interação entre esses personagens, a amizade que um tem com o outro é algo realmente bonito e verdadeiro. Outro personagem que se destacou bastante, para mim, foi a Diana, irmã do Lyon. Ela também é uma personagem bem fora do padrão, com uma mania interessante de falar compulsivamente, e eu queria muito que tivesse um livro sobre ela. 

A narrativa é feita em terceira pessoa, pelo ponto de vista dos personagens. Eu encontrei dois erros na diagramação, um deles está na contracapa e o outro foi durante a leitura, onde havia um parágrafo narrado em primeira pessoa, ao invés de terceira. A cada novo capítulo, temos alguns pequenos detalhes bem bonitos, assim como também tem um trecho do diário de Jessica, que me deixou muito angustiada para saber o que realmente aconteceu, onde eu cogitei a possiblidade de ler tudo de uma vez, ao invés de ir acompanhado junto com o livro. 

A LADY DE LYON é uma leitura rápida, com personagens cativantes e muito divertidos. É um livro que fala sobre amor, amizade, família e, acima de tudo, confiança.


Compartilhe este post:

Marlene Conceição

Meu nome é Marlene, moro em São Paulo, sou apaixonado por livros, leio conforme meu humor, não tenho um gênero literário definido, gosto de tudo um pouco, irei cursar faculdade de Medicina, amo séries e filmes.

13 COMENTÁRIOS

  1. Eis aqui uma fã incondicional dos Romances de Época.
    Já conhecia Lady de Lyon do Skoob e as resenhas sempre foram muito boas.
    Isso do romance entre os protagonistas acontecer de forma rápida é sempre presente nesse gênero literário.
    Lady de Lyon parece ter todos os elementos que me cativam em um romance de Época! Com certeza irei adicionar a minha Wishlist!
    Parabéns pela excelente resenha Marlene!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Marlene.

    Bom, está claro que a Christina foi para Londres com um único e objetivo, que foi interrompido com algo inesperado no meio caminho.

    Ela com certeza não esperava que fosse se apaixonar pelo Lyon.

    ResponderExcluir
  3. Aí está um gênero que gosto demais, romances de época e cada vez mais eles tem tomado às mãos e estantes dos leitores.
    Já havia lido duas resenhas deste livro e o que mais chama atenção a princípio é a capa, muito linda.
    E condizente com o enredo quando a gente lê a sinopse e resenha.
    Fiquei meio apreensiva com a falta de construção do romance do casal, sei lá, gosto do amor construído e não rápido,mas mesmo assim, se tiver oportunidade, quero muito poder conferir a história.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Marlene!

    Como uma fã de romance até os de época, não vou deixar de ressaltar essa capa belíssima do livro, eu já tinha visto alguns resenhas positivas sobre essa história e fiquei muito encantada pela personagem principal ser totalmente diferente das que sou acostumada a ver nos livros que leio, e o que falar do Lyon, já quero demais ler esse livro. Amoooooo personagem masculino que volta a abrir o coração quando encontra a mulher certa.😍😍😍 Adoreeeei a resenha, esse livro já está nos meus desejados. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Já vi falando super bem dessa autora e por isso deu vontade de ler coisa dela. Esse livro parece bem interessante. A mocinha fora dos padrões pela criação diferente dela me chamou atenção. Gostaria de entender e descobrir esses segredos dela também. E o mocinho com esse mal histórico no amor já me deixa ansiosa pra ver um final feliz, para os dois. Tenho uma certa birra de romance rápido, quando jogam aquele amor pra cima da gente sem muito envolvimento, mas pode ser legal ver o sentimento crescer nos dois, como vão interagindo e tal. Parece um livro bom, acho que iria gostar.

    ResponderExcluir
  6. Oi Marlene.
    Eu adoro esse gênero literário, então quero muito ler esse livro.
    A criação de Christina é bem diferente dos padrões da época, e isso deve resultar em uma personalidade e comportamentos peculiares da parte dela. Lyon parece um personagem bem interessante e fiquei curiosa para saber mais dele.
    Que pena que o romance entre os dois não foi tão bem desenvolvido. Mesmo assim, ainda quero muito ler esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Já havia colocado o livro na lista de desejados quando lançou, e agora tenho mais certeza de que pretendo ler.
    Achei a protagonista fora do comum para a época em que o livro se passa, e sabendo que a narração intercalada entre o presente e o diário de sua mãe biológica, eu gostei mais ainda, achei interessante saber mais do passado de Christina. Não sei se Lyon será o mocinho que eu espero, ele parece um tanto pretensioso, mas acredito que durante a leitura irá me conquistar...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Marlene!
    Adoro qdo os livros são de leituras rápidas, sem enrolação e com um enredo tão lindo como este...
    Já está na minha listinha aguardando uma oportunidade, eu amei essa capa.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Espero ter a oportunidade de ler este, ainda não dei atenção ao gênero, mas em breve o farei e já pus este livro na lista <3

    ResponderExcluir
  10. Oi Marlene!
    Adoro o gênero e me interessei bastante por este livro. Achei os personagens muito cativantes, e uma pena que o romance deles não tenha te convencido, acho uma parte muito importante nesses livros. Uma pena os erros encontrados mas como são poucos acho que ainda é válido a compra.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Gosto demaisss do gênero, ele livro vai com certeza para minha lista de desejos

    ResponderExcluir
  12. Esse livro esta em todos os blogs e sempre falam muito bem dele. Romances de época são meus preferidos, amo a todos. Quero muito ler essa série por completa.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Marlene!!
    Gosto muito de romances época esse estar bem interessante, mesmo não tendo lido nada da Julie Garwood ainda. E que capa linda!!
    Bjos

    ResponderExcluir