DE VOLTA PARA CASA

SINOPSE: Crianças sempre desapareceram nas condições certas: escorregando pelas sombras debaixo da cama, atrás de um guarda-roupa ou caindo em buracos de coelhos e em poços velhos, para emergir em algum lugar... diferente. Nancy viajou para um desses lugares, e agora está de volta. As coisas que ela viu... mudam uma pessoa para sempre. E as crianças sob os cuidados de Eleanor West compreendem isso muito bem: cada uma delas procura a porta de volta ao seu próprio universo fantástico, mas poucas conseguem encontrá-la. Afinal, mundos mágicos têm pouca utilidade para crianças cujos milagres já foram usados. A chegada de Nancy marca também uma terrível mudança no internato. Há uma escuridão pairando à cada esquina, e quando a tragédia ataca, Nancy e seus colegas precisam desvendar o mistério. Não importa o custo - Seanan MCGUIRE - Editora MORRO BRANCO - 2018 - 186 páginas.

Crianças do mundo todo desaparecem nos mais improváveis locais. E, muitas vezes, elas vão para outros mundos. Nesses mundos, não só os costumes são diferentes, como também os habitantes e o próprio tempo. Foi o que aconteceu com Nancy. A garota de 17 anos acabou encontrando uma porta e, desde que foi obrigada a retornar ao nosso mundo, nunca mais se sentiu em casa.

Eleanor mantém um lar para crianças que vivenciaram experiências como a de Nancy, uma espécie de colégio interno onde os pais deixam os filhos que, segundo eles, estão tendo delírios e acreditam terem estado em outro mundo. Acontece que Eleanor sabe que nada disso é loucura. Afinal, ela própria passou por isso.

O objetivo do lar é ajudar esses jovens a voltarem para suas verdadeiras casas, ou ao menos para dar a eles um espaço onde podem se sentir normais.

Nancy, a nova moradora do lar, nos é apresentada logo nas primeiras páginas. A personagem conduz muito bem o leitor pelo livro, pois, assim como nós, ela não entende muito bem o que está acontecendo e vai explorando o ambiente e conhecendo os diferentes mundos gradativamente.

Ao longo da leitura, muitas coisas acontecem e a história fica cada vez mais envolvente. Nos apegamos aos personagens a às suas peculiaridades e conseguimos nutrir um carinho por cada um deles.

A paixão que os personagens sentem pelos mundos em que estiveram e a esperança de um dia retornarem, dá ao livro um tom melancólico, já que sabemos que as chances de voltarem são muito pequenas.

Por se tratar de um livro do gênero Realismo Mágico, encontramos muitas referências ao longo da leitura, até mesmo referências literárias. O que torna a leitura ainda mais gostosa.

Há mais meninas do que meninos que encontram essas portas que ligam diferentes mundos. E a explicação para isso é simplesmente fantástica. A autora conseguiu inserir uma série de reflexões, analogias e críticas à nossa sociedade no livro. Além disso, a história tem muita representatividade e conta até com personagens de diferentes identidades de gênero e sexualidades.

DE VOLTA PARA CASA é uma novela, ou seja, é maior que um conto e menor que um romance. O livro tem 186 páginas e é um deleite do começo ao fim. A trama prende o leitor e o desejo por conhecer melhor esses lugares em que as crianças estiveram nos faz não querer largar o livro.

Os Salões dos Mortos, a Confeitaria, o Mundo da Teia e o Prisma são alguns dos lugares citados. E, só por esses nomes, a gente já fica curioso. A escrita da autora é bem gostosa de ler, com muitas detalhes e uma narrativa com tom poético.

A edição é lindíssima. A Editora Morro Branco fez um trabalho maravilhoso. O livro tem capa dura, todo início de capítulo traz uma ilustração e a diagramação está perfeita. Esse é um livro que qualquer leitor vai querer ter na estante.

Compartilhe este post:

19 COMENTÁRIOS

  1. Nunca imaginei que De Volta Para Casa era um livro de Realismo Fantástico. Acreditava tratar se ou de um trillerr ou até mesmo de um romance açúcarado.
    Gostei muito da sinopse. Lembrei logo d um livro que li na infância chamado No reino perdido do Beléleu onde as coisas e objetos perdidos iam.
    Notei que diz volume 1, isso quer dizer que terá mais livros?

    ResponderExcluir
  2. Oi, Priscila.

    Todo esses universos paralelos e que não remetem à imaginação das crianças, dão oportunidades delas serem inseridas e viverem novas realidades.

    A ideia da autora em criar todo esse enredo, é fantástica!

    ResponderExcluir
  3. Achei diferente esse ideia de um mudo e principalmente da autora tratar das consequência de quado elas volta, pois todos os livros que vejo nessa linha temos a historia focado no lugar para onde elas foram

    ResponderExcluir
  4. Olá Priscila!
    Eu amei conhecer esse livro, nunca tinha ouvido flar dele, que tema heim, a autora parece ter feito um excelente enredo, faz tempo que não leio livro do gênero será uma oportunidade e tanto conhecer a obra.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá, confesso que achei a trama um pouco parecida com O Orfanato da Sra. Peregrine Para Crianças Peculiares, mas ainda é possível absorver algo de novo da obra, que com poucas páginas vai de criticismo social a fantasia infanto juvenil. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Li a resenha deste livro recentemente e fiquei encantada com o enredo criado. Apesar de trazer este ar melancólico, a estória parece ser toda mágica, ingênua e isso de trazer um livro que não é propriamente um livro, também é uma jogada de mestre.
    No mais, é infanto-juvenil e por ser assim, já é pedida para querer conhecer mais deste universo fantástico.
    Já está na lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da premissa dele e foi um livro que já coloquei nos desejados. E parece bem louco pra uma trama tão pequena. Gostei dessa ideia de mundos e como a personagem da Nancy deve ter se sentido estranha depois de uma experiencia assim, como a Eleanor tenta ajudar do jeito que pode...é bem interessante por ser tão diferente. E fiquei curiosa com isso da diferença entre meninas e meninos, porque delas encontram mais essas portas. Já falou mais uma coisa pra atiçar a vontade de ler. Gostei.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Priscila!!
    Que livro mais interessante sem dúvida é uma história bem empolgante. Achei bem intrigante os personagens irem para mundos paralelos e também existir uma lugar que acolham essas crianças. Sem dúvida é uma novela muito legal!! Adorei a indicação!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Oi Priscila!
    Gostei da história e fiquei curiosa pra saber todo esse mistério que cerca. Achei muito interessante o fato da personagem não saber muito, então meio que estamos descobrindo junto com ela. Eu acho que isso nos passa uma intimidade maior com a protagonista. Além disso adoro livros recheados com críticas implícitas e explicitas à toda a sociedade. Ótima indicação!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Passada com esse livro,adoro essa passagem de tempo entre um mundo e outro e a complexidade da trama quando bem construída,fiquei intrigada

    ResponderExcluir
  11. Parece ser uma história bem interessante, porém a passagem de tempo entre um mundo e outro confundiria muito minha cabeça, sou meio ''lerda'' haha, mas quem sabe algum dia eu leia.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia Priscila!
    Desde quando vi a resenha desse livro em um ig que sigo logo fiquei interessada, mesmo não sendo o gênero que geralmente eu leio, mas a premissa da história me chamou aatenção e instigou minha curiosidade, gostei bastante também da capa.esse já está na minha wishlist desde o começo do ano para qquando eu tiver condições poder comprar e ler.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Oi Priscila.
    Vi vários comentários sobre esse livro e estou bastante ansiosa para lê-lo.
    Fiquei super curiosa para saber para aonde essas portas dão. Parece que a narrativa é bem envolvente e que tem bastante ação.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Não sabia que esse livro tinha poucas paginas, essa foi uma historia que logo me chamou atenção, gostei de temos uma historia girando em torno do depois, pois sempre que lemos um livro ele conta a jornada, fiquei curiosa para saber mais sobre onde que a personagem foi e quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  16. Olá Priscila.
    Infelizmente não li nada do gênero Realismo Mágico, na verdade nem o conhecia, rs. Achei que a história seria bem adolescente, mas pelo contrário, conhecer esses mundos nos quais as crianças viajam deve ser incrível, e fiquei bem curiosa pelo motivo das meninas acharem as portas mais do que os meninos, não consigo se quer imaginar um motivo. A história foi bem conduzida, eu me interessei e pretendo ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia o livro e nem a editora, mas para a primeira impressão gostei bastante. Realmente o título e a capa não dão ideia de fantasia. Mas é uma história fantástica que chamou minga atenção.

    ResponderExcluir
  18. Tenho esse livro aqui, preciso guardar um tempinho para lê-lo, a premissa me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  19. Tenho esse livro aqui, preciso guardar um tempinho para lê-lo, a premissa me deixou curiosa.

    ResponderExcluir