IMPIEDOSA

SINOPSE: Ao contar a história de cinco garotas envolvidas num sombrio ritual de exorcismo, Danielle Vega desperta no leitor aquele arrepio de medo típico das boas histórias de terror, ao mesmo tempo que o mantém ávido pela próxima página. Na trama, Sofia Flores é a garota nova da escola que, ao ser aceita pelo grupo de meninas populares e aparentemente certinhas de Adams High, acaba no centro de uma perigosa teia de mentiras, dissimulação e rituais assustadores que culmina, numa certa noite, numa espécie de exorcismo mais próximo da tortura do que da salvação - Danielle VEGA - Editora ROCCO - 2018 - 272 páginas.

Eu acho que a informação mais importante que o leitor precisa receber antes de começar a ler IMPIEDOSA, é que o livro é o primeiro de uma série, que já tem quatro volumes publicados no estrangeiro. Quando eu comecei a ler, não sabia dessa informação, e conforme a história avançava, eu ficava com receio de que não houvessem páginas suficientes para esclarecer tudo, ou que as coisas terminassem em aberto. E realmente terminam, mas, como disse no início, porque se trata de uma série e não de um livro único.

No primeiro dia de aulas, Sofia logo se enturma com Riley, Alexis e Grace, as três garotas mais populares do colégio. Mas ela também sente uma ligação com Brooklyn, a garota rebelde, que se veste de forma dark e tem atitudes bizarras. Além, claro, de ter um crush por Charlie, o garoto que é amigo de todos.

Sofia é latina e tem no passado um trauma que o leitor vai conhecendo aos poucos, em momentos específicos da trama. O curioso desses flashbacks não é o mistério, mas a estranheza das recordações, como se algo estivesse fora do lugar, como se não batesse com a Sofia do presente. Ela mora com a mãe e ajuda a cuidar da avó, que sofreu um derrame e passa os dias em uma cama, sem falar ou se mover. Aliás, a única coisa que a avó fala, é sobre a vinda de um diablo!

Riley é a líder do grupo, é tipo aquela garota meio bitolada pela religião, que tem atitudes que chegam perto da paranoia. Para ela, tudo pode ser salvo pela fé, pelas rezas, enquanto o que não pode ser salvo, pertence ao demônio. Na onda, vão as outras duas meninas, Alexis e Grace. Mas as três possuem segredos, fatos obscuros do passado que são revelados aos poucos de uma forma dúbia, como o leitor fica sabendo da metade para o fim do livro.

Brooklyn é o objeto de desafeto de Riley, Alexis e Grace. No passado, as quatro eram grandes amigas, mas Brooklyn mudou seu comportamento de uma hora para a outra e se afastou, começando a conviver com pessoas estranhas e a ter comportamentos mais estranhos ainda. Com a chegada de Sofia, e como ela cria amizade com Brooklyn, Riley vê uma oportunidade para descobrir o que aconteceu com Brooklyn, e, quem sabe, conseguir trazê-la de volta ao convívio do grupo.

Mas a forma que Riley encontra para isso, está na convicção de que Brooklyn precisa ser exorcizada, porque ela está possuída por algum demônio. A partir daí, começa uma sucessão de eventos que direcionam as cinco garotas para uma tragédia anunciada, onde o resultado pode, ou não, ser manipulado por alguém que não é de nosso mundo.

Apesar do gênero fantástico/terror, IMPIEDOSA não chega a meter medo, apenas repulsa e indignação pela forma como os personagens, levados pelo fanatismo, caminham para a destruição total. Confesso que não acreditei que existisse realmente alguma presença maligna na história, apesar da sinopse dizer o contrário, mas a forma como ela aparece e em quem ela aparece, pegou-me desprevenido.

Na verdade, IMPIEDOSA é um exemplo de como criar uma narrativa em primeira pessoa que consegue enganar o leitor. O segredo está na quantidade de informação que é passada, e na forma como é passada. O leitor é levado em uma direção, porque acredita que os relatos são verdadeiros, e realmente são, pelo menos do ponto de vista de quem narra. Mas, quando chega ao clímax, descobre que o narrador pode não saber de tudo, ou o que sabe, pode não ser a realidade. Essa mistura do que é real com o que não é real, torna-se o grande mérito do livro, e o gancho para que exista um interesse em ler as continuações, que espero que a editora lance no país.

A história de IMPIEDOSA segue a linha de outras voltadas para o mesmo público, como ANNA VESTIDA DE SANGUE, ASYLUM, SUPERNATURAL, CIDADE DOS FANTASMAS, entre outros. Entretanto, ao contrário desses exemplos, quando chegamos ao final, descobrimos que, às vezes, não existem heróis, que o mal pode estar presente em muitos lugares, inclusive naquele que você mais confia. E quando descobrimos onde ele está, o livro termina, deixando aquela vontade de pegar logo a continuação. Acho que esse foi o objetivo da autora. E ela conseguiu com sucesso!

Compartilhe este post:

Carl

Tenho várias paixões: livros, gibis (muitos gibis), filmes, séries e jogos (muitos jogos de PC e consoles), fotografia, natação, praia e qualquer chance de viajar para conhecer novos lugares e pessoas. Lamento o dia ter apenas 24 horas - é muito pouco ;>) -, e não saber desenhar O.O

11 COMENTÁRIOS

  1. Pelo título e capa nunca iria dizer que é um livro de terror fantástico. Até o meio da resenha achava q era YA.
    Não curto terror muito não

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carl.

    Com essa aproximação da Sofia com essas outras garotas, acredito que ela vai trazer à tona diversos fatores envolvendo a convicção de algo (ou, como queiram dizer), e o que ela faz com as pessoas, como ela vai adentrar na vida de cada um e surtir algum efeito.

    ResponderExcluir
  3. Como não conhecia o livro, estou aqui fascinada com tudo que li acima. Mas claro, mantendo meus pés bem atrás pelo simples fato do livro não ter continuação ainda aqui no Brasil. Sei lá, e o desespero por respostas? Onde fica?
    Desde o título, capa, sinopse e resenha, já dá aquele nó na garganta, pois a gnte percebe nitidamente que vai acontecer algo que está além, mas o que?
    Vai para a lista de desejados com certeza, mas de preferência, ler quando já houver os demais livros.rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Sou louca pelas publicações da Rocco,minha editora amorzinha e fiquei mega empolgada com essa resenha, amo séries de Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi Carl!
    Gosto de histórias de terror, e no geral fico presa ao livro até o final.
    Fiquei curiosa sobre toda essa história de real ou não, e amo que o livro me surpreenda então esse já tem um pontinho a mais. Gostei também do que vi um pouco dos personagens, e suas descrições. Vou esperar o lançamento dos próximos pra dar uma chance a leitura pois sempre fico muito agoniada quando vejo alguns pontos a serem revelados na continuação.

    ResponderExcluir
  6. Bem doida essa história, achei interessante pelas coisas com que brinca. A personagem da Sofia já deixa a gente curioso com esses flashbacks e deve ser legal ir entendendo o passado dela aos poucos. Riley já me deixou foi com medo do que acharia dela. Não gosto de extremos e extremos de religião então...ai ai. Os segredos e esses detalhes da trama me chamaram atenção. Como cada personagem acredita nas coisas e aquilo é verdade pra eles e chega a enganar a gente...é legal isso, seria bom de ler. Mas sendo série ainda esperava mais livros saírem aqui.

    ResponderExcluir
  7. Olá Carl!!
    Adorei conhecer o livro, já tinha ouvido flar dle mas nunca tinha lido nd sobre, curti mto pois o enredo parece agradar e a leitura fluir bem, espero ler um dia.
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  8. Terror não é dos meus gêneros preferidos porém me interessei na história, parece ser ótima. E o melhor é que tem continuação!!

    ResponderExcluir
  9. Oi Carl.
    A premissa desse livro é bem interessante e é bom saber que ele te surpreendeu positivamente.
    Apesar de não ser fã do gênero terror, fiquei com bastante vontade de ler o livro e saber o que realmente acontece com Riley, Alexis e Grace.
    Achei a capa lindíssima.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, pela resenha parece ser uma historia bem interessante, principalmente por todo esse mistério que cerca a trama, os personagens parecem ser bem construídos e agregarem a trama, fiquei curiosa para saber mais !!

    ResponderExcluir
  11. Oi Carl,
    Bela jogada que a autora fez em levar a história para um caminho diferente surpreendendo o leitor. Eu também não esperava que houvesse de fato algo sobrenatural, imagine que isso seria só na cabeça de alguns personagens, porque convenhamos, o fanatismo religioso causa isso, e não é só na ficção!
    Gostei bastante da proposta do livro, espero que lancem os próximos log, porque ficar aguardando é uma tormenta, rs.
    Beijos

    ResponderExcluir