O DUETO SOMBRIO

SINOPSE: Na sequência final de A Melodia Feroz, Kate Harker precisa voltar para Veracidade e se unir ao sunai August Flynn para enfrentar um ser que se alimenta do caos. Kate Harker não tem medo do escuro. Ela é uma caçadora de monstros - e muito boa nisso. August Flynn é um monstro que tinha medo de nunca se tornar humano, mas agora sabe que não pode escapar do seu destino. Como um sunai, ele tem uma missão - e vai cumprir seu papel, não importam as consequências. Quase seis meses depois de Kate e August se conhecerem, a guerra entre monstros e humanos continua - e os monstros estão ganhando. Em Veracidade, August transformou-se no líder que nunca quis ser; em Prosperidade, Kate se tornou uma assassina de monstros implacável. Quando uma nova criatura surge - uma que força suas vítimas a cometer atos violentos -, Kate precisa voltar para sua antiga casa, e lá encontra um cenário pior do que esperava. Agora, ela vai ter de encarar um monstro que acreditava estar morto, um garoto que costumava conhecer muito bem, e o demônio que vive dentro de si mesma - V. E. SCHWAB - Editora SEGUINTE - 2018 - 448 páginas.

O DUETO SOMBRIO é o segundo e último volume da duologia MONSTROS DA VIOLÊNCIA, da autora V. E. Schwab. Como o próprio nome indica, esse é um livro bastante sombrio. Enquanto que A MELODIA FEROZ (resenha, AQUI) era muito mais um livro adolescente com um pano de fundo fantástico, esse segundo volume não deixa espaço para conversas despreocupadas e romances fofos.

O ritmo frenético, aliado aos elementos de terror, ao horror psicológico e ao tom melancólico, tornam esse livro completo. O DUETO SOMBRIO se passa num cenário no estilo pós-apocalíptico, que me lembrou muito o livro EU SOU A LENDA, com monstros que saem à noite, exigindo que as pessoas se escondam e se tranquem.

Kate e August nunca estiveram tão sozinhos, e essa solidão exerce mudanças profundas nos personagens. Cada um precisa lidar com seus próprios problemas, superar as próprias dificuldades e lutar contra os próprios demônios.

Nos aprofundamos ainda mais nos personagens e torcemos pelo reencontro. Enquanto que August sucumbe cada vez mais ao monstro que há dentro dele, Kate permite que seu lado mais sensível apareça.

O vilão que surge nesse livro é realmente assustador, com toda sua crueldade, sadismo e um desejo por vingança que beira a loucura. Além disso, um novo monstro também é inserido na história e a forma como ele se alimenta é perturbadora, tornando o livro ainda mais eletrizante.

Todos os personagens são muito bem explorados, o universo se expande, com novas cidades e novos monstros, dando mais profundidade à trama, e os conflitos são abordados com maestria.

Schwab foi fantástica em não enfiar no leitor um romance goela abaixo. Muito pelo contrário, ela nos faz ansiar pelo romance, ela nos faz ver o quanto os personagens combinam e perceber a sintonia entre eles.

A confidencialidade e a confiança que Kate e August têm um no outro é o que torna esses personagens mais humanos, pois eles sabem que um mundo de monstros exige pessoas duras, mas também precisam descobrir que não dá para ser duro o tempo todo.

As mudanças pelas quais os personagens passam são tão gradativas que, de forma alguma, soam artificiais, tudo ocorre de forma muito natural e verdadeira.

Schwab me conquistou de vez. Até agora eu ainda não tinha amado nenhum livro da autora, mas O DUETO SOMBRIO me ganhou e agora eu quero ler tudo o que essa mulher escrever.

Apesar de o final não ser muito conclusivo e deixar algumas coisas em aberto, eu gostei da conclusão e acho que algumas coisas ficaram em aberto simplesmente porque precisava ser assim.

Eu recomendo fortemente essa duologia, que se tornou uma das minhas histórias favoritas. Vou sentir muita saudade desses personagens.


Compartilhe este post:

13 COMENTÁRIOS

  1. Conheci a duologia nas Lives da Seguinte no Facebook.
    Victoria pelo que li na resenha se superou no segundo livro, algo muito difícil em duologia trilogia e série.
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  2. Oi, Priscila.

    Acho que o surgimento de um novo monstro e essa mudança ocorrida nos personagens, será muito importante para um momento tão decisivo, que pode afetar à todos. Afinal, a violência está mais à solta do que nunca.

    ResponderExcluir
  3. Namoro essa duologia já tem um tempinho e quando este segundo livro foi lançado e começaram as resenhas, a vontade de ler ambos os livros só aumentou.
    Ainda mais agora lendo que pode até lembrar Eu Sou a Lenda(filme que adorei)
    Além da união entre os dois personagens, claro que há o medo, o não saber de onde virão os "ataques". E fiquei bastante animada com o final não tão conclusivo. Será que vem mais coisa por aí??
    Estão na lista de desejados e espero ler ambos os livros em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Bom saber que esse ganha grandes proporções. O jeito do primeiro livro parece ótimo e esse manter o estilo e ainda melhorar é muito bom. Achei curioso lembrar de Eu sou a lenda, já me deu uma ideia do clima da história. E a vontade de saber como é esse vilão, aquele monstro e do que se alimenta, como foi feito tudo isso com os personagens deixa a gente com vontade de ler. A falta de romance também achei legal. Que tenha mas que não seja focado nisso, que não seja tão explorado assim e deixe espaço pra história é bem legal. Tá parecendo um ótimo livro.

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante da capa, é tão linda e estou bem curiosa. Li a resenha do primeiro em algum lugar, mas deixei para depois e agora estou aqui com a do segundo. Vou dar uma chance à duologia. Adorei a resenha :)

    ResponderExcluir
  6. Olá Priscila, adorei a resenha. Conheci a duologia a pouco tempo e desde então quero muito poder ler... Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Priscila!
    Ainda não li os livros mas achei interessante esse vilão bem construído, romance na hora certa, e personagens aparentemente cativantes. Parece realmente uma boa leitura.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Priscila!
    Eu acho a capa desse livro uma lindeza de maravilhosa, eu tô querendo demais obter o primeiro e esse, meu apaixonei pela história só de ler a premissa. Não vejo a hora de ter os dois livros com essas capas maravilhosas para embelezar minha estante. 😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  9. Oi Priscila,
    Ah, que bom que a história fez jus ao nome que traz, mesmo gostando das resenhas que li do livro anterior, tinha sentido que estava faltando um pouquinho de ação... Minha maior curiosidade é conhecer o universo que a autora criou.
    Sobre os personagens, é legal acompanhar não só a batalha que ocorre fora, mas também os sentimentos pessoais deles.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Priscila.
    Ainda não li nada da autora, mas vou começar por essa duologia. Já comprei o primeiro livro.
    É ótimo saber que o romance não é o foco da história e é algo almejado pelos leitores. É horrível quando os autores deixam a trama de lado só para abordar o romance.
    Fico feliz em saber que você gostou bastante do último livro, mesmo com algumas coisas deixadas em aberto.
    Espero gostar tanto quanto você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Priscila!
    Eu tenho o vol 1 mas ainda não consegui ler, estou atrasada com minha leituras, mas espero conseguir concluí-las e já pegar pra ler estou curiosa pra conhecer a história....
    bjs!

    ResponderExcluir
  12. Li a resenha desse livro em outros blogs e gostei muito. Apesar de ter achado a capa um pouco sem graça, a leitura parece ser agradável.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Priscila!
    Gostei muito de saber que a autora não perdeu a mão nesse segundo livro!! Estou com primeiro livro para ler mas ainda não consegui, mas logo vou fazer essa leitura.
    Bjos

    ResponderExcluir