MAIS QUE AMIGOS

SINOPSE: Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento. Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro - pelo menos não para se envolver. Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo? - Lauren LAYNE - Editora PARALELA - 2018 - 256 páginas.

Parker e Ben são melhores amigos desde a faculdade e, ao longo dos anos, um se tornou o porto seguro do outro. Agora, muito tempo depois, eles dividem um lindo apartamento. Ambos têm uma vida financeira estável: Parker namora Lance há mais de cinco anos; e Ben segue sendo um mulherengo incurável. 

As coisas estavam indo bem, até que Lance decide terminar o relacionamento com Parker. Ela fica mal por alguns dias, depois percebe que, pela primeira vez em muito tempo, tem a oportunidade de aproveitar a vida de solteira sem ter que pensar no relacionamento e tudo que vem junto com ele. Mas Parker logo percebe que a coisa toda de uma noite só não é para ela e decide fazer uma proposta para o Ben: uma amizade colorida! Afinal, ele é seu melhor amigo e uma das pessoas em que ela mais confia. 

Eles embarcam de cabeça nessa nova fase da “amizade” deles, mas o que acontece quando os sentimentos começarem a surgir? Como lidar com o ciúme? Com a paixão? Como lidar com o fato de que eles não têm futuro? Ou será que tem? 

MAIS QUE AMIGOS é uma leitura rápida, que apresenta ao leitor a dinâmica de uma amizade baseada no companheirismo. Este não é um livro profundo, muito pelo contrário, é aquele tipo de história para te tirar daquela ressaca literária e deixa seu coração quentinho. 

Eu me apaixonei pelos personagens, em especial o Ben, que para mim foi o que mais se destacou e cresceu ao longo da história. Ele é aquele típico mulherengo assumido, bonito, carismático, que sempre tem uma mulher em sua cama. No entanto, ele se mostrou um amigo maravilhoso, que sempre estava ali para apoiar a Parker nos momentos difíceis, e essa foi uma das qualidades que eu mais admirei nele. 

Parker foi uma personagem que eu gostei, mas que, se fosse minha amiga, ganharia umas boas sacudidas para cair na real. Ela é uma mulher inteligente, teimosa, que sabe o quer na sua vida profissional, mas anda meio perdida quando o assunto é relacionamentos. Eu gosto que ela não julgava o Ben pelo seu estilo de vida e o apoiava quando necessário, mas, sendo sincera, algumas das atitudes dela me incomodaram profundamente e acho que o Ben era mais amigo dela, do que ela era dele. 

Em relação à parte física do livro, essa capa foi a primeira coisa que me chamou a atenção. Apesar de não ser muito fã desse tom de rosa, achei que combinou bastante com a história. A diagramação está bem simples, folhas amareladas e letras confortáveis, não encontrei nenhum erro durante a leitura. 

A narrativa é feita em primeira pessoa, pelo ponto de vista de ambos os personagens, o que nos dá uma visão mais ampla do que cada um está sentindo. Essa é uma leitura rápida e muito fluída, e eu literalmente li o livro em uma sentada, essa não é uma história cheia de reviravoltas, nem nada do tipo, tudo é muito clichê e esperado, mas, no caso deste livro, isso, com certeza, não é algo ruim. 

MAIS QUE AMIGOS foi uma leitura rápida, com personagens apaixonantes e um romance leve e muito divertido, esta é uma história que, apesar de não trazer nada novo, ganhou meu coração, por isso recomendo com toda certeza!


Compartilhe este post:

Marlene Conceição

Meu nome é Marlene, moro em São Paulo, sou apaixonado por livros, leio conforme meu humor, não tenho um gênero literário definido, gosto de tudo um pouco, irei cursar faculdade de Medicina, amo séries e filmes.

13 COMENTÁRIOS

  1. O bom e velho livro clichê que aquece o coração não é?
    Apesar da premissa ser batida e com cara de Sessão da Tarde curto muito livros assim. A leitura é leve divertida e até nos ensina alguma coisa.
    Já ouvi falar muito e até que falar bem sobre Mais Que Amigos.
    Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Marlene.

    Mesmo sendo um livro previsível, ele não deixa de ser cativante. Acho que, pelo contrário, ele tem enredo muito chamativo e envolvente... Se tratando de melhores amigos. É bom para o leitor acompanhar essas descobertas de sentimentos.

    ResponderExcluir
  3. Ah meu coração romântico agradece quando surgem livros assim.rs
    Adoro um bom romance clichê, ainda mais quando é assim, o amor que já chega em meio à uma história feita, de amigos que se conhecem,mas que tem ao mesmo tempo, que aprender a lidar com um sentimento novo e inesperado.
    Já estava de olho neste livro desde seu lançamento recente e como primeira resenha que leio, já vai é para a lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. A premissa dele é bem interessante, já parece mesmo uma leitura mais leve e gostosa de ler quando bate aquela ressaca ou quer algo sem muitas reviravoltas e choques, coisas assim. Achei interessante essa dinâmica dos dois, a amizade e como vão ter que lidar com esses novos sentimentos depois dessa ideia. Interessante ter gostado mais do cara também. Sei lá o que essa garota faz pra isso, mas me chamou atenção a vontade de dar umas sacudidas nela xD
    Parece legal. Um livro divertido pra se ler e passar um bom tempo.

    ResponderExcluir
  5. Oi Marlene!
    Estou de olho nesse livro, o enredo me chamou atenção, parece ser bom, gosto qdo o livro trás histórias rápidas e que prende o leitor, vai para minha listinha, eu adorei essa capa
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Já faz um tempo que esse livro me chamou a atenção e, embora não curta muito livros previsíveis, sempre corro para eles justamente na hora da ressaca literária. São leituras que divertem, distraem e às vezes dá pra sentir-se dentro do cenário criado. Eu adoro. E eu adoro que este seja narrado por ambos ângulos, quando é apenas por um deles sempre me pergunto o que o outro estava sentindo naquele momento e quando não há como saber, me desanima, ahaha. E concordo contigo, a arte de capa ficou linda, embora eu tenha esse mesmo probleminha que você em relação a esse tom de cor, ahah. Enfim, eu gostei bastante e estou realmente ansiosa para conseguir ler.

    ResponderExcluir
  7. Olá, confesso que não me senti atraído pela narrativa, que realmente parece abusar das generalidades. É notório que, como dito, a obra é um romance leve para quem está de ressaca literária, mas a personalidade dos protagonistas não convence e a trama meio que parece sem objetivo. Mas quem procura algo para se distrair pode tirar proveito da leitura. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Marlene!
    Delícia ler um livro que nos faz bem, não é mesmo?
    A liberdade de estar solteira a leva a aproveitar, mas pelo jeiot, já está envolvida novamente, mesmo que não perceba.
    Uma ótima semana!
    “Moral é o que te faz sentir bem depois de tê-lo feito, e imoral o que te faz sentir mal.” (Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO – 4 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  9. Tipico de história melosa de quem acaba o namoro e recorre ao amigo e se apaixona. Parece ser bem legalzinho tanto pela historia e os personagens envolvidos, mas obvio demais.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Aquela leitura gostosinha para açucarar nossa semana, ainda mais num frio desses. Um bom clichê é sempre muito bem-vindo e esse parece ser bem amorzinho, a começar pela capa. Realmente é aquele tipo de leitura que te tira de uma ressaca literária, você começa e quando vê já está suspirando com o final, apesar de não trazer grandes surpresas é sempre bom.

    ResponderExcluir
  11. Parece ser um bom romance clichê, me interessei haha!! Ainda não tinha ouvido falar sobre este livro, talvez futuramente eu leia! :D

    ResponderExcluir
  12. Oi, Marlene!!
    Adoro livros clichês pois sabemos que na história vai terminar tudo bem!! Também amei a capa!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi Marlene,
    Apesar de eu tb gostar de livros mais leves e cliches como esse pra tirar ressaca literaria, não gosto de enfatizações desse tipo de clichê o qual é apresentado na premissa que vc apresentou sobre o livro. Essa coisa de que amigos (homem e mulher) não podem ser apenas isso, um estereótipo desses, que no inicio da sua resenha, achei que fosse ser destruido, ainda mais com isso de que os dois durante sua historia de amizade perpassaram por diferentes tipos de relacionamento devido a oposição de suas personalidades, a inocencia que só uma amizade constroi numa relação intima dessas, em que até juntos eles foram morar, pra "estragar" isso pq "magicamente" eles se tornaram mais que isso por virarem amigos que fazem sexo sem sentimento, achei mesmo que este ia ser um livro original e inovador que fugiria disso. Pena que não.
    Abraços, Ana C.

    ResponderExcluir